Atendimento psicológico em ginecologia e obstetrícia

Páginas: 5 (1093 palavras) Publicado: 21 de maio de 2013
Atendimento Psicológico em Ginecologia e Obstetrícia
atuação nesta área é primordialmente lidar
com a natureza feminina, a relação da mulher com o seu mundo, com seu Ser, com seu corpo, com sua identidade feminina e com sua sexualidade.
SOUCASAUX diz que existe uma forte tendência para que a mulher projete seus conflitos em setores do corpo relacionados com sua condição feminina e refereque do ponto de vista psicossexual, a mulher canaliza para seu corpo muito mais libido do que o homem, o que determina uma psicodinâmica essencialmente sexual e auto erotismo muito desenvolvido. Este fato pode justificar a alta ocorrência de somatizações, distúrbios, queixas e problemas psicossomáticos nos órgãos sexuais femininos.
Em Ginecologia, a integração Bio-Psico-Social é fundamental. AGinecologia esteve sempre dominada pela orientação obstétrico-cirúrgica, pela filosofia médica clássica, exclusivamente técnica e organicista, afastada da Psicologia. É mister, considerar os aspectos psicológicos, sociais e culturais além de humanistas, integrando assim, o estudo da constituição psicofísica da mulher, suas características anatômicas, fisiológicas e psíquicas.
A históriaevolutiva da mulher é marcada por períodos extremamente significativos como a Menarca; Gestação; Parto; Puerpério; climatério e Menopausa. Estas fases podem vir acompanhadas de alterações psico-físicas que, na maioria das vezes, não podem ser consideradas patológicas. Assim, é freqüente dor no baixo ventre, enjôos, enxaquecas, etc. Tais manifestações somáticas podem vir acompanhadas de alterações dehumor, tristeza, reações depressivas além de, sentimentos de insegurança, ansiedade, baixa auto-estima, etc.
A esterilidade psicogênica seria, para muitos autores, originada por um conflito inconsciente na infância quando a menina voltasse o seu afeto ao pai e quando na puberdade, deveria ocorrer a mudança do objeto erótico, se o meio ambiente não foi favorável como uma mãe severa e madona e umpai apagado, seria provável que a adolescente adotaria uma atitude de protesto viril e o desejo de ser homem se manifestaria pela rebeldia contra a relação sexual.
LEWIS caracteriza dois tipos de personalidade em paciwntes que apresentam dismenorréia. O primeiro tipo, refere-se a mulheres tímidas, infantilizadas e que na infância , foram extremamente protegidas pelos pais e mostravam-sedoentias. Encaram a menstruação como “algo sujo” , doentio. O segundo tipo refere-se a mulheres conflitivas em sua condição feminina, assumindo comportamentos agressivos e duros, com voz e maneirismo masculinos e assumem na infância, brincadeiras “brutas”. Nas relações com os homens, preferem não se envolver, distinguindo-as pela amizade e companheirismo.
A dismenorréia pode ainda originar-se de umdesejo de fuga à sexualidade adulta ou representar uma reação contra a maternidade.
Fatores psicológicos podem também alterar o ciclo menstrual da mulher. Decorrente de choque ou tensão, a paciente pode apresentar amenorréia. Por exemplo, mulheres vítimas de estupro ou tentativa de estupro podem apresentar amenorréia, decorrente de temores relacionados ao sexo.
A amenorréia também pode estarassociada a culpas ou temores sexuais, a sentimentos incestuosos, a conflitos frente às responsabilidades da vida adulta ou ainda, frente a situações de depressão. Assim, podemos concluir, que a importância do psiquismo nas alterações ginecológicas deve ser considerada cuidadosamente.
Em Ginecologia Geral portanto, o Psicólogo Hospitalar se defrontará com uma série de distúrbios do aparelhoreprodutor que mereceram acompanhamento e apoio terapêutico. Referimo-nos aos distúrbios menstruais com componente psicossomáticos: dismenorréia, síndrome pré menstrual, amenorréia psicogênica, pseudociese, alterações na menarca e na menopausa; as síndromes ginecológicas dolorosas: algias pélvicas e perineais, dismenorréia, vaginismo; aos aspectos psicológicos e psicopatológicos da fecundidade:...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Ginecologia e obstetricia
  • ginecologia-obstetricia
  • Ginecologia e obstetricia
  • Ginecologia e obstetrícia
  • Fisioterapia na ginecologia e obstetricia
  • FISIOTERAPIA NA GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA
  • Enfermagem em ginecologia e obstetricia
  • A Fisioterapia em Ginecologia e Obstetrícia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!