Assistência da enfermagem ao paciente idoso na osteoporose

Páginas: 8 (1885 palavras) Publicado: 19 de janeiro de 2013
INTRODUÇÃO:

A osteoporose é um distúrbio osteometabólico caracterizado por uma redução substancial da densidade de mineral óssea (DMO), desenvolvendo, assim, ossos mais frágeis, ou propensos a fraturas. A doença afeta a maioria dos idosos e, segundo a literatura, no Brasil os casos de osteoporose está aumentando devido ao fato da expectativa de vida da nossa população estar crescendo.
Odesenvolvimento da osteoporose ocorre por um desequilíbrio metabólico do cálcio, causado principalmente por distúrbios hormonais. O osso é formado por uma matriz óssea e por células que forma o tecido conjuntivo ósseo: os osteócitos, osteoblastos e osteoclastos, responsáveis pelas características do tecido ósseo. A matriz óssea é formada por uma parcela orgânica e uma inorgânica, cuja composiçãoapresenta basicamente íons cálcio e fosfato.
Os osteócitos são responsáveis por manterem a integridade da matriz, já que os osteoblastos sintetizam substancias orgânicas como o colágeno, glicoproteína e proteoglicanas. Os osteoclastos atuam na liberação de cálcio na circulação. .
O que controla o equilíbrio entre cálcio mineral e cálcio na corrente sanguínea é a relação hormonal entrecalcitocinina e paratormônio (PTH). A calcitonina é produzida pelas células da tireoide e sua função é impedir a reabsorção de cálcio ósseo, enquanto o seu antagonista, o paratormônio (PTH), produzido pelas células da paratireoide, atuando regulando a reabsorção de cálcio no sangue, através dos rins e no intestino.
Os casos de osteoporose estão intimamente ligados a essa disfunção hormonal e são maisfrequentes em mulheres que fazem uso do tabaco, por consequência os níveis de estrógeno estarão menores na circulação. Consumidores de álcool: onde o etanol afeta a saúde dos ossos. Este trabalho tem como objetivo analisar a assistência prestada ao paciente idoso com osteoporose a partir dos aspectos fisiológico, histológico e bioquímico do envelhecimento ósseo na osteoporose, relacionando assim aatuação do enfermeiro em pacientes acometidos pela doença. Este trabalho tem como objetivo analisar a assistência prestada ao paciente idoso com osteoporose a partir dos aspectos fisiológico, histológico e bioquímico do envelhecimento ósseo na osteoporose, relacionando assim a atuação do enfermeiro em pacientes acometidos pela doença.


COMPOSIÇÃO ÓSSEA:

De acordo com Gyton e Hall (1998) o osso écomposto por uma resistente matriz orgânica que é muito fortalecida por depósitos de sais de cálcio, e o osso compactado possui 30% de matriz e 70% de sais, porem, o osso recém formado pode ter porcentagem consideravelmente maior de matriz em relação aos sais.
Por sua vez a firmam ainda que a matriz orgânica do osso consiste de 90% a 95% de fibras colágenas, sendo o restante constituído pormeio de uma gelatinosa homogênea substancia fundamental, e que as fibras colágenas estendem-se prematuramente ao longo das linhas de tensão e conferem ao osso sua poderosa força tensil. Gyton e Hall (2002).

MANIFESTAÇÕES CLINICAS:

Segundo FREITAS (2006), é uma desordem esquelética crônica e progressiva, de origem multifatorial, que acomete as pessoas idosas tanto homens quanto mulheres,principalmente após a menopausa. caracteriza-se por resistência óssea comprometida, predispondo a um aumento do risco de fraturas, dor, deformidade e incapacidade física. A resistência reflete a integração entre densidade óssea e qualidade óssea, que por sua vez é determinada por vários fatores: microarquitetura trabecular interna, taxa de remodelamento ósseo, microarquiteturas, acumulo de microdanos, grau de mineralização e qualidade da matriz. É comum conceituar OP como sendo sempre o resultados de perda óssea. Entretanto, uma pessoa que não alcançou seu pico máximo durante a infância e a adolescência, por desnutrição ou anorexia nervosa, por exemplo, pode desenvolver OP sem ocorrência da perda óssea acelerada. Portanto, otimizar o pico de massa óssea na infância e adolescência é...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Assistencia de enfermagem ao paciente politraumatizado
  • Assistencia de enfermagem ao paciente mastectomizado
  • Assistência de enfermagem paciente com asma
  • Assistencia de enfermagem em pacientes queimados
  • Assistência de enfermagem ao paciente politraumatizado
  • Assistência de enfermagem ao paciente queimado
  • Assistencia de enfermagem ao paciente com cancer
  • ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A PACIENTE COM FIBRILAÇÃO

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!