Aula 2: Introdução às técnicas de laboratório – medidas de volume

Páginas: 9 (2031 palavras) Publicado: 25 de agosto de 2014



Aula 2: Introdução às técnicas de laboratório – medidas de volume





Relatório referente às exigências da disciplina de Química Geral do curso de Engenharia Civil.



Componentes:
Alan Costa Alves
Dener Junior De Almeida
Rafael dos Santos Pereira
Túlio César Arcanjo Guimaraes

Professor: Edelize
Curso: Engenharia Civil




Coronel Fabriciano – MG
Setembro/2013Aula 2: Introdução às técnicas de laboratório – medidas de volume
Centro Universitário do leste de Minas Gerais – UNILESTEMG


Alan Costa Alves
Dener Junior De Almeida
Rafael dos Santos Pereira
Túlio César Arcanjo Guimaraes






Aula 2: Introdução às técnicas de laboratório – medidas de volume



Professor: Edelize
Curso: Engenharia CivilCoronel Fabriciano – MG
Setembro/2013
SUMÁRIO















Resumo
Este trabalho apresenta as atividades realizadas no laboratório de química durante a aula 2. Foram apresentados os equipamentos e vidraria de uso corrente no laboratório, bem como a maneira correta de utilizá-los. Também demonstrado como fazer a leitura de medidas de volume nos equipamentos utilizados e fazer oscálculos necessários.
Objetivos
Apresentar os equipamentos e vidraria de uso corrente no laboratório, bem como a maneira correta de utiliza-los.
Demonstrar como fazer a leitura de medidas de volume nos equipamentos utilizados em laboratório e como expressá-las cientificamente.
Treinar o aluno para controlar volumes variáveis numa pipeta graduada.
Treinar a confecção de relatórios.
1 Introdução1.1 Preparação pré-laboratório

A medida correta de volume é fundamental para o sucesso do trabalho no laboratório de química.
Para a medida de volumes, há dois tipos de instrumentos: graduados e volumétricos (aferidos). Os volumétricos medem um único volume e são em geral mais precisos. Os graduados, porém, permitem medir vários volumes, e um deles, a bureta é de alta precisão.
De um modogeral, para medidas aproximadas de volumes de líquidos, usam-se provetas, enquanto, para medidas precisas, usam-se buretas, pipetas e balões volumétricos, que constituem o chamado material volumétrico.
A prática da analise volumétrica requer a medida de volumes líquidos com elevada precisão. Para efetuar tais medidas são empregados vários tipos de aparelhos, que podem ser classificados em duascategorias:
Aparelhos calibrados para dar escoamento a determinados volumes: neste caso estão incluídos as pipetas graduadas e as buretas.
Aparelhos calibrados para conter um volume líquido: aqui estão incluídos as pipetas e os balões volumétricos.
Aparelhos volumétricos são calibrados pelo fabricante e a temperatura padrão de calibração é 20ºC. Logo, qualquer leitura realizada fora dessatemperatura acarreta erro (utilizam-se tabelas para fazer as correções). Os líquidos são medidos em aparelhos denominados volumétricos com aferição de determinada capacidade de volume. São utilizados dependendo da necessidade de maior ou menor precisão.
Na medida de volume de um líquido, compara-se seu nível com os traços marcados do aparelho. Lê-se assim o nível do líquido, baseando-se no menisco que éa superfície curva do líquido.
Alguns líquidos apresentam-se incolores, outros coloridos. Um líquido incolor ou colorido pode caracterizar uma mistura, que são denominadas soluções líquidas.
Para realizar a leitura de volume de uma solução líquida deve-se obedecer a posição do menisco, ou seja: soluções incolores por convenção a leitura se da pela tangente do menisco inferior e para soluçõescoloridas pelo menisco superior. Dessa forma determina-se com precisão a leitura de volume de qualquer que seja a solução líquida.
Erros mais comuns:
Leitura de graduação volumétrica obtida pela parte superior do menisco.
Medição de volume de soluções quentes.
Uso de instrumento inadequado para medir volumes.
Uso de instrumento molhado ou sujo.
Formação de bolhas nos recipientes.
Controle...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Aula 1: introdução às técnicas de laboratório – medidas de volume
  • Introdução as técnicas de laboratório (medidas de volume)
  • Introdução às técnicas de laboratório – medidas de volume
  • INTRODUÇÃO ÀS TÉCNICAS DE LABORATÓRIO E DE MEDIDAS DE MASSA, DE VOLUME E DE TEMPERATURA
  • Introdução as tecnicas de laboratorio
  • Técnicas de Laboratório
  • Ingtrodução às técnicas de laboratório
  • Introdução às Técnicas de Laboratório: Medição de Volumes

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!