Baratas (insecta, blattaria) sinantrópicas na região sul do espirito santo, brasil

Páginas: 10 (2292 palavras) Publicado: 20 de novembro de 2012
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS

CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS LICENCIATURA


TRABALHO DE ZOOLOGIA DE INVERTEBRADOS

Baratas (Insecta, Blattaria) sinantrópicas na região sul do Espirito Santo, Brasil

Francine Alves Nogueira de Almeida
João Ricardo de Almeida Ferreira
Joyce dos Santos Vieira
Thais Martins Real

ALEGRE-ESOutubro/2012
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS

CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS LICENCIATURA

TRABALHO DE ZOOLOGIA DE INVERTEBRADOS

Baratas (Insecta, Blattaria) sinantrópicas na região sul do Espirito Santo, Brasil

Francine Alves Nogueira de Almeida
João Ricardo de Almeida Ferreira
Joyce dos Santos Vieira
Thais Martins Real

“Trabalho deZoologia de Invertebrados apresentado ao Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Espírito Santo, como avaliação obrigatória da disciplina de Invertebrados”

Orientador: Professor (a) Adriane Cristina Araújo Braga
ALEGRE-ES
Outubro/2012

INTRODUÇÃO
Pertencentes ao Filo Arthopoda e de ordem Blattaria, estes animais são cosmopolitas, ou seja, pode ser encontrada praticamente emqualquer lugar. Constituinte de aproximadamente 4000 espécies catalogadas, apenas um terço das espécies são responsáveis por causar incomodo e repulsão em muitos lares.
Estes indivíduos possuem corpo ovalar e achatados, possuem três pares de pernas medem geralmente entre 12 a 50 mm, sem contar com suas antenas longas e filiformes, de cabeça de formato triangular, onde acomodam seus olhos, antenas eaparelhos bucais. O tamanho das baratas adultas varia de alguns milímetros a quase um decímetro, em geral, elas são de cores pardas ou negras, com ou sem maculas coloridas nos olhos, ou seja, um desenvolvimento indireto onde o recém-eclodido se assemelha ao adulto, porém não possui asas e órgãos genitais maduros. (LIMA, 1938).
As baratas existem a mais de quatro milhões de anos, estimasse que nestaera possuísse mais baratas do que os demais seres vivos, chamando assim, de Era das Baratas, sem sofrer grandes modificações, as baratas, é considerada o ser vivo de maior adaptabilidade. Elas possuem certa semelhança com as térmitas (cupins) de ordem Isoptera, pois cientistas verificaram a presença de alguns tipos de flagelados estreitamente relacionados com os existentes nos cupins, isto devidoao cruzamento entre dois flagelados Cryptocercus e Karlotermitidae, de uma barata e um cupim, encontrados em uma espécie de barata áptera primitiva extinta a milhões de anos, que mesmo assim continuem a se reproduzir com sucesso. (LIMA, 1938).
O relacionamento simbiótico destes flagelados nas baratas e cupins é de vital importância para ambos, tornaram-se comprovados ao descobrir que os insetospodem apresentar os mais diversos mecanismos de transferência de microrganismos para seus descendentes, no caso das baratas, suas ninfas se tornam independentes a partir do momento que nascem, porém para adquirir os microrganismos simbióticos, necessita ingeri-los a partir de regurgitações dos pais.
As baratas são divididas entre urbanas e rurais, sendo as pertencentes ao primeiro grupo, asprincipais transmissoras de patógenos atuando como vetores mecânicos de vírus, fungos, bactérias e vetores biológicos, servindo de hospedeiro intermediário de vermes e responsáveis por reações alérgicas.
Apenas 1% das espécies comumente encontradas, são consideradas nocivas ao ser humano, como a Periplaneta americana (barata americana), Blatella germânica (barata alemã), Blatta orientalis (barataoriental) e Periplaneta australasia (barata australiana). As baratas encontradas em ambientes naturais também podem ser hospedeiras intermediarias de alguns parasitas do ser humano e de outros animais, como por exemplo, a Pycnoscelus surinamensis (barata do campo), que é responsável em transmitir o nematódeo Oxyspirura mansinique parasita o olho de aves, causando grande irritabilidade e fazendo com...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Região Sul do Brasil
  • Região sul do brasil
  • Região sul do Brasil
  • REGIÃO SUL DO BRASIL
  • REGIAO SUL DO BRASIL
  • Trabalho região sul do brasil
  • Gastronomia da Região Sul do Brasil
  • Cultura da região sul do Brasil.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!