aswewds

11328 palavras 46 páginas
Aula de TEORIA DA ARGUMENTAÇÃO JURÍDICA-

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:
Unidade 3 - TIPOS DE ARGUMENTO: SELEÇÃO E

Unidade 1 -

AS CONDIÇÕES DE PRODUÇÃO DO
TEXTO ARGUMENTATIVO

O discurso jurídico e o advogado.
Função persuasiva do texto jurídico.
Tipos de auditório: convencimento e persuasão. 
Silogismo a serviço da argumentação.

Demonstração e argumentação.




Unidade 2 -

ESTRUTURA E LINGUAGEM DO TEXTO
ARGUMENTATIVO: OS ELEMENTOS CONSTITUTIVOS DO
RACIOCÍNIO ARGUMENTATIVO







Prof.a. Nádia N. Pires

Situação de conflito.
Tese. Contextualização do real.
Tipos de prova e indícios.
Raciocínio dialético.
Hipóteses causais e condicionais

COMBINAÇÃO







Preâmbulo.
Argumento pró-tese.
Argumento de autoridade.
Argumento de oposição.
Argumento de senso comum.
Argumento de causa e efeito

Unidade 4 - Produção do texto jurídico argumentativo: fundamentação e conclusão
Planejamento do texto argumentativo.
Expressões introdutórias de parágrafos.
Uso de conectores.
Produção de fundamentação e de conclusão.
A fundamentação nas diferentes peças processuais.

Unidade 5 - Revisão e fixação de conteúdo

Unidade 1 - Teoria da argumentação
I. AS CONDIÇÕES DE PRODUÇÃO DO TEXTO ARGUMENTATIVO
I.1. A contextualização da disciplina Teoria e Prática da Argumentação Jurídica
Essa cotextualização diretamente ligada a necessidade de continuidade do trabalho de produção das peças processuais iniciado na disciplina anterior, buscando:
- Reconhecer as diferenças entre texto narrativo e texto argumentativo.
- Compreender a relevância da narração para a produção da argumentação.
- Identificar que a parte argumentativa da peça inicial refere-se ao “Do Direito”
Tipologia textual: narração, descrição, dissertação, argumentação e injunção.
Como vemos em Fetzner (2007), no Direito, é de grande relevância o que se denomina tipologia textual: narração, descrição, argumentação, injunção e dissertação. O que

Relacionados

  • Atividades
    1104 palavras | 5 páginas