Assist Ncia De Enfermagem Ao Queimado

Páginas: 8 (1930 palavras) Publicado: 16 de junho de 2015
EMERGÊNCIA EM QUEIMADOS
Assistência de enfermagem na Emergência

ACADÊMICOS: C.M.S.MORAES; C.B.S.SILVA; E.G.LIMA; J.C.S.FERRO;
M.F.S.CABRAL; N.S.A.BRITO; S.M.S.NUNES;
ORIENTADOR: M.Tyll
OUTOBRO/2009

Queimaduras

DEFINIÇÃO:
o Injúrias causadas quando o corpo recebe mais energia do

que pode absorver;
o Lesões

produzidas nos tecidos de revestimento do

organismo, podendo ter origem térmica,química, elétrica
e radioativa.
o Podem lesar pele, músculos, vasos sanguíneos, nervos e

ossos.

E

têm

incapacitações
mesmo a morte.

o

potencial

temporárias

de
ou

desfigurar,
permanentes

causar
e

até

FISIOPATOLOGIA:
o Aumento de permeabilidade capilar e edema;
o Alterações cardiopulmonares;
o Disfunção renal;
o Choque hipovolêmico (burn shock) e trauma tecidual;
o Hipervolêmia.

Tipos dequeimaduras

QUEIMADURAS TÉRMICAS:
o Exposição ao calor ou por exposição ao frio;
o Quanto ao grau de queimadura, a classificação

se baseia na lesão.

QUEIMADURAS ELÉTRICAS:
o Contato com a eletricidade;
o São difíceis de avaliar, e até mesmo as

lesões
podem

que

parecem

causar

danos

ser

superficiais

profundos

a

músculos e nervos.
o Parada respiratória ou cardiorespiratória,

danosao

SNC

(cefaléia,

perda

de

consciência, convulsões, etc.) e lesões em
órgãos internos.

QUEIMADURAS QUÍMICAS:
o Contato

com

substâncias

tóxicas, normalmente ácidos
ou

bases

fortes,

ou

seus

vapores;
o Há necessidade de cuidados

especiais com os olhos e vias
respiratórias.

QUEIMADURAS POR RADIAÇÃO:
o São resultantes da exposição solar (raios ultravioletas)

ou fontes nucleares. QUEIMADURAS ESPECIAIS
o Piche aquecido;
o Plástico incandescente.

CLASSIFICAÇÃO QUANTO A GRAVIDADE:
o Causa;
o Profundidade;
o Percentual da superfície corporal queimada;
o Associação com outras lesões;
o Comprometimento das vias aéreas.

PROFUNDIDADE:
o QUEIMADURAS DE 1º GRAU: envolvem apenas a camada

superficial da epiderme. A região fica hiperemiada, edemaciada e
muito dolorosa.
• Ex.:queimadura por exposição ao sol.
o TRATAMENTO: hidratantes tópicos.

PROFUNDIDADE:
o QUEIMADURAS DE 2º GRAU: envolvem a epiderme e a derme em graus

variados mas sem atingir o tecido subcutâneo, caracteristicamente há a
formação de bolhas (flictena) e também é bastante dolorosa.


Ex: Escaldadura ou lesão térmica causada por líquido superaquecido.

PROFUNDIDADE:
o QUEIMADURAS DE 3º GRAU: Ultrapassam aderme, atingindo o tecido

subcutâneo, ou até mais profundamente. A área queimada apresenta-se
ressecada e com anestesia pela destruição das terminações nervosas.
Caracteriza-se pelo aparecimento de uma zona de morte tecidual (necrose).
Ao contrário, a área circundante é extremamente dolorosa. Não há
capacidade de regeneração o que faz necessário o uso de enxertia.


Ex.: Lesão direta pelofogo/eletricidade.

PROFUNDIDADE:

1º Grau

2º Grau

3º Grau

PROFUNDIDADE:
o Queimadura Mista: queimaduras de 1º, 2º e 3º graus no

mesmo paciente.

PERCENTUAL DA SUPERFÍCIE CORPORAL
QUEIMADA:
o A extensão da queimadura pode ser estimada pela

Regra dos nove.

REGRA DOS NOVE:
ÁREA

ADULTO

CRIANÇA

Cabeça e Pescoço

9%

18%

Membro superior D

9%

9%

Membro superior E

9%

9%

Tronco anterior18%

18%

Tronco posterior

18%

18%

Genitália

1%

-

Membro inferior D

9%

4,5%

Membro inferior E

9%

4,5%

TABELA DE LUND E BROWDER

COMPROMETIMENTO DAS VIAS AÉREAS:
o A inalação de fumaça é a principal causa de óbito

precoce após a queimadura. A inalação de gazes
superaquecidos pode causar obstrução de vias aéreas.
o As lesões inalatórias podem aparecer nas primeiras 24 a

72

horas

apósa

exposição

ao

agente

Momento em que se iniciam as trocas gasosas.

causador.

COMPLEXIDADE DAS QUEIMADURAS:
o

Pequeno Queimado: 1º grau (qualquer extensão); 2º grau (- 10%
SCQ); 3º grau (-2% SCQ)

o

Médio Queimado:2º grau (entre 10 e 20% SCQ); 3º grau (entre 3 e
5% SCQ)

o

Grande Queimado: 2º grau (+ de 20% SCQ); 3º grau (+ 10% SCQ)

Fatores que aumentar a complexidade:
Idade; Tipo de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • ASSIST NCIA DE ENFERMAGEM AO PACIENTE QUEIMADO
  • SISTEMATIZA O DA ASSIST NCIA EM ENFERMAGEM
  • Assist Ncia De Enfermagem Na Urg Ncia E Emerg Ncia
  • ASPECTOS NUTRICIONAIS DA ASSIST NCIA DE ENFERMAGEM
  • ASSIST NCIA DE ENFERMAGEM HIV AIDS
  • Sistematiza o da Assist ncia de Enfermagem SAE
  • O USO DA M SICA NA ASSIST NCIA DE ENFERMAGEM NO BRASIL
  • Assist ncia de Enfermagem nas Doen as do Aparelho Digest rio

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!