Behaviorista

Páginas: 28 (6753 palavras) Publicado: 24 de março de 2015
7.O CONDICIONAMENTO DO
COMPORTAMENTO NA ORGANIZAÇÃO
Ao terminar a leitura deste capítulo, você deverá ser capaz de:
1. Compreender as proposições básicas do behaviorismo.
2. Identificar seus pressupostos valorativos.
3. Identificar a contribuição do modelo behaviorista à compreensão do comportamento humano na organização.
Os princípios do Taylorismo estão fundamentados no pressuposto doindivíduo como ser condicionado. Retira do indivíduo a sua capacidade de pensar e propõe um comportamento padronizado através de condicionantes externos ou estímulos ‘a priori” planejados. As tarefas são esvaziadas da atividade de pensar, restando aos seus responsáveis somente a sua execução.
Os tempos, os movimentos são predeterminados. A produtividade é garantida através de recompensas epunições. O condicionamento, entretanto, é retomado na Escola de Relações Humanas que, ao reconhecer o indivíduo como ser social com sentimentos, emoções, necessidades, desejos e pensamentos, procura pelo processo de manipulação desses elementos envolver o indivíduo com a organização num processo onde os objetivos da organização passam a ser tomados pelos indivíduos como os seus desejos, e as necessidadesindividuais, definidas e conduzidas pela organização.
As teorias da Administração que se apoiam na Teoria Geral dos Sistemas, como a Teoria Contingencial, a abordagem Estruto-funcionalista de Katz e Kahn, a abordagem sociotécnica e a administração denominada “participativa” seguem o mesmo princípio de manipulação emocional e controle psicológico dos indivíduos. Estes, como membros da organização,são induzidos, na maioria das vezes, envolvidos em processos de participação que nada mais são do que um processo de controle emocional e mental por meio de técnicas de grupo (team building, CCQ, TGQ, QVT e outras) a se comprometerem com objetivos, crenças e credos da organização.
Origens
O behaviorismo, também denominado comportamentalismo, baseou-se no determinismo filosófico de James, nofuncionalismo de Dewey e no método
169



experimental da Psicologia de Yerkes, além do condicionamento de Pavlov Ivan Petrovitch (1849-1939).
Pavlov desenvolveu a teoria do condicionamento clássico ou reflexológico, sendo, portanto, de natureza fisiológica e proveniente também da teoria conexionista.
Segundo Pavlov, diante de um estimulo sensorial surgem reflexos, reações inatas, ou mesmo reaçõesimediatas, fixas e não-apreendidas. Considera o organismo dotado de uma série de respostas, tendências ou reações que, diante de estímulos apropriados, naturais ou incondicionados, conduz esse organismo a uma ação, emitindo determinada resposta. Um outro precursor do behaviorismo foi Edward Lee Thorndike (1874-1949) considerado um teórico conexionista.
A teoria conexionista da aprendizagem,denominada associacionismo moderno, funcionalismo moderno ou Psicologia estimulo-resposta, considera a conexão resultante da associação entre as impressões dos sentidos e os impulsos para a ação, ou seja, associação entre o estímulo (S) e a resposta (R).
Segundo Thorndike, esse estimulo seria qualquer estado de coisas ou fatos que influenciam uma pessoa; a resposta seria qualquer condição ou estadode coisas dentro do organismo.
A conexão, ou associação, origina-se na hereditariedade; o organismo é dotado de algumas tendências ou conexões básicas já formadas ou tem curta predisposição para sua formação. Dessa forma, determinado estímulo ao meio ambiente é conduzido através das fibras nervosas a certa célula e esta, por sua vez, está predisposta a estabelecer associação ou conexões com outrascélulas.
A aprendizagem, para Thorndike, obedece às seguintes leis:
1. Lei do exercício — A conexão é tanto mais forte quanto mais freqüentemente é exercitada; portanto, sua força diminui quando não é exercitada. Existem certos fatores que influenciam o exercício: tais fatos seriam: Intensidade do estímulo — Quanto mais intenso o estimulo, menos exercício é necessário. Recentidade do...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • behaviorista
  • Behaviorista
  • behaviorista
  • A TEORIA BEHAVIORISTA
  • Behaviorista de Skinner
  • Teoria behaviorista
  • Escola Behaviorista
  • Teoria behaviorista

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!