bioprospecção

Páginas: 8 (1854 palavras) Publicado: 17 de setembro de 2014








UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA BIOINTERAÇÃO
BIOTECNOLOGIA








RELATÓRIO DAS AULAS PRÁTICAS









ANA CAROLINA BORGES
JULIANA ROCHA
MARIA BORGES
SUSANNA SCHUMACHER
TÁRSILA MORENO
THIAGO MENDONÇA





Salvador
2013


ANA CAROLINA BORGES
JULIANA ROCHA
MARIA BORGES
SUSANNASCHUMACHER
TÁRSILA MORENO
THIAGO MENDONÇA













RELATÓRIO DAS AULAS PRÁTICAS













Relatório apresentado aos docentes Milton Roque e Samira Hanna como parte das exigências da disciplina Microbiologia I do curso de Biotecnologia da Universidade Federal da Bahia.









Salvador
2013
INTRODUÇÃO

As bactérias são organismos unicelulares comtamanho microscópico, medindo cerca de 0,2 a 1,5 μm de comprimento, sendo em média dez vezes menores do que uma célula eucarionte.
Normalmente possuem uma rígida parede celular que envolve externamente a membrana plasmática, constituída por uma trama de peptídeos (proteínas) interligados a polissacarídeos (açúcares), formando um complexo denominado de peptidoglicano. Essa substância é responsável pelaforma e pela proteção física e osmótica do organismo.
Mergulhados no hialoplasma existem: um único filamento de DNA circular, contendo todas as informações (genes) necessárias ao funcionamento biológico bacteriano; vários ribossomos dispersos no hialoplasma; e grânulos de glicogênio, utilizados como reservatório de nutrientes.
O material genético localiza-se normalmente em uma região chamadanucleóide, havendo, em alguns casos, moléculas menores de DNA (os plasmídeos), contendo genes que desempenham funções diversas, por exemplo: resistência a antibióticos e ação tóxica injetada em bactérias competidoras, induzindo a degradação (morte).
De acordo com a forma e afinidade colonial das bactérias, elas podem ser classificadas em: cocos, bacilos, espirilo, vibriões, estafilococos, sarcina,estreptobacilos, diplococos ou estreptococos.
A bromélia está inserida na família Bromeliaceae, que contém cerca de 56 gêneros e 3.270 espécies. Muitas espécies brasileiras de bromélias encontram-se em territórios definidos de distribuição, sendo que a mata atlântica é o ecossistema em que se apresenta sua maior diversidade. São muito utilizadas como plantas ornamentais em ambientes externos einternos.
São plantas terrestres, endêmicas das florestas tropicais, que se fixam em rochas (saxícolas) ou em troncos de árvores (epífitas). Em geral, apresentam a disposição de suas folhas num caule diminuto formando uma roseta. Esta roseta acumula água e detritos orgânicos e constituem um micro-habitat para inúmeras espécies de animais, plantas e microrganismos.
Nas bromélias a interação com osorganismos pode ocorrer tanto externa, através da água de suas cisternas, como internamente por microrganismos endofíticos, esses apresentam uma íntima associação com a planta hospedeira. Na água das cisternas da bromélia também é possível encontrar diversos microrganismos.
Sabe-se que diversas espécies animais utilizam as bromélias para forrageamento, reprodução e refúgio contra predadores.Aumentando assim a pluralidade de microrganismos encontrados em suas superfícies, principalmente na água que se acumula em sua roseta.
O estafilococo, em 1878, foi isolado e descrito por Robert Koch. Em 1880, Alexander Ogston adotou o nome do gênero, proveniente do grego Staphilé, que significa cacho de uva. Em 1884, o gênero foi inserido, por Rosenbach, à família Micrococcaceae. Atualmente, apósestudos da Biologia Molecular, este foi incluído em uma nova família, Staphylococcaceae.
Os Staphylococcus spp., em geral, possuem uma forma esférica com cerca de 1 micrômetro de diâmetro. Apresentam-se, predominantemente, em forma de cachos de uva irregulares, mas ocorrem também na forma de arranjos individuais, aos pares, em tétrades ou em cadeias curtas.
São bactérias gram positivas,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Condicionantes institucionais para bioprospecção no brasil
  • Bioprospecção de metabólitos secundários de plantas superiores
  • Anatomia foliar do Carrapicho-beiço-de-boi (Desmodium incanum DC.) endêmico do Norte de Minas e sua bioprospecção medicinal

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!