Assistencia de enfermagem a criança portadora de câncer

Páginas: 10 (2499 palavras) Publicado: 2 de abril de 2014
INTRODUÇÃO:

No Brasil, a partir dos dados obtidos do registro de câncer de base populacional, observou-se que câncer infantil varia de 1% a 4,6%. É uma especialidade contemporânea e tem seu corpo de conhecimento e prática em processo de construção
É complexo o processo de adoecimento da criança com câncer e o prejuízo biopsicossocial que afeta a criança, a família e os profissionaisenvolvidos neste processo. A oncologia pediátrica configura um desafio para os pesquisadores e para a equipe multiprofissional, tanto na prevenção quanto no cuidado paliativo, evidenciando que essas ações ainda representam lacunas na produção científica brasileira.




















TIPOS DE CANCER INFANTIL:
O câncer infantil corresponde a um grupo de várias doenças que têm emcomum a proliferação descontrolada de células anormais e que pode ocorrer em qualquer local do organismo. Os tumores mais frequentes na infância e na adolescência são as leucemias (que afeta os glóbulos brancos), os do sistema nervoso central e linfomas (sistema linfático).

Também acometem crianças e adolescentes o neuroblastoma (tumor de células do sistema nervoso periférico, frequentemente delocalização abdominal), tumor de Wilms (tipo de tumor renal), retinoblastoma (afeta a retina, fundo do olho), tumor germinativo (das células que vão dar origem aos ovários ou aos testículos), osteossarcoma (tumor ósseo) e sarcomas (tumores de partes moles).

Assim como em países desenvolvidos, no Brasil, o câncer já representa a primeira causa de morte por doença entre crianças e adolescentes de1 a 19 anos, para todas as regiões.

Nas últimas quatro décadas, o progresso no tratamento do câncer na infância e na adolescência foi extremamente significativo. Hoje, em torno de 70% das crianças e adolescentes acometidos de câncer podem ser curados, se diagnosticados precocemente e tratados em centros especializados. A maioria deles terá boa qualidade de vida após o tratamento adequado. Noentanto, o câncer apresenta sinais e sintomas inespecíficos, tornando-se de difícil diagnóstico. A assistência em oncologia desenvolve-se pelo cuidado: preventivo, curativo e paliativo.



Estimativa de novos casos: 11.530 (2012)

Número de mortes: 2.740, sendo 1.567 meninos e 1.173 meninas (2010)

Prevenção e Detecção Precoce
O cuidado preventivo no campo da pediatria oncológica podeser desenvolvido por ações antes do nascimento da criança e durante a infância. Antes do nascimento, o aconselhamento genético aos pais vem se mostrando como possibilidade na prevenção. Durante a infância, com orientações acerca de hábitos de vida saudável, como: alimentação, atividade física e cuidados com meio ambiente. Nos tumores da infância e adolescência, até o momento, não existem evidênciascientíficas que deixem claro a associação entre a doença e fatores ambientais. Logo, prevenção é um desafio para o futuro. A ênfase atual deve ser dada ao diagnóstico precoce e orientação terapêutica de qualidade.
O cuidado curativo envolve as fases de diagnóstico, tratamento e controle.
Diagnóstico
Muias crianças e adolescentes com câncer chegam ao centro especializado de tratamento com adoença em estágio avançado por diversos fatores: desinformação dos pais, medo do diagnóstico de câncer, desinformação dos médicos.

Algumas vezes o diagnóstico é feito tardiamente porque a apresentação clínica as características de determinado tipo de tumor pode não diferir muito de doenças comuns na infância. Por isso, o conhecimento do pediatra acerca do câncer é determinante para um diagnósticoseguro e rápido.
Atualmente, para o diagnóstico e acompanhamento da evolução do câncer infantil, são utilizados vários métodos de imagem, como: radiografia convencional, ultrassonografia, tomografia computadorizada e ressonância magnética. Além disso, os marcadores tumorais (substâncias produzidas pelo tumor e secretadas no sangue, urina ou líquor) também auxiliam no diagnóstico ou no...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A UMA CRIANÇA PORTADORA DE ANEMIA HEMOLÍTICA AUTO-IMUNE: ESTUDO DE CASO
  • Assistência de enfermagem com crianças portadoras de paralisia cerebral, com uso de órteses para os membros...
  • Assistência à saúde da criança com Câncer
  • Assistencia de enfermagem ao paciente com cancer
  • Assistencia de enfermagem ao paciente com cancer
  • Assistência de Enfermagem para Criança com Diarréia
  • assistência de enfermagem para pessoas portadoras de choque
  • Cuidados de enfermagem com crianças portadoras de leucemia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!