Auditoria e CONTROLO INTERNO

Páginas: 8 (1884 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014


Projetos de Investimento
A Conceção da ideia
O primeiro grande desafio na altura de criar um negócio próprio é a conceção da ideia. Nesta
fase o investimento do empreendedor não se contabiliza em euros, mas sim em tempo
despendido na conceção da ideia.
Um projeto empresarial pode ter várias fontes de inspiração. A ideia pode surgir da experiência
profissional do empreendedor, dosseus hobbies, da constatação de uma necessidade do
mercado. As fontes de inspiração são inúmeras, mas as fundamentais
é que neste processo - quase sempre solitário - o potencial empresário não perca a noção de
que o seu projeto tem de ser acima de tudo realista. Aqui são definidas as bases da empresa. É das etapas mais importantes do processo de criação de um negócio e nenhum pormenor deveser negligenciado. No momento de estruturar a ideia de negócio, o empreendedor deve considerar vários aspetos que vão desde a sua experiência profissional ao perfil do consumidor, passando pela oportunidade do negócio e a existência, ou não, de projetos empresariais semelhantes.

O realismo deve pautar a conceção da sua ideia. Para não ter sobressaltos deverá procurar
descrever as possíveistendências do seu mercado e qual o seu potencial de crescimento, os
processos legais necessários ao início da sua atividade, a capacidade do negócio nos primeiros
anos, bem como identificar os pontos fracos e fortes da empresa.
Análise de Risco
É verdade que o segredo é a alma do negócio. Mas não é menos verdade que só faz sentido criar uma empresa se o mercado necessitar do produto ou serviçoque lhe quer oferecer. Esta é a fase em que vai começar a testar se a sua ideia tem potencial. Rodeie-se de pessoas da sua
confiança, conte-lhes o seu projeto e procure avaliar as potencialidades do mesmo. É também
nesta fase que vai começar a procurar informação sobre aquilo que vai necessitar para
concretizar o seu projeto.
Poderá começar a fazer um levantamento das etapas legais que vaiter de cumprir, consultando
um advogado se necessário.
O fundamental nesta fase é analisar de forma rigorosa - com base em levantamentos e estudos
concretos - as reais condicionantes do mercado.
Entre os aspetos a considerar nesta fase estão: a singularidade do produto/serviço; o
perfil do cliente-tipo; a dimensão do mercado; a concorrência e quotas de mercado e
as potencialidades decrescimento do negócio.
É também o momento em que deverá elaborar o Plano de Marketing descrevendo
produtos/serviços, escolhendo políticas de distribuição, preços e formas de promoção, tudo com
orçamentos previsíveis.


Apoios existentes para a criação de uma empresa
Crédito ao investimento
O crédito ao investimento é concedido por instituições bancárias, através de 2 linhas de crédito,e beneficia de garantia, no quadro do sistema de garantia mútua, e de bonificação de taxa de juro.
Linhas de Crédito
Montantes
Prazos
Taxa de Juro

Investimento
Financiamento


INVEST +
Superior a €20.000 e até €200.000
Até €100.000
2 anos de carência de capital
Reembolso de 5 anos com prestações mensais (amortizações constantes de capital)
Euribor a 30 dias, acrescida de 0,25% comtaxa mínima de 1,5% e máxima de 3,5%
(o 1.º ano de juros é integralmente bonificado e o 2.º e o 3.º ano são bonificados parcialmente pelo IEFP)
MICROINVEST
Até €20.000
Até €20.000


Nota: Os créditos a conceder, no âmbito do Invest+, têm como limites 95% do investimento total e 50.000€ por posto de trabalho criado a tempo completo.
Apoio técnico à criação e consolidação dos projetos
Osprojetos que obtenham financiamento ao abrigo desta Medida podem beneficiar de apoio técnico à sua criação e consolidação, durante os dois primeiros anos de atividade, sendo este assegurado por uma rede de entidades privadas sem fins lucrativos ou autarquias locais credenciadas pelo IEFP, IP.
Atividades de apoio técnico:
Acompanhamento do projeto aprovado
Formação
Consultoria na gestão ou na...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Controlo interno- auditoria
  • PRA DE AUDITORIA E CONTROLO INTERNO
  • RELAT RIO DA FORMA O EM AUDITORIA E CONTROLO INTERNO PDF
  • Controlo interno
  • controlo interno
  • controlo interno
  • Controlo interno
  • Controlo interno

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!