As principais ideias de Michel Foucault

Páginas: 5 (1143 palavras) Publicado: 5 de novembro de 2014
As Pricipais idéias de Michel Foucalt
Micheal Foucalt foi um filósofo, estudioso de arquivos históricos, teórico social, crítico literário e criador de estudos e pesquisas, as quais denominou como arqueologia e genealogia dos saberes
Foi um grande crítico das relações entre os indivíduos e sociedades com o trinômio Poder-Controle- Saber.
Para uma melhor compreensão da obras e ideias deFoucalt é interessante analisar a influência de Friederich Nietzsche em seu trabalho, principalmente a partir do livro o Nascimento da Tragédia. Nele Nietzsche critica a preponderância do pensamento socrático na sociedade moderna. A crítica de uma razão que é implicitamente determinista e restritiva, onde o conhecimento é articulado a uma ordem que leva a redução, a classificação excessiva e ageneralização, o pensador mostra que o conhecimento não é intrínseco ao homem e sim construído com uma tentativa de dominar o universo que cerca o ser humano. Tal imposição dos saberes como forma de justificar o controle é um dos pontos constantes da obra de Michel Foucalt.
Outro ponto que merece ser destacado para o melhor entendimento das ideias de Foucalt com base no conhecimento das obras deNietzsche é entender que não há uma busca de linearidade na produção e difusão do conhecimento. Não se pode compreender as ideias de Foucalt por uma lógica cartesiana de pensamento.
Tomando como ponto de partida a crítica dos saberes estabelecidos, Foucalt foi um grande crítico do exercício do poder através do controle implícito social, através de instituições humanas. Pois esse exercício de poder eradiluído, não havendo assim um poder centralizado, de modo que as ferramentas de controle e suas justificativas teóricas eram aplicadas de forma micro na sociedade e nos indivíduos, muitas vezes localizada e pontual.
Há um apontamento onde essas formas de controle e aplicação do poder tornam-se mais sutis e eficazes, que refere-se a transição de uma sociedade disciplinar; onde o que regia aquestão social eram as normas , as condutas e as regras, claramente impostas pelo estado, este ente direto e mais identificável de forma uniforme e rígida. Nessa transição de uma sociedade disciplinar, onde a imposição sobre os corpos estava mais em função ao ser humano, enquanto massa social do que como indivíduo. Onde o poder sobre a determinação da morte era maior que a vida, numa sociedade em que aaliança por sobrevivência era mais importante que as escolhas puramente individuais e ligada a gostos e prazeres, numa sociedade onde um referencial para disciplina é a fábrica e suas relações de espaço e comportamento com o indivíduo. Para uma sociedade de controle onde a valorização do individuo é vista como forma de manutenção do processo de produção e consumo imediato, onde o controle doscorpos incide sobre a manutenção da vida, onde qualquer forma de controle vai buscar nos saberes da ciência justificativa para as suas ações, onde as relaçãoes se pautam mais por questões de escolhas individuais do que a manutenção do grup, onde há uma solução racional para todos os males , mesmo aqueles gerados pelo próprio conhecimento e onde o referêncial é a velocidade, o comportamento que asempresa impõe.

Existe varias formas de exercício de aplicação de poder através do controle e da justificação dos saberes, essas formas contribuem para tornar o individuo manso, servil , produtor e consumidor para manter de forma dinâmica esse contexto social em que ele se insere. Essas formas podem variar desde o controle dos corpos através do prolongamento da vida e da normalização dosimpulsos sexuais, a influência através dos saberes consolidados das instituições, através da forma e do conteúdo do espaço social e geográfico construído pelo homem e pela transformação de um poder direto em uma forma de micropoder que é espalhado e localizado.
Quando fala-se de corpos o fato de saberes e conhecimentos ajudarem na manutenção e prolongamento da vida, cria situações onde os...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Michel Foucault
  • Michel Foucault
  • Michel foucault
  • Michel Foucault
  • Michel Foucault
  • MICHEL FOUCAULT
  • Michel Foucault
  • Michel Foucault

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!