Avaliação da qualidade de vida da mulher no climatério

Páginas: 9 (2042 palavras) Publicado: 21 de outubro de 2011
Escola Profissional Fundação Universitária de Cardiologia

Projeto de Pesquisa

Avaliação da Qualidade de Vida da Mulher no Climatério

Daiane Plada de Oliveira e Rejane Coutinho de Ancelmo

Orientadora: Natalia LeguisamoPorto Alegre, setembro de 2011.
DAIANE PLADA DE OLIVEIRA
REJANE COUTINHO DE ANCELMO

Avaliação da Qualidade de Vida da Mulher no Climatério

Trabalho desenvolvido no componente curricularProjeto de Pesquisa II- módulo IV, requisito
obrigatório para aprovação. Orientadora: Profa
Natalia Legisamo

Porto Alegre,2011.
1. INTRODUÇÃO
De acordo com a OMS (OrganizaçãoMundial da Saúde), o climatério é uma fase da evolução biológica da mulher, em que ocorre o processo de transição entre o período reprodutivo e o não reprodutivo e chega ao término um ano depois da menopausa (Manual de Atenção à Mulher no Climatério, 2008).
De acordo com estimativas do DATASUS, em 2007, a população feminina brasileira totaliza mais de 98 milhões de mulheres. Nesse universo, cercade 30 milhões têm entre 35 e 65 anos, o que significa que 32% das mulheres no Brasil estão na faixa etária em que ocorre o climatério.
Do ponto de vista clínico, o climatério é uma etapa marcante do envelhecimento feminino caracterizada pelo estabelecimento de estado fisiológico de hipoestrogenismo progressivo e culminando com a interrupção definitiva dos ciclos menstruais. Inicia-senormalmente entre 35 e 40 anos, estendendo-se até os 65 anos, a menopausa ocorre em média aos 51 anos, sendo frequentemente acompanhado por sintomas característicos e dificuldade na esfera emocional e social (De Lorenzi et al, 2005).
Segundo a Sociedade Brasileira de Climatério (SOBRAC), o climatério é caracterizado por alterações morfológicas (atrofia urogenital e mamária); alteraçõesfuncionais (distúrbios menstruais e neurovegetativos); alterações hormonais (queda dos níveis estrogênicos e elevação das gonadotrofinas) e alterações nos tecidos alvos, afetando negativamente a saúde da mulher (SOBRAC, 2004). Fatores biopsicossociais podem determinar a ocorrência de alterações do humor, exteriorizadas por irritabilidade, nervosismo, depressão e ansiedade (Silveira et al, 2007).Estes sintomas ocorrem pelas mudanças endócrinas e biológicas em função do declínio da atividade ovariana, e da fertilidade, em que a mulher passa do período reprodutivo para o não reprodutivo e por mudanças clinicas consequentes às alterações do ciclo menstrual, esta variedade de sintomas, caracteriza a síndrome climatérica (WHO, 1981).
Em parte, a pouca atenção prestada ao climatério até oinicio do século passado deveu-se à menor expectativa de vida feminina até então, que não permitia a maioria das mulheres viver o suficiente para atingir o climatério ( Hardy et al, 1992). A média de sobrevida das mulheres na idade média era de 25 anos, só no inicio do século XX com os avanços científicos é que a expectativa de vida pôde chegar aos 50 anos (Netto et al, 1996). No Brasil, segundo oIBGE, em 2008, a expectativa de vida da mulher é de 72 anos.
Assim, outros fatores podem agravar o estado físico e emocional dessas mulheres, tais como hábitos alimentares, condições de vida, história reprodutiva, carga de trabalho, tendência a infecções, dificuldades de acesso aos serviços de saúde.
É fundamental ter um olhar holístico sobre a mulher climatérica, contemplando-a...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • qualidade de vida de mulheres no climaterio praticantes de mat pilates
  • PERCEPÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA EM MULHERES NA FASE DO CLIMATÉRIO PRATICANTES DE MAT PILATES
  • qualidade de vida da mulher com IU
  • AVALIAÇÃO NUTRICIONAL E RISCO CARDIOVASCULAR EM MULHERES NO CLIMATERIO
  • Qualidade de vida de mulheres que tiveram filhos na adolescencia
  • Qualidade de vida em mulheres praticantes e ex praticantes de voleibol
  • A PERCEPÇÃO DAS MULHERES EM RELAÇÃO À QUALIDADE DE VIDA NA MENOPAUSA.
  • CLASSIFICAÇÃO E AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA NA ÁREA URBANA E RURAL

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!