Behaviorismo

Páginas: 17 (4169 palavras) Publicado: 28 de abril de 2013
Responsável pelo Conteúdo: Profa. Ms Gisele Fernandes Revisão Textual: Profa. Esp. Sandra Regina Fonseca Moreira

Behaviorismo

Nessa unidade, vamos tratar do tema “Behaviorismo”. O Behaviorismo, que tem como seu principal teórico Skinner, é uma das abordagens da Psicologia. Os conceitos do Behaviorismo são muito utilizados em nosso cotidiano, quer nas relações sociais, nas organizaçõesou na educação.

Atenção
Para um bom aproveitamento do curso, leia o material teórico atentamente antes de realizar as atividades. É importante também respeitar os prazos estabelecidos no cronograma.

Contextualização
Vamos estudar nessa unidade o Behaviorismo. Mesmo sem perceber, a todo instante utilizamos conceitos dessa teoria. Utilizamos os conceitos do Behaviorismo quando queremosfugir de uma situação desagradável, procurando evitar uma possível punição:

Fonte: http://www.monica.com.br/comics/tirinhas/tira61.htm

Usamos também quando buscamos receber elogios (ou reforços positivos):

Fonte: httpwww.monica.com.brcomicstirinhastira188.htm

Ou quando tentamos agradar alguém, procurando manter um padrão de comportamento:

Fonte:http://www.monica.com.br/cookpage/cookpage.cgi?!pag=comics/tirinhas/tira291

Enfim, o Behaviorismo está presente em todas as situações do nosso cotidiano. Vamos agora, estudar sobre o que trata essa teoria.

Material Teórico
O termo Behaviorismo foi inaugurado por John Broadus Watson (1878-1958) em seu artigo intitulado “Psicologia: como os behavioristas a veem”. Behavior é termo do idioma inglês, que traduzido para a LínguaPortuguesa significa comportamento. Assim sendo, no Brasil, outras denominações do Behaviorismo são: Comportamentalismo, Teoria Comportamental, Análise Experimental do Comportamento, Análise do Comportamento e Psicologia Experimental: embora o termo Behaviorismo seja o mais utilizado (BOCK, FURTADO e TEIXEIRA, 2005). Ao tratar de Behaviorismo, dois pensadores merecem destaque: Watson e Skinner. Oprimeiro, Watson, é considerado o porta-voz da abordagem Behaviorista. Já Skinner é considerado o principal autor dessa abordagem. A distinção do pensamento desses dois estudiosos se assemelha a distinção da abordagem entre o chamado Behavorismo Metodológico e o Behaviorismo Radical, sobre as quais trataremos adiante. Antes de abordamos a distinção entre Behaviorismo Metodológico e BehaviorismoRadical, é importante compreendermos um pouco mais dos propósitos dessa escola da psicologia. O Behaviorismo surge na tentativa de conferir à Psicologia status de ciência, postulando para a mesma um objeto de estudo “observável, mensurável, cujos experimentos poderiam ser reproduzidos em diferentes condições e sujeitos” (BOCK, FURTADO e TEXEIRA, 2005, p. 45). Tal tentativa se dá como reação àabordagem mentalista que vigorava na época, a qual estudava o homem com base em estados e eventos mentais, utilizando especialmente a introspecção como método de análise. Skinner define o Behaviorismo como uma filosofia e não como uma ciência:

O Behaviorismo não é a ciência do comportamento humano, mas, sim, a filosofia dessa ciência. Algumas das questões que ele (o Behaviorismo) propõe são: Épossível tal ciência? Pode ela explicar cada aspecto do comportamento humano? Que métodos pode empregar? São suas leis tão válidas quanto as da Física e da Biologia? Proporcionará ela uma tecnologia e, em caso positivo, que papel desempenhará nos assuntos humanos?...” (SKINNER, 1982, p. 7).

A posição de Skinner ao definir o Behaviorismo como uma filosofia da ciência e não como uma ciência éimportante à medida que evidência os questionamentos que a abordagem faz, bem como que a busca pelo conhecimento acerca do comportamento humano, não como algo pronto e acabado, mas um conhecimento em transformação.

Para compreendermos mais desse questionamento e da evolução dessa filosofia da ciência, vale agora retomarmos a diferenciação entre Behaviorismo Metodológico e Behaviorismo Radical....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Behaviorismo
  • Behaviorismo
  • Behaviorismo
  • BEHAVIORÍSMO
  • behaviorismo
  • behaviorismo
  • behaviorismo
  • behaviorismo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!