Artigo Corpo e Mídia na Educação Física

Páginas: 11 (2582 palavras) Publicado: 27 de outubro de 2014
CORPO E MÍDIA
Relatório: Hoje, dia 23 de setembro de 2014, nos reunimos na biblioteca do Departamento de Educação Física para escolher dois artigos que serão utilizados para apresentação no dia 25 de setembro de 2014. O tema central escolhido foi Corpo e Mídia, sendo assim os artigos que selecionamos foi Representação Social do Corpo na Mídia Impressa e Um peso na alma: o corpo gordo e amídia. Alunos presentes: Felipe Chelis, Franciane Virmond Carvalho, Guilherme Anevan, Jéssica Medeiros Haas, Juliana Lourenço Martins, Patrícia de Fátima Giembra e Luana Mamus. Também foi aberto um grupo pela rede social (Facebook), onde colocamos ideias para a apresentação e finalização do relatório.
Resumo:
Artigo: Um peso na alma: O corpo gordo e a mídia.
Trata-se de primeiramente de um contextohistórico, onde diz como eram ditados os padrões da moda desde a idade média, onde o corpo tomou diversas proporções. Antes ter um corpo gordo era sinal de saúde e riqueza e ter um corpo magro era sinal de doença e de pobreza, com o passar do tempo foi sendo moldado o padrão, principalmente no vestuário feminino, vestir corpetes apertados foi saindo de moda e entrando roupas mais leves para sevestirem e mostrar mais o corpo feminino, partes do corpo começaram a ser deixada a vista, até que chegou o período romântico onde além da vergonha também surgiu a redescoberta do nu. As mulheres tinham grandes gastos com cuidados para se manterem dentro dos padrões de cada época, e cada vez mais a mulher tornava-se sensuais, neste período já havia influencia da moda com o “gosto” masculino, passavamhoras fazendo maquiagem, cuidando dos cabelos, mãos e pele.
O corpo é como um objeto cuja posse marca o lugar do indivíduo na hierarquia das classes, pela sua cor (descorada ou bronzeada), textura (flácida e mole ou firme e musculosa), pelo volume (gordo ou magro, rechonchudo ou esbelto), pela amplidão, forma ou velocidade de seus deslocamentos no espaço (desajeitado ou gracioso) é um sinal destatus - talvez o mais íntimo e daí o mais importante - cujo resultado simbólico é tão maior, pois, como tal, nunca é dissociado da pessoa que o habita (Boltanski, 1979/1984, p.183).
A maneira como o indivíduo lida, sente e percebe o seu corpo reflete uma realidade coletiva, consequentemente, o corpo, antes de tudo, passa a existir e ter um sentido dentro de um contexto social, que o constrói,sendo-lhe atribuídas representações, constituídas de sentidos, imagens e significados dentro de um universo simbólico, tornando-se um fato cultural.
Na Idade Média, o corpo e a alma não eram dissociados. O corpo não tinha sentido, se pensado de maneira individual, ele existia dentro de um corpo social; era um corpo expansivo, um corpo aberto aos seus sentidos e os alheios. (Rodrigues, 2001). Nacultura da atualidade marcada por valores dominantes como competição, consumismo, o corpo é um corpo pautado no individualismo, "contido pela musculatura", é um "corpo mercadoria", um "corpo-aparência", um "corpo-ferramenta", um "corpo-consumidor", um corpo com função de promoção social, que pode trazer um retorno, um corpo que deve expressar saúde, saúde que se torna século XXI, como escreveu Sfez(1996), uma utopia, um projeto de caráter universal denominado de a "Grande Saúde".
A obsessão em se alcançar um corpo magro, como se através dele fosse possível encontrar o equilíbrio, a felicidade, ou ao menos, externamente teríamos a imagem de uma pessoa feliz, traz à tona também a questão de uma imposição de um tipo ideal de corpo que, na maioria das vezes, é inatingível e que relegam àperiferia da sociedade as pessoas que não partem nesta busca e acabam sendo tidas como desviantes. Sentimentos de baixa auto estima correm paralelos à constante insatisfação com a forma corporal, ou seja, a auto estima depende da eficiência de seus métodos para alcançar o corpo desejado. Tudo funciona como se os outros valores pessoais não existissem ou fossem secundários, pois só conseguem se sentir...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Educação Física e Mídia
  • Influencia da midia e educação fisica
  • Mídia e educação física
  • Educação Física paras as mídias
  • Influência da mídia na educação física.
  • Corpo, biologia e educação física
  • corpo na educação fisica
  • Educação Fisica de Corpo Inteiro

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!