Banalização da ler/dort no sistema bancário e os impactos para os trabalhadores

Páginas: 9 (2182 palavras) Publicado: 9 de dezembro de 2012
BANALIZAÇÃO DA LER/DORT NO SISTEMA BANCÁRIO E OS IMPACTOS PARA OS TRABALHADORES


RESUMO: Este artigo trata da LER/DORT com a finalidade de alertar sobre a banalização desta doença que os trabalhadores vêm adquirindo através do esforço repetitivo e das condições de trabalho, em atenção principal aos bancários. Descreve-se o contexto histórico, nomenclatura, tratamento e os graus da LER/DORT.PALAVRAS-CHAVE: LER/DORT, bancários, trabalhadores.

1. INTRODUÇÃO

Este pesquisa pretende investigar a banalização da LER/DORT, doença essa que os trabalhadores vêm adquirindo através do esforço repetitivo e das condições de trabalho. Os bancários, os digitadores, os motoristas, e muitos outros profissionais numa lista que só vêm crescendo apresentam com maior evidência os sintomas dadoença. Devido a uma rotina pesada de trabalho, porque hoje não se têm um tempo para que haja um descanso físico e mental, tempo esse que seria fundamental para a saúde e bem estar do trabalhador. O individuo trabalha como se fosse uma maquina. Com o diagnostico da doença o individuo ainda acaba sofrendo pelo preconceito das pessoas, que os destrata, falam que são preguiçosos, e diversos outros tipos depreconceito, mas quem tem a doença sabe as consequências que sofre e os sintomas causados. Por meio deste trabalho pretende-se informar a todos os leitores, o preconceito que ainda existe com uma doença como a DORT e o descaso que há pela grande maioria da população como também pelos órgãos públicos e federais.

Este tema é fundamental devido à grande incidência do afastamento por DORT nacategoria bancária, a qual é marginalizada pelas instituições financeiras, que simplesmente ignoram tais casos, deixando os pacientes no desconforto e descaso perante a gravidade da doença.

2. A BANALIZAÇÃO DA LER/DORT

As consequências das novas formas de exploração capitalista são perversas e inaceitáveis, atingem diretamente os trabalhadores e a sociedade de maneira geral, com forte impacto nasaúde. Os trabalhadores, cujos corpos e mentes reclamam descanso e já não conseguem mais trabalhar como máquinas, são demitidos como se fossem objetos descartáveis. Os que ainda conseguem trabalhar sofrem as consequências na sua saúde física e mental. As doenças ocupacionais são um grande exemplo dessas mazelas que atingem o trabalhador. São classificados por distúrbios mentais e por esforçosrepetitivos. A DORT (Distúrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho) representa uma síndrome de dor nos membros superiores, com queixa de grande incapacidade funcional, causada primeiramente pelo próprio uso das extremidades superiores em tarefas que envolvem movimentos repetitivos ou posturas forçadas. Mais conhecida como LER (Lesão por esforço repetitivo), no Brasil tornou-se conhecida por estádenominação, apesar de imprópria, pois relaciona sempre tais manifestações com certas atividades no trabalho. Portanto LER não é doença, é um fenômeno social, político, trabalhista. O governo federal pode ser classificado como um dos responsáveis pela marginalização da doença, propondo leis que dificultam a caracterização da LER como doenças trabalhistas, complicando o acesso do trabalhador aosbenefícios previdenciários. Existe também o problema da fiscalização, pois o número de fiscais não é corresponde à demanda do problema. Tudo isso é resultado de uma política que prioriza os interesses das empresas. Diante do problema exposto a LER ou DORT, são doenças ocupacionais que os trabalhadores adquirem ao longo do tempo pelo esforço repetitivo, e que hoje sofre pelo
preconceito das pessoas e odescaso do Governo Federal, pela não caracterização da doença como trabalhista, isso faz com que hoje os trabalhadores fiquem a mercê dos empresários.

2.1. CONTEXTUALIZAÇÃO HISTÓRICA DA LER/DORT

A partir dos séculos XVIII e XIX, houve a consolidação da sociedade industrial e foram introduzidas mudanças substanciais no ambiente, ferramentas, máquinas e equipamentos, jornada, tipo e forma...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • LER/DORT
  • DORT E LER
  • Ler/dort
  • LER e DORT
  • Ler-dort
  • Ler dort
  • LER/DORT
  • LER DORT

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!