biologia celular

398 palavras 2 páginas
Em biologia celular, o termo organelo (organela, organito, orgânulo ou organóide) é usado para descrever várias estruturas com funções especializadas, delimitadas por uma membrana própria, suspensas no citoplasma das células vivas. A palavra "organelo" deriva do termo latinizado "organello" (pequeno órgão).
Ou seja, uma estrutura de alguma célula que desenvolve algum tipo de função. .
O citoplasma é constituído pelo citosol e pelos organelos.
Os organelos foram historicamente identificados com o uso de alguma forma de microscopia e através do fraccionamento de células.
*Lisossomos:
Os lisossomos são organelas citoplasmáticas membranosas presentes em praticamente todas as células eucariontes. Em seu interior existem enzimas que realizam normalmente a digestão intracelular, porém extracelular em casos excepcionais.
A estrutura de um lisossomo tem sua origem a partir do processo de síntese e transformações que envolvem a complexidade celular.
Partindo inicialmente do controle genético, são sintetizadas moléculas de RNA precursoras das enzimas digestivas.
Essas moléculas juntamente ao retículo endoplasmático rugoso realizam o processo de transcrição de uma proteína.
*Ribossomos:
Os ribossomos são grânulos livres imersos no hialoplasma das células procarióticas e eucarióticas e também aderidos ao retículo endoplasmático, recebendo a denominação de retículo granular. Quando participam da síntese celular, essas estruturas permanecem agrupadas ao filamento de RNA mensageiro, formando os polissomos.
São formados a partir de duas subunidades: uma maior e outra menor, originadas da combinação de ácido nucleico ribossomal (RNAr) à uma enorme quantidade de proteínas, cerca de 50 tipos proteicos diferentes.
Fundamentais estruturas do controle metabólico, o ribossomo somente funciona quando as subunidades se funcionam.
* Complexo de Golge
O complexo golgiense, ou conhecido pelas seguintes denominações: aparelho de golgi, dictiossomo, golgiossomo ou

Relacionados

  • Biologia celular
    1052 palavras | 5 páginas
  • Biologia celular
    685 palavras | 3 páginas
  • Biologia Celular
    1213 palavras | 5 páginas
  • Biologia Celular
    1934 palavras | 8 páginas
  • BIOLOGIA CELULAR
    385 palavras | 2 páginas
  • Biologia celular
    1011 palavras | 5 páginas
  • biologia celular
    1018 palavras | 5 páginas
  • biologia celular
    3001 palavras | 13 páginas
  • biologia celular
    425 palavras | 2 páginas
  • Biologia Celular
    760 palavras | 4 páginas