As Cegueiras do Conhecimento - O Erro e a Ilusão - Edgar Morin

Páginas: 18 (4456 palavras) Publicado: 5 de agosto de 2013
18
TEXTO 3
AS CEGUEIRAS DO CONHECIMENTO:O ERRO E A ILUSÃO
(Edgar Morin)
MORIN, E. Os sete saberes necessários à educação do futuro. São Paulo, SP: Cortez; Brasilía, DF:
UNESCO, 2000

Todo conhecimento comporta o risco do erro e da ilusão. A educação do futuro deve enfrentar o
problema de dupla face do erro e da ilusão, O maior erro seria subestimar o problema do erro; a maior
ilusãoseria subestimar o problema da ilusão. O reconhecimento do erro e da ilusão é ainda mais difícil,
porque o erro e a ilusão não se reconhecem, em absoluto, como tais.
Erro e ilusão parasitam a mente humana desde o aparecimento do Homo sapiens. Quando
consideramos o passado, inclusive o recente, sentimos que foi dominado por inúmeros erros e ilusões.
Marx e Engels enunciaram justamente em Aideologia alemã que os homens sempre elaboraram falsas
concepções de si próprios, do que fazem, do que devem fazer, do mundo onde vivem. Mas nem Marx nem
Engels escaparam destes erros.
1.0 CALCANHAR-DE-AQUILES DO CONHECIMENTO
A educação deve mostrar que não há conhecimento que não esteja, em algum grau, ameaçado pelo
erro e pela ilusão.
A teoria da informação mostra que existe o risco do erro sob oefeito de perturbações aleatórias ou
de ruídos (noise), em qualquer transmissão de informação, em qualquer comunicação de mensagem.
O conhecimento não é um espelho das coisas ou do mundo externo. Todas as percepções são, ao
mesmo tempo, traduções e reconstruções cerebrais com base em estímulos ou sinais captados e
codificados pelos sentidos. Daí resultam, sabemos bem, os inúmeros erros depercepção que nos vêm de
nosso sentido mais confiável, o da visão. Ao erro de percepção acrescenta-se o erro intelectual, O
conhecimento, sob forma de palavra, de idéia, de teoria, é o fruto de uma tradução/reconstrução por meio
da linguagem e do pensamento e, por conseguinte, está sujeito ao erro. Este conhecimento, ao mesmo
tempo tradução e reconstrução, comporta a interpretação, o que introduzo risco do erro na subjetividade
do conhecedor, de sua visão do mundo e de seus princípios de conhecimento. Daí os numerosos erros de
concepção e de idéias que sobrevêm a despeito de nossos controles racionais. A projeção de nossos
desejos ou de nossos medos e as perturbações mentais trazidas por nossas emoções multiplicam os riscos
de erro.
Poder-se-ia crer na possibilidade de eliminar orisco de erro, recalcando toda afetividade. De fato, o
sentimento, a raiva, o amor e a amizade podem-nos cegar. Mas é preciso dizer que já no mundo mamífero
e, sobretudo, no mundo humano, o desenvolvimento da inteligência é inseparável do mundo da
afetividade, isto é, da curiosidade, da paixão, que, por sua vez, são a mola da pesquisa filosófica ou
científica. A afetividade pode asfixiar oconhecimento, mas pode também fortalecê-lo. Há estreita relação
entre inteligência e afetividade: a faculdade de raciocinar pode ser diminuída, ou mesmo destruída, pelo
déficit de emoção; o enfraquecimento da capacidade de reagir emocionalmente pode mesmo estar na raiz
de comportamentos irracionais.

19
Portanto, não há um estágio superior da razão dominante da emoção, mas um eixo intelecto-afetoe, de certa maneira, a capacidade de emoções é indispensável ao estabelecimento de comportamentos
racionais.
O desenvolvimento do conhecimento científico é poderoso meio de detecção dos erros e de luta
contra as ilusões. Entretanto, os paradigmas que controlam a ciência podem desenvolver ilusões, e
nenhuma teoria científica está imune para sempre contra o erro. Além disso, o conhecimentocientífico não
pode tratar sozinho dos problemas epistemológicos, filosóficos e éticos.
A educação deve-se dedicar, por conseguinte, à identificação da origem de erros, ilusões e
cegueiras.
1.1

Os erros mentais

Nenhum dispositivo cerebral permite distinguir a alucinação da percepção, o sonho da vigília, o
imaginário do real, o subjetivo do objetivo.
A importância da fantasia e do...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Erro e ilusão de edgar morin
  • Os erros e as cegueiras do Conhecimento
  • RESUMO DOS PRINCIPAIS CONCEITOS ENTRE O FILME: PRO DIA NASCER FELIZ E O TEXTO AS CEGUEIRAS DO CONHECIMENTO DE EDGAR MORIN Trabalho
  • Edgar morin
  • Edgar morin
  • Edgar Morin
  • Edgar Morin
  • Edgar Morin

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!