Blindagem eletrostática

Páginas: 5 (1108 palavras) Publicado: 28 de abril de 2013
BLINDAGEM ELETROSTÁTICA

Como sabemos, o campo elétrico no interior de um condutor em equilíbrio eletrostático é nulo.
Uma aplicação pratica dessa propriedade é a Blindagem Eletrostática, que é um dispositivo empregado na proteção de aparelhos contra as influências elétricas. Constitui-se, basicamente, numa capa ou rede metálica que envolve o aparelho que se quer isolar.
A blindagemeletrostática mostra que uma pessoa dentro de um carro atingido por um raio nada sofrerá, pois a estrutura metálica do carro isola o seu interior das influencias elétricas externas.
Na pratica, isso pode ser comprovado facilmente, utilizando-se de uma gaiola com um passarinho no poleiro. Eletrizam-se as grades metálicas da gaiola e o passarinho continuará como se nada estivesse acontecendo.
Oprimeiro cientista a praticar esse fenômeno foi o físico experimental inglês Michael Faraday (1791-1867). 
Para mostrar que em um condutor metálico, as cargas se distribuem apenas em sua superfície externa, não exercendo, portanto nenhuma ação nos pontos internos, Faraday mandou construir uma gaiola metálica, que passou a ser conhecida como gaiola de Faraday. Ele Próprio colocou-se dentroda gaiola e mandou seus assistentes eletrizarem-na intensamente.
Com base nos dizeres a cima, podemos afirmar que como o campo elétrico é no interior de um condutor é nulo, essa propriedade é muito utilizada para proteger outros equipamentos que não podem sofrer influências de redes elétricas. Por exemplo em um carro, se este for atingido por uma raio, as pessoas dentro do carro nãosofrem nada pois a estrutura metálica do carro serve como uma blindagem eletrostática. Outro exemplo da aplicação da blindagem eletrostática, é a gaiola de Faraday, pois mesmo em uma gaiola a blindagem eletrostática funciona, ou seja dentro de sua gaiola, mesmo que esta esteja ligada a uma rede elétrica, o passarinho não levara nenhum choque.

Raios
Raio é uma descarga elétrica de grandeintensidade que ocorre quando a rigidez dielétrica do ar é quebrada e cargas elétricas fluem diretamente da nuvempara o solo, ou vice-versa, produzindo diversos tipos de radiação eletromagnética, além de ondas sonoras, que são conhecidas como trovões. A principal diferença entre relâmpagos e raios consiste no fato de que o termo relâmpago refere-se a qualquer descarga elétrica atmosférica, enquantoum raio é uma descarga que ocorre entre a nuvem e o solo. Por isso, pode-se dizer que todo o raio é um relâmpago, mas nem todo o relâmpago é um raio.[1]
Os raios sempre foram motivo de fascínio, tanto que mitos e superstições relacionados com descargas elétricas estiveram presentes no surgimento das primeiras religiões. Diversas explicações mitológicas foram propostas ao longo dahistória, até que, no século XVIII, o cientista norte-americano Benjamin Franklin descobriu a natureza elétrica do fenômeno. Atualmente, os mais variados instrumentos, como câmeras digitais de alta velocidade, detectores de radiação eletromagnética e osciloscópios, são utilizados para estudo deste fenômeno atmosférico.
Com tais pesquisas descobriu-se que existem raios negativos, no qual ascargas negativas vão da nuvem ao solo, e raios positivos, que são muito mais perigosos e mais raros do que as descargas negativas. Além do trovão, os raios produzem diversos tipos de radiação eletromagnética, algumas delas de alta energia, como raios X e raios gama. Dependendo da frequência, essas ondas podem ficar presas na ionosfera da Terra, e assim ficar circulando o planeta, criando a ressonânciaSchumann. A imensa carga dos raios produz, ainda, eventos luminosos na alta atmosfera. que acontecem muito acima das nuvens e não são visíveis da superfície da terra, mas já foram fotografados por aviões e satélites.
Pode determinar, através de um cálculo bastante simples, a distância entre nós e onde relâmpago "caiu", em outras palavras, o seu "local de queda", e saberemos se o raio...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • blindagem eletrostatica
  • Blindagem eletrostática
  • blindagem eletrostatica
  • Blindagem Eletrostática
  • blindagem eletrostática
  • Blindagem Eletrostatica
  • blindagem eletrostatica
  • blindagem eletrostatica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!