Atendimento pré hospitalar

Páginas: 11 (2693 palavras) Publicado: 30 de setembro de 2012
Atendimento Pré-Hospitalar (APH): responsabilidade médica.
Marcelo Talasso Salim
Médico Especialista em medicina de tráfego pela ABRAMET (Associação Brasileira de Acidentes e Medicina de Tráfego)

Há hoje no Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU-RESGATE), ou resgate do bombeiro como é conhecido pela população leiga, perigosa inversão de valores onde o bombeiro com formação básica emprimeiros socorros, coloca-se a frente de casos que, na maioria das vezes, são de resolução médica, levando a própria população a crer que o bombeiro é o profissional indicado para solucionar problemas de saúde, além da própria imprensa que, como de costume, joga a população contra a classe médica em suas reportagens sensacionalistas e, inclusive em reportagens sobre acidentes automobilísticos etraumas em geral nas quais citam condutas tomadas por bombeiros referentes até a medicação feita no local do acidente dando a impressão que este profissional é habilitado para, além de partos, também aplicar drogas que só podem ser prescritas por médicos. Em momento algum este artigo pretende denegrir a imagem do bombeiro, o que seria absurdo além de grande calúnia, visto que este profissionalguarda grande carinho e respeito por toda a sociedade pelo herói que sempre foi desde a criação desta gloriosa instituição: o Corpo de Bombeiros. Contudo, na área de atendimento pré-hospitalar, é aviltante a situação na qual são colocados os médicos do SAMU-RESGATE, serviço este criado por um médico. É bastante comum em situações de emergência, na qual temos vidas humanas em risco, o bombeirocontestar a conduta do médico bem como discutir casos clínicos com este no local da ocorrência ou no COBOM (Central de Operações do Bombeiro) onde se tem um médico regulador habilitado ao exercício da medicina pré-hospitalar e responsável pelo encaminhamento dos pacientes para hospitais de referência que estejam em melhores condições de atendimento quer sejam vítimas de acidentes, ou que possuam algumadoença clínica agudizada, para que seja estabelecido tratamento definitivo. Segundo parecer n0 47 de 1995 do Conselho Federal de Medicina, por definição “o APH é um serviço médico e, portanto, sua coordenação, regulação e supervisão direta e à distância deve ser efetuada unicamente por médico”. O referido parecer já é uma resolução. O serviço está “sucateado”, o que significa que a regulação nãoestá sendo feita por médico regulador, pois mesmo para casos em que não é preciso transporte especializado, o bombeiro envia unidade de socorro básico (unidade de resgate UR) composta de bombeiros com formação básica em socorro e às vezes até mesmo com o médico na chamada unidade de suporte avançado (USA), não respeitando a autoridade do médico regulador. Esta situação

acontece por exernplo,toda vez que a ocorrência é gerada pelo COPOM (Central de Operações da Polícia Militar); ignorando totalmente a triagem médica, o bombeiro envia uma viatura simplesmente pelo fato de ter sido solicitado pela polícia; o bombeiro envia unidade de suporte avançado com médico às vezes para simples transferência de policial (ou parente deste) que foi internado por problema de saúde qualquer, medicado e/ouoperado e passa bem. Por razões administrativas (convênio), o policial deverá ser transferido para o Hospital da Polícia Militar (HPM) ou Cruz Azul que é devidamente conveniado não necessitando para tanto de viatura cuja função é resgatar vítimas na cidade de São Paulo, nas mais variadas situações de emergência. Há empresas especializadas em remoções, inclusive com médico acompanhando, se for ocaso. Estas são situações perigosas pois, caso o policial tenha apenas pequenas lesões, a viatura estará empenhada numa remoção deixando determinada região da cidade desguarnecida no caso de um acidente sério acontecer e gerando gastos desnecessários para o Estado visto que haverá gasto de combustível, pneus, peças das viaturas e, o que é pior, colocar-se-á em risco a vida da guarnição que sai...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Atendimento Pré Hospitalar A.P.H
  • enfermagem no atendimento pre hospitalar
  • Atendimento pré-hospitalar
  • Atendimento pre hospitalar- queimadura
  • Atendimento pré-hospitalar
  • ATENDIMENTO PRÉ HOSPITALAR
  • Atendimento pre hospitalar
  • APH ATENDIMENTO PRE HOSPITALAR

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!