As tranças de bintou

Páginas: 17 (4130 palavras) Publicado: 19 de outubro de 2012
DESAFIO DA EDUCAÇÃO DE CRIANÇAS DE ZERO A CINCO ANOS NA SOCIEDADE DO CONHECIMENTO
ROSMANN, Márcia Adriana1
1 Licenciada em Pedagogia pela Universidade de Cruz Alta – UNICRUZ; Mestre em Educação pela Universidade de Passo Fundo – UPF; Pedagoga Supervisão Escolar no IFRS – Campus Sertão; marcia.rosmann@sertao.ifrs.edu.br
Introdução: o contexto da sociedade atual
Nesse novo contexto social,a prática pedagógica na Educação Infantil torna-se um grande e importante desafio. Talvez uma das alternativas para atender de forma criativa, e levar o pequeno aluno ao desenvolvimento de sua identidade e autonomia, seja a construção por meio da ação coletiva, atendo-se à necessidade de uma atitude pedagógica em buscar e construir, em termos da complementaridade dos saberes e das ciências em facedas mudanças que ocorrem tão rapidamente na sociedade e que são merecedoras de novos olhares.
A prática pedagógica passa a ter um significado diferente, ou um novo sentido, quando é objeto de reflexão. A intervenção do professor pesquisador passa a ser um diferencial na condução do processo educacional, uma vez que pode ser uma maneira de tornar a ação escolar mais dinâmica e oensino-aprendizagem, um processo que faz sentido, tanto para o professor quanto para o aluno, pois o ensino só terá verdadeiramente sentido se houver significativa aprendizagem. Portanto, esse texto é fruto de pesquisa bibliográfica e de reflexão crítica a cerca da própria prática pedagógica na escola de Educação Infantil.
Sabemos que a criança cresce em conhecimento por meio de trocas, portanto, o professor sótem a ganhar quando se prontifica, a buscar novos saberes em processo coletivo de investigação ação. É preciso discutir sobre onde queremos chegar? O que querermos construir? Para onde vamos andar? Quem vamos educar e para quê?
A educação da criança pequena nesse novo contexto
Diante da crescente complexidade do mundo atual, cada vez mais a prática pedagógica precisa se constituir a partir dareflexão, visto que “... à medida que o professor reflete sobre sua ação, sobre sua prática, sua compreensão se amplia, ocorrendo análises críticas reestruturação e incorporação de novos conhecimentos, que poderão restaurar o significado e a escolha de ações posteriores” (Geraldi, et. all. 1998, p. 256).
Muitos estudos vêm sendo realizados ao longo dos tempos e argumentados pela ciência epensadores da educação ao investigarem o processo de desenvolvimento da criança e perceberem que a inteligência se forma a partir do nascimento e se estende ao longo da infância. Nesse sentido, quanto mais estímulo e experiências as crianças receberem, maiores serão suas conquistas e capacidades de desenvolver-se integralmente e tornarem-se cidadãos críticos e atuantes na sociedade, desmistificando avisão de “criança objeto” ou “adulto em miniatura”, percebendo-a enquanto sujeito de direitos, cuja escola não mais ofereça uma educação pobre para crianças pobres.
Pensar educação infantil hoje requer, do profissional envolvido, uma visão histórica abrangente sobre as mudanças que vêm ocorrendo na sociedade como um todo. Se por um lado a criança passou a ser reconhecida como um ser diferenciadodo adulto, com característica singular própria, capaz de realizar determinadas tarefas e autorealizar-se enquanto sujeito independente, autônomo e criativo, por outro, a própria sociedade impõe-lhe, muitas vezes, tarefas e responsabilidades outras, privando-a de brincar e até mesmo de ser criança.
Sob a determinação do capitalismo, cujo desenvolvimento visa à produtividade, ao cálculo, àeficácia e ao lucro, a vida de todos os cidadãos passa a ser dirigida de acordo com as regras do mercado e da competição. Neste contexto, também a criança passa a ser vista como um recurso de produção e reprodução de capital. Em muitos momentos ela passa a ser explorada como mão-de-obra barata ou como meio de incentivo ao consumo.
Essas situações nos remetem à idéia de que a criança não mais está...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • TRANÇAS DE BINTOU
  • As tranças de bintou
  • Trancas de bintou
  • Tranças de bintou
  • As tranças de bintou
  • As tranças de bintou
  • Tranças bintou
  • As tranças bintou

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!