Atps politica social de atençao a criança, adolescente e idoso

Páginas: 5 (1240 palavras) Publicado: 21 de novembro de 2012
Universidade Anhanguera- UNIDERP- Pólo Goiânia
Serviço Social- Política Social à Criança , Adolescente e idoso
Maria das Mercês R. paz- 263727
Maria Luíza Vieira- 263727
Sandra Maria- 265603
Vilma Marques Bueno- 222725

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

Tutor (a) a distância: Laura Tatiana Nogueira Prado

Goiânia- 2012

Infelizmente, o uso de drogas é uma prática disseminadana sociedade que vem trazendo conseqüências desastrosas de proporções inimagináveis. Desestruturação familiar e profissional, aumento da violência (assassinatos, furtos, roubos...), abandono escolar, crescimento do número de moradores de rua, crescimento de acidentes de trânsito são alguns dos frutos provocados por tal popularização das drogas.
Segundo a Organização das Nações Unidas para oControle do Crime e das Drogas (UNODCCP, 2000) o abuso de drogas é um fenômeno global e dificilmente existe algum país no qual ele não ocorra. De acordo com a distribuição geográfica das tendências de maior consumo das diversas substâncias psicoativas, temos as facilidades do acesso a determinadas drogas; os aspectos culturais mais ou menos comuns a cada região e os fatores sócio-econômicos.
Éimprescindível a criação de projetos sociais bem estruturados, com a participação de uma equipe multiprofissional (médicos, assistentes sociais, psicólogos, psiquiatras, educadores, etc.) em locais como o CREAS, com a finalidade de prevenir situações de risco a menores.
Uma pessoa não começa a usar drogas ou abusar delas por acaso ou por uma decisão isolada. Cada vez mais, pesquisas e estudosmostram que o uso indevido de drogas é fruto de uma multiplicidade de fatores. Se por um lado a pessoa não nasce predestinada a usar drogas, também não as usa apenas por influência de amigos ou mesmo de traficantes. Neste sentido, é que se considera o estudo sobre fatores de risco e proteção. Sudbrack (2003) apresenta que fatores de risco são aquelas circunstâncias sociais e/ou pessoais que atornam vulneráveis a assumir comportamentos arriscados, como usar drogas. Fatores de proteção são aqueles que contrabalançam as vulnerabilidades, tomando a pessoa com menos chances de assumir esses comportamentos. Destacam-se, portanto, a familiar, a escola, os pares e a comunidade onde o jovem vive. Observa-se que estas instituições possuem um papel fundamental como fatores de proteção, embora tambémse desenvolvam como fatores de risco exercer influências que levem ao consumo de drogas
É necessário promover ações que valorizem a auto-estima dos jovens, que os mantenha ocupados com atividades saudáveis, enriquecedoras e atraentes para minar espaços por onde as drogas podem entrar. Mostrar-lhes o quanto são amados e acolhidos pela família, pela escola, pela comunidade, pela sociedade émais do que dizer não às drogas, é erradicá-las.
O projeto que se segue tem o intuito de conscientizar crianças e adolescentes dos riscos existentes no mundo das drogas, além de oferecer uma “mão amiga” a jovens usuários de drogas e em medidas sócio-educativas, através do diálogo com os jovens, chamando a atenção para os danos que o uso das drogas pode causar. Sem nunca trabalhar sob aperspectiva de que é ilegal ou imoral. Pois com esse diálogo para uma criança ou um adolescente pode instigá-los ao proibido, visto que aquilo que é proibido pode acender maior curiosidade sobre as drogas.
Para a viabilização do projeto, foi estabelecida uma parceria junto à coordenação do CREAS- Renascer, no município de Hidrolândia, juntamente com três escolas de nível fundamental e médio nomunicípio. O objetivo principal do projeto é a reflexão, contribuindo para a visão crítica das situações e dos problemas e para o desenvolvimento da autonomia e da capacidade de escolha dos adolescentes, de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei Federal N° 8.069), especialmente sobre os artigos que falam do direito à liberdade, respeito e dignidade (art. 16 ao18) sobre as medidas de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Atps políticas social de atenção a criança, adolescente e idosos
  • ATPS Politica Social de Atenção á Criança, adolescente e idoso
  • ATPS Politica Social de Atenção a Criança, Adolescente e Idoso
  • política social de atenção a criança, adolescente e idoso
  • Política Social de Atenção à Criança, Adolescente e Idoso
  • Politica social de atenção à criança, adolescente e idoso
  • POLITICA SOCIAL DE ATENÇÃO Á CRIANÇA, ADOLESCENTE E IDOSO
  • POLITICA SOCIAL DE ATENÇAO A CRIANÇA ADOLESCENTE E IDOSO

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!