Atenção farmacêutica voltada para portadores de diabetes

Páginas: 23 (5722 palavras) Publicado: 20 de setembro de 2012
UNIÃO DAS FACULDADES ALFREDO NASCER - UNIFAN



HUDSON CAMPOS DA SILVA










ATENÇÃO FARMACÊUTICA VOLTADA PARA
PORTADORES DE DIABETES























Aparecida de Goiânia - GO








SUMÁRIO


INTRODUÇÃO 9

OBJETIVO 14

METODOLOGIA 15

DESENVOLVIMENTO 16

CONCLUSÃO 23

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 251 INTRODUÇÃO


A Atenção Farmacêutica voltada aos pacientes de Diabetes Mellitus é essencial. Já que essa doença se trata de um problema importante de saúde publica. Pois em muitos casos, os pacientes sofrem pela falta de conhecimento voltada ao uso racional de medicamentos, o que pode gerar interações medicamentosas, alimentares e controle de doença. (MACEDO et al.,2005).
O diabetes é uma condição crônica na saúde caracterizado basicamente pelo excesso de glicose no sangue e produção deficiente de insulina pelo pâncreas. Seu aparecimento esta associado á diminuição ou alteração de um hormônio protéico (insulina) produzido pelo pâncreas, órgão responsável pela manutenção dos níveis normais de glicose no sangue.(BICUDO,1997).
O Diabetes pode ser classificadosem; Diabetes Tipo 1, Diabetes Tipo 2, Diabetes Gestacional.
Diabetes Tipo 1: ocasionado pela destruição da célula beta do pâncreas, em geral por decorrência de doença auto-imune, levando a deficiência de insulina. (ABC DA SAÚDE, 2010).
O Diabetes Tipo 1 aparece com mais frequência antes dos 20 anos de idade. Todas as pessoas com diabetes tipo 1 precisam tomar insulina porque seu organismo não aproduz suficientemente. A insulina ajuda a transformar o açúcar dos alimentos em energia para o organismo poder funcionar corretamente. (SCHMID, 2010).
Os sintomas clássicos do diabetes mellitus (poliúria, polidipsia e polifagia, associados à perda ponderal) são bem mais característicos do diabetes tipo 1, em que quase sempre estão presentes. (AMERICAN DIABETES ASSOCIATION,1999)
O diagnósticoinicialmente é feito através dos sintomas que o paciente vai descrever para o médico, em seguida pelo exame clínico e depois por exames laboratoriais. O diabetes é diagnósticado se o nível glicêmico depois de estar em jejum obrigatório de 8 a 10 horas for maior que 126 mg/dl. Quando tem histórico na família, se faz exames de rotina para prevenir. O diagnóstico é feito através dos sintomas que apessoa manifesta e é confirmado com análises de sangue. Outras vezes, podem não existir sintomas e o diagnóstico ser feito em exames realizados por outra causa (SAPO SAÚDE, 2008).
O principal exame para confirmar o diabetes é a dosagem de glicose no sangue, conhecida como glicemia, podendo encontrar alterações no exame de urina. Ainda não há nenhum exame preventivo para rastrear com antecedência apossibilidade de uma pessoa desenvolver o diabetes tipo 1. O diagnóstico é feito depois que a doença já esta instalada. (ARTHUR, 2010).
Diabetes tipo 2: o pâncreas em geral produz insulina. Entretanto o corpo não pode usar corretamente a insulina que produz. Pode-se ter este tipo de diabetes se membros da família têm ou tiveram diabetes. O diabetes tipo 2 também pode ocorrer se houver um sobrepesoacompanhado da ausência de exercícios físicos. Com o tempo, o corpo pode parar de produzir insulina suficiente, e assim a sua administração se fará necessária. (JUSTE,2007).
No tratamento do diabetes, os recursos medicamentosos são empregados diante da incapacidade de controlar os níveis glicêmicos pela prática da dieta e de exercícios físicos.
O Diabetes tipo 2 adquirido pelo indivíduo após os40 anos, porem podem haver este tipo com menos idade. A alimentação saudável pode ajudar a diminuir o nível de açúcar no sangue. (DIGEST,1998).
No diabetes tipo 2 cerca de 50% dos pacientes desconhecem ter a doença por serem assintomáticos ou oligossintomáticos, apresentando mais comumente sintomas inespecíficos, como tontura, dificuldade visual, astenia e/ou cãibras. Vulvovaginite de repetição...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Atenção farmacêutica ao paciente portador de hipertensão arterial e diabetes
  • atenção farmaceutica na diabetes
  • Atenção Farmacêutica no Tratamento da Diabetes
  • ATENÇÃO FARMACÊUTICA VOLTADA AO PACIENTE IDOSO
  • atenção farmacêutica ao idoso portador de hipertensão arterial sistêmica
  • ASSISTENCIA FARMACEUTICA A PORTADORES DE DIABETES MELLITUS TIPO II
  • ATENÇÃO FARMACÊUTICA VOLTADA PARA O USO E DISPENSAÇÃO RACIONAL DE REMÉDIOS NA SAÚDE PÚBLICA
  • Atençao farmaceutica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!