Breve história da Inteligência Artificial

Páginas: 12 (2835 palavras) Publicado: 22 de outubro de 2014
Guilherme Bittencourt Departamento de Automao e Controle Universidade Federal de Santa Catarina 88040-900 Florianpolis SC Brasil Fone 55 (48) 331 9202 Fax 55 (48) 331 9770 E-mail gb@lcmi.ufsc.br Internet http//www.lcmi.ufsc.br/gb Introduo As correntes de pensamento que se cristalizaram em torno da IA j estavam em gestao desde os anos 30 HYPERLINK http//www.das.ufsc.br/gia/history/node6.html lBarr81 BF81. No entanto, oficialmente, a IA nasceu em 1956 com uma conferncia de vero em Dartmouth College, NH, USA. Na proposta dessa conferncia, escrita por John McCarthy (Dartmouth), Marvin Minsky (Hardward), Nathaniel Rochester (IBM) e Claude Shannon (Bell Laboratories) e submetida fundao Rockfeller, consta a inteno dos autores de realizar um estudo durante dois meses, por dez homens, sobre otpico inteligncia artificial. Ao que tudo indica, esta parece ser a primeira meno oficial expresso Inteligncia Artificial HYPERLINK http//www.das.ufsc.br/gia/history/node6.html l Mcco79 McC79. Desde seus primrdios, a IA gerou polmica, a comear pelo seu prprio nome, considerado presunoso por alguns, at a definio de seus objetivos e metodologias. O desconhecimento dos princpios que fundamentam ainteligncia, por um lado, e dos limites prticos da capacidade de processamento dos computadores, por outro, levou periodicamente a promessas exageradas e s correspondentes decepes. Dada a impossibilidade de uma definio formal precisa para IA, visto que para tanto seria necessrio definir, primeiramente, a prpria inteligncia, foram propostas algumas definies operacionais uma mquina inteligente seela capaz de solucionar uma classe de problemas que requerem inteligncia para serem solucionados por seres humanos HYPERLINK http//www.das.ufsc.br/gia/history/node6.html l Mcca69 MH69 Inteligncia Artificial a parte da cincia da computao que compreende o projeto de sistemas computacionais que exibam caractersticas associadas, quando presentes no comportamento humano, inteligncia HYPERLINKhttp//www.das.ufsc.br/gia/history/node6.html l Barr81 BF81 ou ainda Inteligncia Artificial o estudo das faculdades mentais atravs do uso de modelos computacionais HYPERLINK http//www.das.ufsc.br/gia/history/node6.html l Char85 CM85. Outros se recusam a propor uma definio para o termo e preferem estabelecer os objetivos da IA tornar os computadores mais teis e compreender os princpios que tornam ainteligncia possvel HYPERLINK http//www.das.ufsc.br/gia/history/node6.html l Wins84a Win84. Histria Existem duas linhas principais de pesquisa para a construo de sistemas inteligentes a linha conexionista e a linha simblica. A linha conexionista visa modelagem da inteligncia humana atravs da simulao dos componentes do crebro, isto , de seus neurnios, e de suas interligaes. Esta proposta foiformalizada inicialmente em 1943, quando o neuropsiclogo McCulloch e o lgico Pitts propuseram um primeiro modelo matemtico para um neurnio. Um primeiro modelo de rede neuronal, isto , um conjunto de neurnios interligados, foi proposto por Rosenblatt. Este modelo, chamado Perceptron, teve suas limitaes demonstradas por Minsky e Papert HYPERLINK http//www.das.ufsc.br/gia/history/node6.html l Mins69 MP69em livro onde as propriedades matemticas de redes artificiais de neurnios so analisadas. Durante um longo perodo essa linha de pesquisa no foi muito ativa, mas o advento dos microprocessadores, pequenos e baratos, tornou praticvel a implementao de mquinas de conexo compostas de milhares de microprocessadores, o que, aliado soluo de alguns problemas tericos importantes, deu um novo impulso spesquisas na rea. O modelo conexionista deu origem rea de redes neuronais artificiais. A linha simblica segue a tradio lgica e teve em McCarthy e Newell seus principais defensores. Os princpios dessa linha de pesquisa so apresentados no artigo Physical symbol systems de Newell HYPERLINK http//www.das.ufsc.br/gia/history/node6.html l Newe80 New80. O sucesso dos sistemas especialistas (SE) (do...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Historia da Inteligencia Artificial 3
  • História Inteligencia Artificial
  • História da Inteligência Artificial
  • história da psicologia: inteligencia artificial
  • inteligencia artificial
  • Inteligência Artificial
  • Inteligencia artificial
  • Inteligencia Artificial

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!