Bens de consumo

Páginas: 9 (2223 palavras) Publicado: 29 de setembro de 2014
Centro Universitário UNA – Campus Aimorés

Trabalho TIDIR

Problema de pesquisa
Como a demanda de bens semiduráveis e de primeira necessidade vêm se modificando com o aumento do poder aquisitivo das classes sociais entre os anos de 2003 e 2013?

Objetivo Geral
Analisar os principais fatores que contribuíram para o aumento do consumo de bens semiduráveis e de primeira necessidade nasclasses sociais C, D e E entre os anos de 2003 e 2013 no brasil.




Objetivo Específico
Demonstrar os principais indicadores socioeconômicos que influenciaram o consumo de produtos das categorias semiduráveis e de primeira necessidade.
Observar como a tecnologia influenciou o consumo de bens semiduráveis.
Analisar como a ascensão das classes sociais mais baixas impactou o acesso aos bens deconsumo de primeira necessidade e semiduráveis.
Justificativa
Com as políticas públicas do governo dos últimos 10 anos é perceptível uma maior mobilidade social entre classes sociais, que aumentou o poder de compra da população e também a demanda por bens de consumo, não só de primeira necessidade, mas como de bens semiduráveis, antes pouco acessíveis a certas fatias da população no Brasil. Paranós, estudantes de Ciências Econômicas, a pesquisa nos permite compreender o impacto destas transformações no cenário econômico nacional bem como o atual perfil do consumidor brasileiro nas diversas classes sociais.
Metodologia
Este artigo sobre o tema proposto visa comprovar as alterações ocorridas no consumo dos bens de serviços, que vem aumentando de 2003 a 2013 na população brasileira.Busca-se com esta pesquisa evidenciar os fatores que provocaram estas mudanças no panorama econômico do país. Por meio de uma pesquisa descritiva, demonstram dados e gráficos retirados de órgãos governamentais como IBGE e IPEA. Baseado na coleta de dados por meio de: bibliografias, artigos, levantamentos, entre outros, retirados de revistas, documentos científicos sobre o tema, sites de pesquisas ejornais. De forma qualitativa busca analisar os fatores que influenciaram as alterações citadas, e quantitativamente os dados de pesquisas, principalmente por meio de estatísticas comparando as mudanças ocorridas entre os anos de 2003 e 2013 com o público alvo da pesquisa.
Fundamentação Teórica
Setores Econômicos
Gestão da CNAE
A CNAE, oficializada pela primeira vez com a publicação no DiárioOficial da União em dezembro de 1994, resultou de um processo de revisão das classificações de atividades econômicas, mais extenso que os procedimentos periódicos de atualização e aperfeiçoamento até então adotados pelo IBGE como parte do planejamento dos censos econômicos. A participação dos órgãos gestores de cadastros e registros da Administração Pública, de entidades privadas e de outrosprodutores de informação refletiu uma nova postura com relação à gestão da classificação e ao compromisso de padronização nacional e de harmonização internacional.
No sistema estatístico, a CNAE é usada na produção e disseminação de informações por tipo de atividade econômica nas estatísticas econômicas e socioeconômicas. A estrutura hierárquica da CNAE 2.0 Incorpora o detalhamento das subclasses,passando a ser definida em cinco níveis: seções, divisões, grupos, classes e subclasses. O quinto nível hierárquico – a subclasse deixa de ter na dominação a referencia ao uso fiscal, permanecendo, contudo, como um detalhamento para uso especifico pela Administração Publico. Na definição das subclasses, o objetivo desprover os cadastros de pessoa jurídica da Administração Publica com identificaçãomais detalhada da atividade econômica para fins estatísticos.
NATUREZA E ESCOPO DA CNAE
As classificações de atividades econômicas são construídas para organizar as informações das unidades de produção, com o objetivo de produzir estatísticas dos fenômenos derivados da participação dessas unidades no processo econômico. Servem para classificar as unidades de produção de acordo com a atividade...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • bens e consumo
  • Bens de consumo
  • Bens de consumo
  • Bens de Consumo
  • Industria de bens e consumo
  • O que são industrias de bens de consumo
  • Economia
  • Industria de bens de consumo duraveis

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!