Bárbara

Páginas: 16 (3817 palavras) Publicado: 1 de dezembro de 2014
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO








ABORDAGENS GRUPAIS EM SAÚDE MENTAL





2014
INTRODUÇÃO
Partindo do conceito de que cada indivíduo é um universo todo próprio, construído no arcabouço de suas subjetividades, e que essas ressoam potencializando-se quando se encontram num ambiente seguro e acolhedor, e em conformidade com o que MAXIMINO nos apresenta em sua tese dedoutorado ao citar que “Mosey define o grupo como sendo uma unidade dinâmica, um agregado de pessoas que compartilham uma proposta comum que só pode ser atingida através da interação e trabalho conjunto.” nos lançamos à lapidação do presente trabalho que tem como tema as ‘Abordagens Grupais em Saúde Mental’.
Parafraseando MOSEY ao pontuar que “dinâmica e processo são palavras que dizem respeito àsvárias facetas dos pequenos grupos que estão em contínua mudança.”, começamos nossa abordagem lembrando que a constituição de um grupo em Saúde Mental não se dá da mesma forma em diferentes equipamentos: o processo de constituição grupal que ocorre num posto de atendimento da Atenção Básica não é o mesmo que norteia uma Instituição Psiquiátrica ou um Hospital-dia. Diferentes equipamentos possuemdistintos procedimentos e também diferentes critérios quer seja de admissão e acompanhamento dos usuários, quer seja na determinação da alta e especialmente da composição de multiequipes de atendimento. Portanto para que se compreenda a constituição e o manejo de determinado grupo na Saúde Mental, há que se levar em consideração a instituição ao qual o grupo a ser observado pertence, o que confereainda mais dinamismo à tarefa.
Seja como for, a partir do momento em que um grupo que se constitui é sentido, compreendido e reconhecido como um ambiente seguro o suficiente para que seus participantes se permitam trocas, a sensação de pertença será a carreadora da sensação de relaxamento, sendo essa definida por WINNICOTT como estado de não-integração ou seja, um estado de relaxamento onde épossível o estabelecimento de um contato íntimo com o si-mesmo e com a experiência criativa. Esse espaço potencial e transicional permite um reconhecimento grupal interno que, alinhavado pela da coesão de seus integrantes, estabelece tal representação interna que essa se torna capaz de desenhar contornos e continência, mesmo em grupos tão complexos como os da Saúde Mental.
ANZIEU também colabora comnosso entendimento sobre grupos de atividades nessa área ao pontuar que “...o grupo é uma colocação em comum das imagens interiores e das angústias dos participantes. O grupo é lugar de fomentação de imagens.” no qual “os participantes são encorajados a expressar emoções, compartilhar ideias e sentimentos, e identificar e gratificar as necessidades sócio-emocionais uns dos outros juntamente com arealização da atividade.” (MAXIMINO, 1997)
Ao ser bem constituído e bem manejado, o grupo permite experimentações múltiplas e em vários níveis e áreas de abrangências, tornando-se então uma caixa de ressonâncias: terreno fértil e germinativo que justifica que o Ministério da Saúde reconheça que grupos de atividades permitem “uma poderosa e rica troca de experiências e transformações subjetivas quenão seria alcançável através do atendimento individualizado.”
A constituição dos grupos de atividades em Saúde Mental na Atenção Básica é norteada pela premissa de que se evite a “...formação de grupos por tipologia de agravos ou sofrimento psíquico. Deve-se buscar a diversidade grupal, reconhecendo e fazendo-se reconhecer os sujeitos como pertencentes a um território comum...” e um ponto defundamental importância é o conteúdo emergente do próprio grupo, quer seja ele aberto, fechado, heterogêneo, terapêutico, operativo, preventivo, educativo... Outra orientação relevante que a Atenção Básica aponta é a de que ”a primeira superação necessária dos profissionais é não enclausurar o sofrimento ao diagnóstico, mas ampliar as condições de sujeito e de saúde.” 
Frente a essas informações...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Barbara
  • barbara
  • Barbara
  • Barbara
  • barbara
  • barbara
  • Barbara
  • Barbara

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!