As possíveis causas que dificultam o processo de ensino e aprendizagem nos alunos com deficiência intelectual.

Páginas: 11 (2619 palavras) Publicado: 30 de outubro de 2013
As possíveis causas que dificultam o processo de ensino e aprendizagem
nos alunos com deficiência intelectual.
Miquele Romano Paez - UNESP
Celso Socorro Oliveira - UNESP
Eixo 14 - Práticas de inclusão escolar
Pôster
Resumo: Essa é uma pesquisa que visa detectar algumas causas das
dificuldades que os docentes encontram em ensinar conteúdos das áreas de
formação básica para o estudante comdeficiência intelectual (DI) que estão
inseridos em escolas regulares de educação básica. Para a realização da
pesquisa, foram analisados livros e artigos, que apontam a importância da
inserção do estudante com deficiência na escola e que para isso é necessário
mudanças no paradigma atual de educação (MANTON, 2003), a utilização de
material didático, natural, pedagógico, tecnológico ecultural (CERQUEIRA e
FERREIRA 2000) que enriquece o ensino de um estudante com deficiência
cognitiva e o estudo do conceito de ensino e sua relação com processo ensino
aprendizagem, relacionado com o comportamento dos professores e dos
alunos, (BOTOMÉ e KUBO, 2001). Para identificar algumas das dificuldades
encontradas pelos docentes, será realizado um questionário, que deverá ser
respondido porprofessores de educação básica de escolas regulares, e
observações de práticas de sala de aula, os resultados serão analisados á luz
da teoria comportamental. A pesquisa esta em desenvolvimento, os dados
obtidos e examinados são a partir do referencial teórico, onde foi constatada a
importância de incluir em escolas regulares estudantes com deficiência e que
para isso é necessidade de terinvestimento nos profissionais e nos recursos
para que esse estudante seja atendido com maior eficiência.
Palavras chaves: formação básica, deficiência intelectual, Análise do
Comportamento.
Introdução

Para analisar a inclusão escolar, deve-se realizar uma analise funcional,
ou seja, de acordo com Costa e Marinho (2002), identificar as variáveis do
comportamento como as relações relevantescontroláveis, causais e funcionais
que podem ser aplicadas em um conjunto de comportamentos para um
individuo especifico.
Uma criança com deficiência, qualquer que for, físico, motora,
intelectual, múltipla, etc., é uma criança como outra qualquer, que passa pelo
processo de desenvolvimento como todas as crianças. Em um indivíduo com

deficiência esse processo pode ser mais devagar, ainda seassociado com
alguma debilidade físico, motora ou neurológica. Diante dessa circunstância é
importante

analisar

o

comportamento

da

criança

durante

o

seu

desenvolvimento.
No entanto a criança com deficiência até os últimos anos era tratada,
desde o convívio familiar até a inserção na sociedade, com muito cuidado e
atenção, voltados para sua saúde. Deixando emsegundo plano o
desenvolvimento intelectual. Não se tinha noção do quanto é importante o
desenvolvimento intelectual.
Atualmente estão sendo desenvolvidos diversos trabalhos na área, que
estão

possibilitando

uma

mudança

nessa

visão,

hoje

estão

sendo

desenvolvidos diversos estudos focados na deficiência intelectual. (OMOTE,
2003).
Omote (2003) afirma que os estudos estãosendo voltados ao deficiente
em si, ignorando questões envolvidas com a realidade social, como se a
sociedade que tornasse o individuo deficiente. A inclusão escolar, desse
indivíduo, em especial o DI, segundo o autor, trouxe uma nova oportunidade de
visão e análise, levando em paralelo o fato de a criança ser deficiente e estar
em um meio social que aceite e reconheça isso.
Ou seja, odesenvolvimento intelectual e social acontece de melhor
maneira a partir do momento em que a criança com DI é inserida em uma
instituição de ensino regular em convivo com outras crianças, não deficientes, e
com conteúdos iguais.
De acordo com Omote (2003), há programas voltados à atividade de
vida diária (AVD), que visam à autonomia, habilidades motoras, que também
devem tratar de questões como...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!