ATPS Anhanguera 4 fase ORGANIZAÇÃO E METODOLOGIA DO ENSINO FUNDAMENTAL

Páginas: 15 (3605 palavras) Publicado: 6 de novembro de 2014
UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP
CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
CURSO DE PEDAGOGIA








ORGANIZAÇÃO E METODOLOGIA DO ENSINO FUNDAMENTAL







NOME









CIDADE
ANO



UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP
CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
CURSO DE PEDAGOGIA







ORGANIZAÇÃO EMETODOLOGIA DO ENSINO FUNDAMENTAL




NOME




Atividade Prática Supervisionada (ATPS) entregue como requisito para conclusão da disciplina “Fundamentos e Metodologia de Língua Portuguesa”, sob orientação do professor-tutor a distância Alessandra Cecilia Ramos.


CIDADE
ANO








SUMÁRIO

Introdução4 e 5
As atribuições do ministério da educação 5,6 e 7
Vantagens e desvantagens do ensino fundamental de nove anos 8,9 e 10
As organizações auxiliares da escola 11
Aorganização e a estrutura da educação brasileira 12 e 13
Os sistemas de ensino: mapa conceitual 14
Considerações finais 15
Referências16






















INTRODUÇÃO
A Educação no Brasil e a estrutura do Sistema Educacional vêm sofrendo mudanças desde a sua História, seu funcionamento através de leis, características e aspectos sempre voltado a melhoria e produção de ensino-aprendizagem.
No processo de aprendizagem começa de maneiradistorcida, passando aos níveis de entrada (Educação Infantil) e a sua continuidade (Educação Fundamental), já que a obrigatoriedade torna-se já na Educação Infantil.
Segundo o que pesquisamos a Educação Infantil é a primeira etapa da Educação Básica é a entrada da criança no Sistema Educacional, ela acontece atualmente aos quatro anos e permanece até aos 06 (seis) 6 anos, de momento não á umapreocupação de começar a construir a cidadania, a única preocupação é com a disponibilidade de vagas na Educação Infantil. Há uma descaracterização da criança que não frequentou a educação infantil para o ensino fundamental, quebrando assim a etapa e o processo de desenvolvimento desta aprendizagem, sem contar as distorções cognitivas da criança.
Já a ampliação do Ensino Fundamental para nove anos,com a matrícula obrigatória aos seis anos de idade, requer planejamentos para melhorar as condições de qualidade da educação básica no Brasil.
A vantagem de se ter um ano a mais, o ensino de nove anos, fundamenta um ensino de alfabetização em bases sólidas podendo observar o sujeito com suas singularidades, mas garantindo o direito da criança de aprender a linguagem escrita, não sendo prioridadea alfabetização em si. Devendo ser observado a avaliação do rendimento escolar de forma qualitativa sobre os quantitativos.
O Ensino Fundamental deve assegurar a formação básica do cidadão com objetivos próprios, que devem ser alcançados na perspectiva do desenvolvimento infantil, respeitando, cuidando e educando crianças no tempo singular da primeira infância.
O que se observou nessa mudança éque se teve um olhar qualitativo para o ensino fundamental, que o ensino obrigatório dos nove anos, é uma preparação com importância em qualidade de aprendizagem, não apenas de conteúdos.
Tendo em vista o período de adaptação para o ciclo de nove anos, a criação de programas de correção de fluxo, aparenta um retrocesso escolar.
Os objetivos da primeira etapa é preparar as crianças para o...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • atps Organização e Metodologia do Ensino Fundamental
  • atps de organização e metodologia do ensino fundamental
  • ATPS de Organização e Metodologia do Ensino Fundamental
  • ATPS de Organização e Metodologia do Ensino Fundamental
  • ATPS DE
  • ATPS Organização e Metodologia do Ensino Fundamental
  • ATPS-Organizacao e Metodologia do Ensino Fundamental
  • Organização e Metodologia do Ensino Fundamental 5º semestre Anhanguera

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!