artigo etica

Páginas: 8 (1776 palavras) Publicado: 13 de dezembro de 2013

FUNDAMENTAÇÃO DA METAFISICA DOS COSTUMES, SEGUNDA SEÇÃO: TRANSIÇÃO DA FILOSOFIA POPULAR A METAFISICA DOS COSTUMES


Elizabeth Pires



RESUMO:


Immanuel Kant desenvolve a filosofia moral em três obras: Fundamentação da metafísica dos Costumes (1785), Críticada Razão Pratica (1788) e a Critica do Juízo (1790). na sua Fundamentação da metafísica dos costumes apresenta sua teoria sobre uma obrigação moral a qual explica todas as outras obrigações morais, onde toda a ação humana deve se submeter: O Imperativo Categórico. Aqui ele pretende estabelecer as condições de uma Lei Moral Universal orientando a ação do homem emancipado que manifesta suaautonomia a partir da razão pura pratica. Kant desenvolve seu texto dividindo-o em quaro partes: prólogo, Primeira seção: Transição do conhecimento moral da razão comum para o conhecimento filosófico, Segunda seção: Transição da filosofia moral popular para a metafísica dos costumes, e Terceira seção: Transição da Metafisica dos Costumes para a critica da razão pratica pura. O presente artigo trata-se deuma análise da segunda seção, onde ele procurará demostrar a existência de uma lei objetiva que garanta o cumprimento do dever sem que a vontade se oriente pelos efeitos da ação.



Palavras – chave: Razão, moralidade, Vontade, Metafisica







Introdução


Na Obra “Fundamentação da Metafisica dos Costumes” Kant pretende estabelecer condições de uma Lei Moral Universal. Para elequando a ação humana puder ser elevada a condição de universalmente aceita, pode se tornar uma lei moral. Dessa forma deve ser observada por todos. O que distingue o homem dos outros seres da natureza é a Razão, sendo está o meio pelo qual o homem manifesta a sua autonomia. Kant também se refere ao conceito de moralidade procurando identificar uma filosofia pura moral, que se desvincule docaráter particular e contingente da ação moral, vista a partir da relação do homem com o mundo, e consiga exprimir uma necessidade lógica absoluta com uma validade universal. Essas leis morais se diferenciam de tudo que seja empírico. Ela não recorre a nada que seja do conhecimento do homem. A Filosofia Moral deve se apoiar em sua parte formal, extraída de si mesma de forma lógica e racional.esseconhecimento não empírico ou racional é o que Kant reconhecera como Metafisica.
Ele chegara ao conceito de metafísica dos costumes sendo está o estudo das leis que regulam a conduta humana sob a ótica essencialmente racional. Ela (metafísica dos costumes) deve procurar entender a ideia e os princípios de uma possível vontade pura. Para Kant a razão humana no campo da moral pode ser levada a um altograu de justeza e desenvolvimento. Isso reforça a ideia de que a moralidade é própria do ser humano.
Sendo impossível determinar, de forma empírica, um caso em que a máxima de uma ação em conformidade com um dever tenha como único fundamento uma moralidade com base no dever em si, na segunda seção Kant procurará demonstrar a existência de uma lei objetiva que garanta o comprimento do dever semque a vontade se guie pelos efeitos da ação.










FUNDAMENTAÇÃO DA METAFISICA DOS COSTUMES: SEGUNDA SEÇÃO: TRANSIÇAO DA MORAL POPULAR PARA A METAFISICA DOS COSTUMES.


Mesmo o homem agindo impulsionado pelo dever, resta a duvida se não existem interferências das inclinações pessoais. Por isso se coloca em duvida a existência de qualquer ação guiada pelo dever. Contudo oconceito moral não foi colocado em duvida agindo empregando a razão para administrar as inclinações. O que se deve ter em mente é que a razão, anterior a toda e qualquer experiência, ordena o que se deve fazer. Ela ira mostrar que, para ser universal e necessária a todo ser racional, uma ação não poderá estar baseada ao que é contingente e particular. Atos que, normalmente, são justificados pela...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Artigo ética
  • artigo etica
  • artigo de etica
  • Artigo
  • Artigos de ética OAB comentados
  • Artigo Cientifico Ética à Nicomaco
  • Artigo de etica empresarial
  • Artigo etica profissional

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!