Atrologia 1

6227 palavras 25 páginas
ANÁLISE DO MAPA ASTRAL

Mapa Astral é a configuração astrológica, a posição dos planetas e signos no instante do seu nascimento, isto é, como estava o céu no momento e lugar em que se deu o nascimento. A partir deste “mapa”, podemos traçar o perfil da personalidade do interessado, através de analogias.

Cada planeta, incluindo a Lua e a Terra, permanecem nos signos por um período máximo, o Sol, por exemplo, permanece em cada signo, 30 dias, Mercúrio e Vênus de 30 a 35 dias, Júpiter permanece cerca de 1 ano, Saturno de 2 a 3 anos, Urano de 5 a 7 anos, Netuno de 9 a 13 anos e Plutão quase 30 anos.

A Lua muda de signo a cada 56 horas aproximadamente e finalmente a Terra, que é o Ascendente, permanece em cada signo, cerca de 2 horas. Por isso a hora do nascimento é tão importante. Com isso, deduzimos que a Terra completa os 12 signos em 1 dia (24 horas), que a Lua completa o zodíaco em 28 dias etc.

Bem, para finalizar as preliminares, é necessário dizer que em geral a personalidade da pessoa é formada por três dados: pelos signos em que o Sol estava (signo de nascimento), o que a Terra estava (signo ascendente) e o que a Lua estava.

E cada planeta restante domina um setor da vida das pessoas. Para ler o seu horóscopo em jornais e revistas, leia sempre o seu signo e o signo ascendente, pois um completa o outro. O signo polar significa aquele signo que é o inverso do outro. Com estes signos, nos damos muito bem ou muito mal.

Passemos então, à análise do seu mapa, só acrescentando que negativo significa introversão, positivo extroversão, que água é intuição, terra é realismo (pés no chão), fogo é entusiasmo e ar é a capacidade intelectual, e que cardeal significa mundo exterior totalmente aceito, mutável significa mundo exterior parcialmente aceito e fixo significa mundo exterior nada aceito.

TERRA

A Terra representa o mundo material e objetivo. Na magia, quando se busca acentuar o lado prático e explorar a prosperidade, é costume oferecer uma pedra ou uma maça

Relacionados

  • Fenomenologia
    5637 palavras | 23 páginas