Biossegurança

Páginas: 7 (1558 palavras) Publicado: 19 de novembro de 2013
Centro Universitário Estadual da Zona Oeste


















O desenvolvimento do soro antiofídico para a víbora Russell

























Rio de janeiro – 2013
Discentes: Aleksander De Paula
Alexandra Neves
Hanna Beatriz
Mariana de Barros
Stephany Porto
Curso:Ciências Biológicas
Período: 2° período
Disciplina: Bioética e Biossegurança
Professora: Ygara Mendes


















Introdução
O gênero Daboia é representado por uma única espécie, Daboia russelli, a víbora de Russell, tem uma picada extremamente dolorosa, geralmente causa envenenamento muito grave, e deve ser considerada como a víbora mais perigosa do SudesteAsiático e uma das serpentes mais letais em todo o mundo. O veneno hemotóxico provoca inchaço intenso, descoloração e extensos sangramentos das gengivas e folhetos urogenitais. Como o veneno é um forte coagulante do sangue, hemorragias nos rins muitas vezes resultam de falhas de órgãos fatais. Coagulação sanguínea reduzida e insuficiência renal são comuns, mas uma série de outros fenômenos mostramforte variação geográfica. Mordidas no Sri Lanka e sul da Índia também resultam em neurotoxicidade, enquanto mordidas na Tailândia resultam principalmente na hemólise intravascular e diminuição da coagulação sanguínea. Essas diferenças estão relacionadas com profundas diferenças na composição do veneno e da atividade enzimática, que por sua vez pode afetar a eficácia se um soro antiveneno é usadocontra o veneno de outros do que aqueles utilizados para a sua preparação.
Soros e vacinas são produtos de origem biológica (chamados imunobiológicos) usados na prevenção e tratamento de doenças. A diferença entre esses dois produtos está no fato dos soros já conterem os anticorpos necessários para combater uma determinada doença ou intoxicação, enquanto que as vacinas contêm agentesinfecciosos incapazes de provocar a doença (a vacina é inócua), mas que induzem o sistema imunológico da pessoa a produzir anticorpos, evitando a contração da doença. Portanto, o soro é curativo, enquanto a vacina é, essencialmente, preventiva. Cada veneno ofídico necessita de um soro específico, elaborado como uma serpente do mesmo gênero da causadora, preventiva, que no nosso caso específico é aDaboia russelli.
Os soros são utilizados para tratar intoxicações provocadas pelo veneno de animais peçonhentos ou por toxinas de agentes infecciosos.











Materiais e Métodos
Para a obtenção da cobra é necessário a utilização de:

(Pinção) (Botas) (Gancho)
Jamais manusear umaserpente viva ou morta sem equipamentos de proteção, a caixa para transportar o animal pode ser de madeira ou plástico resistente. Não colocar água, ou qualquer tipo de alimento, somente um chumaço de algodão embebido em água. A tampa ou a caixa deverá ter pequenos furos, de até no máximo dois milímetros, e sem outra abertura maior para que possa permitir a fuga do animal. Sempre manter a caixa emambiente fresco, protegida do sol ou de altas temperaturas.
Para a análise e o trabalho com a obtenção do soro, e necessário equipamentos específicos individuais e coletivos, como:

(Óculos de proteção) (Jaleco)


(Luvas)(Máscara com filtro)


(Capela) (Extintor)
(Chuveiro de proteção) (Lava olhos)

Para iniciar o processo de extração, alguns materiais são necessários:
• Vidro esterilizado;...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Biossegurança
  • Biossegurança
  • Biossegurança
  • Biossegurança
  • biossegurança
  • Biossegurança
  • Biossegurança
  • biossegurança

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!