Artigo

Páginas: 15 (3644 palavras) Publicado: 29 de abril de 2013
INSTITUTO PRÓ SABER

ANAIDE MEIRELES DE OLIVEIRA

ALFABETIZAÇÃO:
UM OLHAR REFLEXIVO A CERCA DA PRÁTICA DOCENTE



Biritinga2013

ANAIDE MEIRELES DE OLIVEIRA

ALFABETIZAÇÃO:
UM OLHAR REFLEXIVO A CERCA DA PRÁTICA DOCENTE

Artigo Científico apresentado ao Instituto Pró Saber, Como requisito parcial obrigatório para a conclusão doCurso de Pós-Graduação de Gestão Escolar.

Orientador: Prof(a) Wagner Reis

Biritinga
2013



RESUMO

O presente trabalho ressalta a necessidade de um olhar histórico sobre aalfabetização escolar no Brasil, que nos revela uma trajetória de sucessivas mudanças conceituais e conseqüentemente metodológicas, assim, é apresentado como objetivo principal o de refletir como os professores compreendem o processo de alfabetização. Nossos objetivos específicos foram identificar as principais dificuldades vivenciadas pelos professores de Educação Infantil acerca da alfabetização;compreender a concepção de alfabetização sistematizada pelos estudantes da Educação Infantil; analisar como os professores de Educação Infantil compreende o processo de alfabetização; apontar novas reflexões sobre o processo de alfabetização. Para desenvolver esse estudo realizamos uma pesquisa bibliográfica. E para fundamentar o meu estudo trabalhei com o referencial teórico de autores como: EmiliaFerreiro, Magda Soares, Paulo Freire, Antonio Nóvoa. Os dados foram agrupados em categorias de acordo com os temas emergentes. Assim identifiquei três categorias de analise: compreensão do processo de alfabetização; percepção sobre a formação docente; dificuldades do processo de alfabetização. O resultado desse trabalho me proporcionou refletir sobre a necessidade de políticas públicas de formaçãocontinuada para os professores alfabetizadores é preciso, pois, que sejam oportunizadas condições para a formação que o atual contexto histórico social exige do professor: um profissional reflexivo, que saiba inovar e tomar decisões, que desenvolva o “saber fazer” e a compreensão do “para que fazer”.

Palavras - chave: Formação continuada – Professor alfabetizador – Alfabetização

INTRODUÇÃOAo longo de décadas a alfabetização tem sido uma questão bastante discutida entre os professores, em especial, de educação básica e estudiosos da área, já que a as mesmas dificuldades vêm se perpetuando nas práticas docente daqueles que atuam nas classes de alfabetização, assim como as reprovações, a evasão, o abandono escolar, a falta de apoio pedagógico e de material didático.
Sabe-se quealfabetizar em sua essência é ensinar alguém a ler, ou seja, a decifrar a escrita, na alfabetização, a leitura como definição é o objetivo maior a ser atingido e quanto mais consciente estiver o professor de como se dá o processo de aquisição do conhecimento, como a criança se situa em termos do desenvolvimento emocional, de como vem evoluindo o seu processo de interação social na natureza darealidade de lingüística, envolvida no momento em que está acontecendo a alfabetização, mais condições terá este docente em encaminhar de forma agradável e produtiva esse árduo processo.
Nos últimos anos o processo de alfabetização ficou ancorado a tantas atividades inúteis que o tempo necessário de aprender a ler (e a escrever) se deturpou demais. O que poderia ser feito num semestre passou a ser...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Artigo
  • Artigo
  • artigo
  • ARTIGO
  • artigo
  • ARTIGO
  • Artigo
  • ARtigo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!