Atendimento pré-hospitalar com vítimas de picadas de animais peçonhentos (cobras, escorpiões, aranhas)

Páginas: 10 (2301 palavras) Publicado: 4 de maio de 2015
ANIMAIS PEÇONHENTOS

Ofidismo



Acidente ofídico ou ofidismo é o quadro de envenenamento decorrente da inoculação de toxinas através do aparelho inoculador (presas) de serpentes. No Brasil são notificados, anualmente, 20.000 casos. Na maioria dos acidentes, os necessitados não informam bem a respeito do animal agressor, dificultando o atendimento a esses pacientes.
Existem quatro gêneros deserpentes peçonhentas de interesse médico existente no Brasil:
Bothrops - é identificada por possuir fosseta loreal, a cauda não tem chocalho nem há escamas eriçadas. O grupo mais importante, com mais de 60 espécies em todo o território, encontradas em ambientes diversos, desde beira de rio e igarapés, ares litorâneos e úmidos, agrícolas e periurbanas, cerrados, e áreas abertas. Exemplo: jararaca;Lachesis - é identificada por possuir fosseta loreal, como escamas eriçadas a extremidade da cauda,é a maior serpente peçonhenta do Brasil, habita a floresta Amazônica e os remanescentes da Mata Atlântica. Exemplo: surucucu;
Crotalus - é identificado por possuir fosseta loreal, presença de guizo, chocalho ou maracá na cauda e têm ampla distribuição em cerrados, regiões áridas e semiáridas, campose áreas abertas. Exemplo: cascavel;
Micrucus - tem ampla distribuição no país, com vaias espécies que apresentam padrão característico com anéis coloridos, cauda terminno grossa e presa Antero-mediana, proteróglifa. Exemplo: coral verdadeira.
O envenenamento ocorre quando a serpente consegue injetar o conteúdo das suas glândulas venenosas, o que significa que nem toda picada leva aenvenenamento. Há muitas espécies de serpentes que não possuem presas ou, quando presentes, estão localizadas na porção posterior da boca, o que dificulta a injeção de veneno ou toxina.
Acidentes com picadas de cobras acontecem, pois esses animais têm a capacidade de inocular substâncias tóxicas produzidas em glândulas especializadas de seu corpo ao se defenderem.O meio utilizado para a inoculação dependeráda espécie do animal que ocorrerá através dos dentes inoculadores de veneno.
Os sinais e sintomas decorrentes do envenenamento ofídico dependem das atividades presentes nos quatro tipos de veneno:
BOTRÓPICO

Leve – quadro local discreto, sangramento em pelo ou mucosas, pode haver apenas distúrbio na coagulação. São utilizadas cerca de 2 a 4 ampolas de soro Antibotrópico (SAB);
Moderado – edema eequimose evidentes, sangramento sem comprometimento do estado geral, pode haver distúrbio da coagulação. São utilizadas cerca de 5 a 8 ampolas de soro Antibotrópico – laquético (SABL);
Grave – alterações locais intensas, hemorragia grave, hipotensão, anúria. São utilizadas cerca 12 ampolas de soro Antibotrópico – laquético (SABL).

LAQUÉTICO

Leve – alterações neuroparalíticas evidentes, mialgia,escurecimento da urina ou oligúria. São utilizadas cerca 5 ampolas de soro Antibotrópico – laquético (SABL).
Moderado – quadro local presente,, pode haver sangramentos, sem manifestações vagais. São utilizadas cerca de 10 ampolas de soro Antibotrópico – laquético (SABL).
Grave – quadro local intenso, hemorragia intensa, com manifestações vagais. São utilizadas cerca de 20 ampolas de soroAntibotrópico – laquético (SABL)..

CROTÁLICO

Moderado – alterações neuroparalíticas discretas, mialgia e mioglobinúria (urina escura) discretas. São utilizadas cerca de 10 ampolas de soro Anticrotálico (SAC);
Grave – alterações neuroparalíticas evidentes, mialgia e mioglobinúria (urina escura) intensas, oligúria. São utilizadas cerca de 20 ampolas de soro Anticrotálico (SAC).

ELAPÍDICO

Considerartodos os casos potencialmente graves pelo risco de insuficiência respiratória. São utilizadas cerca de 10 ampolas de soro Antielapídico (SAE).
Logo após a picada devemos agir com os seguintes procedimentos:
Lavar o local da picada apenas com água ou com água e sabão;
Manter o paciente deitado;
Manter o paciente hidratado;
Procurar o serviço médico mais próximo;
Se possível, levar o animal para...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Primeiros socorros para vítimas de picadas de escorpiões e aranhas
  • Atendimento pré e intra hospitalar a vítima de choque elétrico
  • picadas de animais peconhentos
  • picadas animais peçonhentos
  • Picadas de animais peçonhentos.
  • Picadas de animais peçonhentos
  • Picada de animais peçonhentos
  • ASSISTÊNCIA DO ENFERMEIRO NO ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR À VÍTIMA DE TRAUMA TORÁCICO: Enfoque bibliográfico

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!