Biologia Molecular

1519 palavras 7 páginas
Relatório de Aula Prática: Eletroforese de Ácidos Nucléicos em Gel de Agarose
BIOLGIA MLECULAR

Uberaba/MG
2013

Introdução

A eletroforese é uma técnica analítica utilizada na análise de macromoléculas como proteínas e ácidos nucléicos. Essa técnica foi descoberta e empregada pela primeira vez em 1937 por Arne Tisélius um bioquímico sueco. O efeito eletroforético tem como base a teoria de Debye-Hückel-Onsager, onde esta teoria de dissociação eletrolítica aceita o fato de as partículas carregadas moverem-se sob a influência de forças eletrostáticas para um eletrodo de carga oposta quando é aplicada uma diferença de potencial em uma solução contendo eletrólitos. É a migração de uma molécula carregada sob a influência de um campo elétrico. A mobilidade eletroforética é dada por: μ= v/E = Z/f

A mobilidade eletroforética (μ) é a razão entre a velocidade(v) da macromolécula e o potencial elétrico (E) que move a macromolécula ou a razão entre a carga líquida(Z) e o coeficiente de atrito(f).
Em gel por ação de um campo eléctrico, a eletroforese é frequentemente utilizada para separar, e estimar o tamanho, de fragmentos de ácidos nucleicos. Através da comparação da distância percorrida pelos fragmentos com a percorrida por fragmentos de peso molecular conhecido (padrões de peso molecular) é possível estimar o peso molecular de cada fragmento da amostra a analisar.
A electroforese de DNA é normalmente realizada em gel de agarose. Quando sujeitos a um campo eléctrico, os ácidos nucleicos migram em direção ao polo positivo, uma vez que apresentam carga negativa a pH neutro. A agarose funciona como uma rede cujos poros deixam passar mais facilmente as moléculas menores, que vão portanto migrar mais do que as de maiores dimensões. A migração de um fragmento de DNA na forma circular, como é o caso de um plasmídeo não digerido, é diferente da migração do mesmo plasmídeo sob a forma linear (após difestão com uma

Relacionados

  • Biologia molecular
    1365 palavras | 6 páginas
  • Biologia molecular
    330 palavras | 2 páginas
  • A Biologia Molecular
    742 palavras | 3 páginas
  • biologia molecular
    858 palavras | 4 páginas
  • Biologia Molecular
    643 palavras | 3 páginas
  • BIOLOGIA MOLECULAR
    1267 palavras | 6 páginas
  • biologia molecular
    466 palavras | 2 páginas
  • Biologia Molecular
    633 palavras | 3 páginas
  • Biologia Molecular
    413 palavras | 2 páginas
  • BIOLOGIA MOLECULAR
    804 palavras | 4 páginas