Biologia

2478 palavras 10 páginas
BACTERIOSES
TÉTANO
O tétano é uma doença infecciosa aguda, não contagiosa, mas muitas vezes fatal, pois só no Brasil mata mais de mil pessoas por ano. O bacilo causador é o Clostridium Tetani ou bacilo tetânico ou bacilo de Nicolaier, em homenagem ao médico alemão que o descobriu em 1885. Estes bacilos podem formar esporos, tornando-se arredondados e podendo sobreviver em condições adversas. Tais esporos sobrevivem no intestino humano e no de outros animais, sem prejudicar-lhes o organismo, porém suas evacuações levam com os dejetos os esporos tetânicos para o solo, contaminando-o, o que explica a maior incidência de tétano na zona rural ou onde não há destino adequado aos dejetos.

TRANSMISSÃO: Os esporos permanecem nos locais, contaminando também os objetos que as pessoas manuseiam, ou outros que se encontram em toda parte: pregos, arames farpados, facas, tesouras, espinhos, cacos de vidro, etc. Assim, quando alguém se fere, os esporos penetram junto com a sujeira dos objetos contundentes, indo alojar-se sob a pele e, portanto, livre de contato com o ar. Nestas condições, os esporos liberam os bacilos que se reproduzem e passam a produzir toxinas que invadem o sangue e, posteriormente, o sistema nervoso central que controla os movimentos musculares. O resultado são as contrações tetânicas, características desta doença, como, por exemplo, no rosto, o “riso sardônico”. O esporo é resistente e permite que a célula bacteriana ou bacilo sobreviva, quer no intestino humano quer no meio externo, como foi citado anteriormente. Já o bacilo, sem a proteção do esporo, é muito sensível e não muito resistente, morrendo logo. É uma bactéria anaeróbia; um sopro de ar fresco sobre uma ferida superficial é suficiente para matá-lo.

SINTOMATOLOGIA: Os sintomas se manifestam normalmente entre 5 e 10 dias devido às toxinas liberadas pelos bacilos tetânicos. Inicialmente, caracteriza-se por irritabilidade, cefaléia, febre e dificuldade de deglutição. Além de a contratura

Relacionados

  • Biologia
    541 palavras | 3 páginas
  • Biologia
    369 palavras | 2 páginas
  • Biologia
    2661 palavras | 11 páginas
  • biologia
    4312 palavras | 18 páginas
  • biologia
    411 palavras | 2 páginas
  • Biologia
    3559 palavras | 15 páginas
  • Biologia
    364 palavras | 2 páginas
  • biologia
    364 palavras | 2 páginas
  • Biologia
    1181 palavras | 5 páginas
  • biologia
    1041 palavras | 5 páginas