Asma Brônquica

Páginas: 10 (2460 palavras) Publicado: 21 de abril de 2014

Acadêmicos : Ana Karolina Goes, Eduardo Roberto Hartmann dos Santos, Felipe Vicente Sonza Renosto, Flavio Augusto Vieiro, Marcieli Correia, Paulo Henrique Pedroso Magagnin.
Curso: Farmácia 3º Período
Disciplina: Fisiologia
Professor: Jardel Cristiano Bordignon








Trabalho de Fisiologia








26 de Março de 2014, Palmas-Paraná
Introdução
A asma é uma doençainflamatória caracterizada por episódios reversíveis de broncospasmo, associada a hiperreactividade brônquica exagerada para vários estímulos. A asma brônquica a nível mundial afecta mais de 150 milhões de pessoas.

O controle da asma depende do médico que assiste ao doente asmático e da capacidade do doente para lidar física, e mesmo psicologicamente com a doença. Existe uma elevada prevalência desintomas psicológicos e psicossomáticos entre doentes asmáticos que reforçam a necessidade de uma abordagem holística visando alcançar o bem-estar pleno destas pessoas.

Por sua vez, o doente deverá ter boa informação sobre a sua doença e a forma de lidar com ela, particularmente durante as exacerbações.

Infelizmente, aproximadamente três a quartos dos doentes não têm a sua asma devidamentecontrolada.


















Asma Brônquica
Definição
A asma é uma doença caracterizada pela inflamação crônica das vias aéreas, na qual participam particularmente mastócitos, eosinófilos e linfócitos T. Em indivíduos suscetíveis, está inflamação causa episódios recorrentes de broncoespasmos, dispnéia, opressão torácica e tose predominantemente noturna ou no inicio da manhã.Estes sintomas são invariavelmente associados a limitação generalizada do fluxo aéreo que pode reverter-se espontaneamente ou sob tratamento. A inflamação esta relacionada também a hipersensibilidade brônquica a vários estímulos alérgicos e não alérgicos. Seu curso clinico é caracterizado por exacerbações e remissões.
Características
A asma brônquica é uma doença crônica mais comum em paísesindustrializados, é a doença crônica mais comum em crianças e jovens. Estima-se que em todo o mundo haja mais de 300 milhões de pessoas com a patologia.

A maior parte dos autores não consideram a asma como uma simples doença, mais sim como uma síndrome, isto é um conjunto de sintomas de diferentes etiologias, e com efeitos diversos.

A asma é uma patologia definida pelas suas característicasclinicas, fisiológicas e patológicas. O principal aspecto fisiológico da asma é a obstrução episódica reversível das vias aeres, caracterizada pela limitação do volume do ar expirado. A característica dominante é a inflamação das vias aéreas inferiores por vez associadas a alterações estruturais das mesmas.
Diagnóstico da asma
O diagnóstico da asma é feito pelo médico, que usa a história clínicados sintomas e desencadeantes para iniciar uma investigação e descartar outras doenças. Após o exame físico, pode ser necessária a solicitação de exames complementares, os mais comuns são.
-Espirometria: teste usado para medir a dilatação dos brônquios medindo a quantidade de ar que uma pessoa consegue exalar após uma inspiração profunda, e além de medir qual a velocidade da expiração. -Medidor do pico do fluxo expiratório ou peak flow. Um aparelho de peak flow mede de forma simples o pico de ar expirado. Inclusive pode ser usado em casa para melhorar o acompanhamento da asma, caso o médico recomende.
-O diagnóstico é feito baseado nos sinais e sintomas que surgem de maneira repetida e que são referidos pelo paciente.
-No exame físico, o médico poderá constatar a sibilância nospulmões, principalmente nas exacerbações da doença. Contudo, nem toda sibilância é devido à asma, podendo também ser causada por outras doenças. Todavia, nos indivíduos que estão fora de crise, o exame físico poderá ser completamente normal.
-Existem exames complementares que podem auxiliar o médico, dentre eles estão: a radiografia do tórax, exames de sangue e de pele (para constatar se o paciente...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Asma bronquica
  • Asma Brônquica
  • Asma Bronquica
  • asma bronquica
  • Asma Bronquica
  • Asma bronquica
  • Asma Bronquica Broncodilatadores Beta agonistas
  • Atuação do enfermeiro como orientador na prevenção da asma bronquica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!