Arquitectura italiana no novencento e na ditadura

Páginas: 6 (1406 palavras) Publicado: 12 de fevereiro de 2014



Introdução à Cultura Arquitectónica II
2011-2012








O tempo das ditaduras:
A Alemanha e a Itália nos anos 20-30


A ditadura italiana
O movimento fascista surge da crise socioeconómica que se aprofundou após a 1ª Guerra Mundial. Neste clima de insatisfação, organizaram-se vários movimentos políticos na Itália, entre os quais o Fascio de Combate, que teve como um dosseus fundadores Benito Mussolini.
Em Novembro de 1921, Mussolini transformou movimento fascista no Partido Nacional Fascista. No ano seguinte, a 28 de Outubro, organizou a marcha de todos os fascistas, conhecida como “Marcha sobre Roma”, desfilando pelas ruas principais e acabando por cercar o palácio real, pressionando o rei. Com o apoio de vários empresários, militares e diversos juízes, o reiconvocou Mussolini para assumir o governo.

O Novecento

A Arquitetura do Novecento surge a partir de um grupo de arquitetos de Milão – Giovanni Muzio, Mino Fiocchi, Emilio Lancia e Gio Ponti – que em 1921 procurou criar uma Arquitetura moderna italiana inspirada na Arquitetura neoclássica de Milão do final do século XVIII.
Tal estilo foi chamado Novecento e aceite como forma legítima demodernidade. Contudo, o primeiro exemplo dessa tendência, em 1922, foi um escândalo: a famosa Ca’Brutta, ou “Casa Feia”, de Giovanni Muzio.

Este conflito foi gerado pela utilização de um vocabulário referente a diferente estilos arquitetónicos, assim como o uso de arcos renascentistas demasiado estilizados, o que originava alguma confusão a nível visual.
A decoração arquitetónica do Novecento erauma representação nostálgica do campo e dos jardins, que grandes prédios – como a Ca’Brutta – ao serem construídos, destruíam.
No final dos anos 20, o Novecento era o estilo representativo da cidade de Milão, chegando a ser utilizado para representar a Itália na Exposição Internacional de Barcelona, em 1929.
O auge do Novecento ocorreu em 1930, na Quarta Exposição Internacional de ArtesDecorativas de Monza, onde já se podia observar a Casa Elettrica, um projeto racionalista de Luigi Figini e Gino Pollini. Esta casa era um protótipo da nova Arquitetura, cuja estética demonstrava a eficiência e a elegância das máquinas, que mudavam radicalmente a vida moderna.

O movimento racionalista
O Racionalismo foi um movimento arquitetónico que começou a ser desenvolvido a partir de 1926, por umgrupo de sete jovens arquitetos oriundos de Milão – Ubado Castagnoli, Luigi Figini, Guido Frette, Sebastiano Larco, Gino Pollini, Carlo Enrico Rava e Giuseppe Terragni -, formando o Gruppo 7. Giuseppe Terregni é considerado o líder do grupo; Castagnoli acabou por abandonar o grupo, sendo substituído por Adalberto Libera.
“Os principais pontos de referência para os jovens racionalistas eram aarquitetura industrial, que fora encontrada no mais eloquente porta-voz, Walter Gropius, e a sua inspiração nas máquinas modernas, cuja analogia com as formas graves da antiga arquitetura grega tinham sido transmitidas de forma convincente por Le Corbusier.”1
Em 1928 organiza-se a 1ª Exposição de Arquitetura Racionalista, resultando na criação do Movimento Italiano para a Arquitetura Racional – oMIAR.
O Racionalismo e o Fascismo
Os Racionalistas Italianos começaram a associar o seu movimento ao Fascismo na Primeira Exposição Italiana de Arquitetura Racional, realizada no Palazzo delle Esposizioni em Roma, em Março e Abril de 1928. A exposição teve lugar com a aprovação do Sindicato Nacional Fascista dos Arquitetos e o Sindicato Nacional Fascista dos Artistas, da mesma forma que o movimentoMIAR necessitou da mesma permissão, o que possibilitaria a participação dos seus membros nos Congressos Internacionais de Arquitetura Moderna (CIAM).
O velho desejo italiano de conduzir a arquitetura mundial, expressa pelos progressistas da Arte Nuova em 1902 e, em seguida, novamente pelo Gruppo 7, foi reformulado de acordo com as novas possibilidades oferecidas pelo fascismo italiano.
“A...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Arquitectura italiana nos anos 20-30
  • Arquitectura
  • Arquitectura
  • Arquitectura
  • Arquitectura
  • Arquitectura
  • Arquitectura
  • ARquitectura

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!