As características dos seguintes modos de produção: fordismo, taylorismo, keynesianismo:

Páginas: 5 (1234 palavras) Publicado: 1 de outubro de 2012
As Características dos seguintes modos de produção: Fordismo, Taylorismo, Keynesianismo:

A partir da segunda metade do século XX iniciaram-se intensos debates, os quais se discutiam do processo de trabalho ao tipo de educação para o trabalho, ou seja, as transformações do “mundo do trabalho” a partir de suas caracterizações na produção. Logo, é nesse período que se desenvolveram tecnologiasque revolucionaram o modelo de indústria, a indústria metal- mecânica a robótica.
Contudo, a partir dessa ampliação tecnológica existiu a necessidade de desenvolver métodos de produção, os quais servem para o avanço das forças produtivas e os modelos para formação/qualificação da classe operária. Assim, sendo desenvolvidos métodos de controle do processo de trabalho para acrescentar a dinâmica deacumulação do capital, como o fordismo, o taylorismo e o keynesianismo.

Fordismo:
Os princípios fordistas foram gerados logo após a Primeira Guerra Mundial, pois demandou uma expansão da produção industrial, forçando a criação de novas racionalizações dos processos produtivos que propiciassem a produção em série. Este modelo de organização do trabalho foi desenvolvido pelo norte- americanoHerry Ford, em 1914, para sua indústria de automóvel, que seria a sistematização do trabalho mecanizado, com padronização de uma linha de montagem. Tendo como principal objetivo reduzir os custos de produção, barateando o produto.
O fordismo baseou-se destas mudanças no interior da fabrica, com inovações de base técnica e organizacionais, quanto na promoção de mudanças sociais, como idealização danecessidade dos meios que o mercado dispõe para garantia de sua reprodução e satisfação. Ele foi o sistema de produção que mais se desenvolveu no século XX, sendo responsável pela produção em massa de mercadorias das mais diversas espécies. O modelo buscou alterar e construir um meio ambiente que lhe seja favorável, que permita a realização de um determinado projeto econômico. Assim, para ostrabalhadores ele gerou alguns problemas como, trabalho repetitivo e desgastante, além da falta de visão geral sobre todas as etapas de produção e baixa qualificação profissional.
Entretanto, ele não se limitou apenas aos espaços produtivos, mas buscou construir novas relações, novos padrões de consumo e de valores sociais que possam dar sustentação a um determinado "modo de produzir" no interior dafábrica.
O projeto fordista de consumo de massa ataca a organização do cotidiano operário não apenas nos seus hábitos de consumo de mercadorias, mas também nas formas e modos de consumir seu tempo livre, nas relações familiares e sexuais acentuando o valor "moral" do trabalho como elemento disciplinador e organizativo da sociedade, atingindo a própria cultura operária.
Desta forma, o modelofordista estabeleceu um novo patamar para o surgimento de empresas, uma vez que se volta à produção de grandes lotes de mercadorias, o montante de investimentos necessários para se abrir e manter uma planta produtiva impõe limites quanto ao tipo de indivíduo que pode vir a se tornar empresário, favorecendo uma maior articulação entre o capital financeiro e o capital produtivo.
Na década de 1980, ofordismo entrou em declínio com o surgimento de novos sistemas de produções.

Taylorismo:
Os princípios taylorista são a partir da concepção de produção, baseada em um método científico de organização do trabalho, desenvolvida pelo engenheiro americano Frederick W. Taylor.
O projeto desenvolvido por Taylor, no início do século, busca responder ao desafio maior com o qual se defrontava ocapitalismo americano, impondo limites à sua expansão e consolidação. A escassez de mão-de-obra qualificada e a "indisciplina" dos trabalhadores, normalmente estavam envolvidos na participação em movimentos políticos, eram fatores tidos como grandes obstáculos ao movimento de acumulação do capital.
A configuração do meio ambiente externo à empresa exercia, portanto, um papel fortemente determinante,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • o MODO DE PRODUÇÃO CAPITALISTA/FORDISMO E KEYNESIANISMO
  • CARACTERÍSTICAS DOS SISTEMAS DE PRODUÇÃO: FORDISMO, TAYLORISMO, E TOYOTISMO
  • Taylorismo Fordismo e Produção flexivel
  • Modelos de produção. Fordismo, Taylorismo e Toyotismo.
  • Sistemas de produção (Fordismo, Toyotismo e Taylorismo)
  • Métodos de produção industrial: taylorismo, fordismo e toyotismo
  • Fordismo / keynesianismo
  • O trabalho e as formas de produção do taylorismo/fordismo e do toyotismo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!