As contribuições do pedagogo em ambiente não escolar:

Páginas: 59 (14664 palavras) Publicado: 17 de março de 2013
FACULDADE EVANGÉLICA DO PIAUÍ – FAEPI
LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA

DOIVIANE DOS SANTOS LEITE

AS CONTRIBUIÇÕES DO PEDAGOGO EM AMBIENTE NÃO ESCOLAR:
UMA ABORDAGEM NO LAR FREDERICO OZANAN EM TERESINA-PI

TERESINA-PI
DEZEMBRO-2012

DOIVIANE DOS SANTOS LEITE

AS CONTRIBUIÇÕES DO PEDAGOGO EM AMBIENTE NÃO ESCOLAR:
UMA ABORDAGEM NO LAR FREDERICO OZANAN EM TERESINA-PI

Monografiaapresentada à Coordenação do Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia da Faculdade Evangélica do Piauí – FAEPI como requisito parcial para a obtenção de título de graduada em Pedagogia.

Orientador: Prof. Esp. Edimar Campelo de Araújo.

TERESINA-PI
DEZEMBRO-2012

DOIVIANE DOS SANTOS LEITE

AS CONTRIBUIÇÕES DO PEDAGOGO EM AMBIENTE NÃO ESCOLAR:
UMA ABORDAGEM NO LAR FREDERICO OZANAN EMTERESINA-PI

Monografia apresentada à Coordenação do curso de Licenciatura Plena em Pedagogia da Faculdade Evangélica de Piauí, como requisito parcial para a obtenção do título de Graduada em Pedagogia.

Teresina, _____ de ________________ de ____________.

__________________________________________________
Prof. Esp. Edimar Campelo de Araújo.
Orientador___________________________________________________
Examinador (a)

______________________________________________________
Examinador (a)

Dedico este trabalho a Deus por me proporcionar a capacidade de desenvolver essa pesquisa com êxito. E a todos que, de alguma forma colaborou, apoiou, incentivou e contribuiu para meu crescimento pessoal e acadêmico, afim de que eu pudesse chegar até aqui.

AGRADECIMENTOSPrimeiramente a Deus, pois sem Ele, nada seria possível.
A todos os meus professores que me acompanharam durante a graduação, pois o período que envolve a realização do trabalho de conclusão de curso não se resume ao último ano de graduação, mas sim a todo o caminho que se percorre durante a formação.
Em especial, só tenho flores para dar a: ao Prof° e Orientador Edimar Campelo de Araújo, pelaatenção, perseverança e dedicação exemplares que inspiraram minha prática. Durante este percurso, aprendi muito com suas aulas, conversas e sugestões.
As amigas, Josileide Noleto e Luísa Teixeira, que fizeram com que a verdadeira amizade demonstrada seja de fato o diferencial na relação interpessoal.
Ao meu mais jovem amigo, Anderson dos Anjos Oliveira e a amiga Rosineide Narciso, quetransformaram as difíceis situações em desafios para serem superados com determinação e aprendizado.
E a José pela atenção e apoio nos momentos difíceis que envolveram a realização deste trabalho. A você, o meu muito obrigado!
E o que dizer de você, André C. Leite? Obrigado pela paciência, pelo incentivo, pela força, pelo carinho.
Valeu a pena toda distância, todo sofrimento, todas as renúncias emfamília durante estes quatro anos... Valeu a pena esperar... Hoje estamos colhendo, juntos, os frutos do nosso empenho!
Esta vitória, amado esposo, é nossa!

“Quando a velhice chegar, aceita-a, ama-a . Ela é abundante em prazeres se souberes amá-la. Os anos que vão gradualmente declinando estão entre os mais doces da vida de um homem, Mesmo quando tenhas alcançado o limite extremo dos aos, estesainda reservam prazeres”.

(SÊNECA)

LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS

CC: Código Civil
CF: Constituição Federal
CREAS: Centro de Referência Especializado de Assistência Social
IBGE: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
INAMPS: Instituto Nacional de Previdência Social
INSS: Instituto Nacional de Seguridade Social
LOAS: Organização da AssistênciaSocial
MP: Ministério Público
OMS: Organização Mundial de Saúde
PNI: Política Nacional do Idoso
SUDS: Sistema Unificado e Descentralizado de Saúde
SUS: Sistema Único de Saúde

RESUMO

Sabe-se que no Brasil, país até então considerado jovem, vem tendo cada vez mais idosos em seu corpo social. Assim sendo, a Pedagogia se preocupa em organizar as ações...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A função do pedagogo no ambiente nao escolar
  • Ambientes Escolares e Ambientes não Escolares
  • O pedagogo nos espaços nao escolares
  • Pedagogo em espaços não escolares
  • O pedagogo em espaços não escolares
  • Pedagogo no espaço não escolar
  • Pedagogos em espacos nao-escolares
  • A INFLUÊNCIA DO PEDAGOGO FORA DO AMBIENTE ESCOLAR

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!