Bioética e Genética Comportamental

Páginas: 11 (2573 palavras) Publicado: 22 de outubro de 2013





Primeiro ano do Mestrado Integrado em Medicina
Trabalho sobre Bioética, Módulo de Arte da Medicina


GENÉTICA COMPORTAMENTAL







ÍNDICE



Introdução……………………………………………………………………...página 2

Evolução Histórica da Genética Comportamental …………………………… página 3-4

Os Genes Influenciam o Comportamento Humano ………………………….. página 4-5

Implicações Bioéticas da GenéticaComportamental …………………………página 5-8

Conclusão ……………………………………………………………….……. página 9

Referências Bibliográficas……………………………………………………..página 10































INTRODUÇÃO


Aquilo que distingue o Homem dos outros animais é a racionalidade, a sua capacidade de pensar, escolher de ente duas ou mais opções, ter consciência da sua escolha eassumir a responsabilidade pelos seus actos. Dentro desta racionalidade humana existem inúmeras diferenças, sendo que cada indivíduo tem os seus valores e as suas prioridades que vão constituir o seu carácter ou personalidade, que varia de pessoa para pessoa. Seguindo este raciocínio, irei de seguida apresentar tema do meu trabalho.
Estudos recentes a nível da genética revelaram resultadossurpreendentes, fascinantes, mas ao mesmo tempo perigosos se forem utilizados de forma incorrecta. Estes resultados levam os conhecimentos sobre a genética humana para além dos seus limites, a um nível considerado impensável há anos atrás. Através do estudo e identificação de conjuntos complexos de genes que potencialmente podem originar certos comportamentos em humanos, hipoteticamente já se pode definir opotencial carácter de um indivíduo mesmo antes de ele nascer.
De entre os vários temas que constituem a bioética escolhi o tema da Genética Comportamental porque para além de ser relativamente novo e muito interessante, é um tema que levanta problemas éticos complexos sobre os quais eu gostaria de expor a minha reflexão pessoal.













Evolução Histórica da GenéticaComportamental


Tradicionalmente, desde séculos anteriores e até os dias de hoje, a maioria da população leiga e parte da população científica, incluindo psicólogos, tem o conceito errado de que a personalidade e atitudes comportamentais de um indivíduo são definidas ou influenciadas pelo ambiente, isto é, pelo meio dentro do qual ele é criado, sendo que a influência da genética não é considerada. Porexemplo, se uma criança é criada num bairro problemático e com muita criminalidade, segundo esta teoria ambientalista há fortes probabilidades de esta criança na fase adulta se tornar num criminoso, devido às influências que o meio exerceu sobre ela. Naturalmente, poderá surgir a seguinte pergunta:
-porque é que este pensamento, esta atitude ambientalista está tão enraizada na população? Pararesponder a esta questão teremos que voltar ao tempo das Guerras Mundiais. Segundo as ideias nazistas, eles eram a raça dominante, a raça perfeita, sendo que as demais raças eram consideradas como inferiores e teriam que ser exterminadas. Para justificar as suas acções os nazis utilizaram a teoria dos genes, defendendo que a sua raça tinha a codificação genética perfeita e que o mundo teria que ser“purificado” das raças consideradas como “impuras”. Apesar desta interpretação não ter sentido e não ter qualquer fundamentação científica, devido a ela a genética foi afastada do seio da comunidade científica.
Já no período da 2ª Guerra Mundial, o pensamento Americano era extremamente ambientalista, e devido à profunda associação do conceito “genética” ao nazismo, a ciência da genética foi aindamais afastada da população. Isso aconteceu porque aceitar que as diferenças entre indivíduos a nível de inteligência, comportamento, estrutura corporal, etc. se deviam a diferenças a nível genético significava aceitar as fundamentações das ideias nazistas.
Por outro lado, um outro factor que impede que a população leiga conheça correctamente a influência dos genes no comportamento é a teoria...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • bioética e genetica
  • Bioética e genética
  • Genética comportamental
  • Bioética e a revolução genética
  • Engenharia genética e Bioética
  • Artigo sobre genetica comportamental e sociobiologia
  • Bioetica
  • Bioética

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!