Aristóteles e Platão

467 palavras 2 páginas
Licenciatura em Psicologia

História e Epistemologia da Psicologia

1) Qual a noção de alma para Aristóteles?
Este autor não consegue imaginar, se há almas capazes no seu conjunto ou em parte existirem sem um corpo, não compreendia, visto não conceber uma alma separada do corpo.
Não existe nenhuma dualidade entre alma-corpo, estes são elementos inseparáveis, “o eu não é visto como uma essência pura e espiritual para a qual o corpo seria uma parte do mundo exterior e equiparável às outras coisas físicas. A alma e o corpo apenas são aspectos de uma união que é completa enquanto dura.”
Aristóteles parte do exame do ser vivo, a sensação “ caracteriza-se por ser uma espécie de alteração que, ainda assim, não é redutível á alteração física. O sujeito que sente possui uma aptidão para percepções de determinada ordem. Reage à impressão sensível porque é uma pessoa apta para reconhecer.” A sensação é o que distingue o animal dos outros seres vivos e a inteligência, a racionalidade e o pensamento são as marcas distintivas do homem. Assim este autor tenta identificar vários tipos de almas para seres inatos e não inatos “ alma é um termo que abarca o conjunto das capacidades próprias dos vivos. Contudo, há que distinguir vários tipos de alma e reconhecer uma hierarquia entre elas.”
2) O que separa Platão e Aristóteles no conceito de alma?
Platão carece de todo o valor científico, baseia-se no mito da preexistência das almas. A alma está presa ao corpo como uma união acidental, violenta e antinatural. O corpo é o túmulo da alma, decaída de uma vida anteriormente feliz. A alma é um ser que se move por si mesmo.
Este autor desvalorizava as sensações e acreditava que através do pensamento chegar-se-ia ao conhecimento sem ter de passar pela experiência, mas para adquirir esse conhecimento têm que se ter o mínimo de contacto com o corpo “ a forma de ser mais próxima do conhecimento que conseguimos advêm-nos de ter o mínimo de relações

Relacionados

  • Aristóteles e Platão
    5119 palavras | 21 páginas
  • Platão e Aristóteles
    2915 palavras | 12 páginas
  • platão e aristoteles
    1044 palavras | 5 páginas
  • Aristoteles e Platão
    1621 palavras | 7 páginas
  • Platao e aristoteles
    586 palavras | 3 páginas
  • Platão e aristoteles
    9027 palavras | 37 páginas
  • Platão e Aristóteles
    629 palavras | 3 páginas
  • Platao e aristoteles
    890 palavras | 4 páginas
  • aristoteles e platao
    294 palavras | 2 páginas
  • PLATAO E ARISTOTELES
    705 palavras | 3 páginas