Argumentação e leitura

Páginas: 16 (3974 palavras) Publicado: 13 de dezembro de 2012
Samariene Lúcia Lopes Pillon (PPGL –UFSM)
RESUMO
Neste estudo, busca-se mostrar a relação entre o desenvolvimento cognitivo e o trabalho com textos argumentativos, neste caso, a carta do leitor. As fases do desenvolvimento da capacidade de leitura serão relacionadas ao perfil do leitor da revista Veja,
buscando-se mostrar que esse leitor, adulto, é o escritor das cartas argumentativas.Os estágios de leitura mostram que as pessoas só estão maduras para o trabalho com
pensamento dialético, em geral, por volta dos 18 anos. Também será observada, nas
cartas do leitor, a presença de diferentes tipos de raciocínio, como o dedutivo e o indutivo.
Introdução
A argumentação está presente no dia-a-dia das pessoas. Observando o uso da
linguagem como instrumento de interação, comoprática social, neste trabalho
pretende-se analisar a relação entre desenvolvimento cognitivo da capacidade
de leitura e habilidade com argumentação. A partir de que idade as pessoas
estão maduras para o pensamento dialético? Que tipo de raciocínio elas usam
para argumentar?
Com base na visão de psicólogos cognitivos, serão estudadas as fases do desenvolvimento cognitivo da capacidadede leitura, relacionando-as com a argumentação presente nas cartas do leitor da revista Veja, especificamente daquelas que comentam as colunas de Diogo Mainardi, colunista bastante influente na classe média brasileira. Qual é o perfil desse leitor? Qual é sua média
de idade?
Este tipo de estudo é importante devido à freqüência com que as pessoas utilizam a linguagem em seu dia, lendo eescrevendo textos, neste caso, especificamente textos argumentativos. A hipótese a ser provada por este estudo é
que, normalmente, cartas argumentativas são escritas por leitores adultos, devido ao amadurecimento cognitivo.
1. Estágios de leitura
As habilidades de leitura e escrita são aprimoradas no decorrer da vida das
pessoas. Alguns anos se passam desde a decodificação das primeiraspalavras até a compreensão de conceitos abstratos ou de recursos argumentativos
presentes em um texto escrito. Buscando explicar como ocorre esse processo,
Farnham-Diggory
i
(1992, p.281-284) apresenta o modelo de estágios de desenvolvimento da capacidade de leitura, que foi elaborado por Jeanne Chall, da
PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.comUniversidade de Harvard (Challdividiu as fases com base na teria de Jean Piaget).
Estágio 0 – Pré-leitura (nascimento até 6 anos): durante este período, crianças
aprendem sobre muitos componentes de leitura. Vêem letras e palavras em
outdoors, embalagens, etc. Algumas têm acesso a livros e até conhecem o alfabeto inteiro.
Estágio 1 - Leitura Inicial ou decodificação (6-7 anos): ocorre quando as crian-
ças têm êxitopara o princípio alfabético - o princípio de que letras ou grupos de
letras representam sons falados. A criança tem que refletir sobre o sistema de
símbolos.
Estágio 2 - Confirmação, fluência (7-8 anos): é uma consolidação do estágio 1.
Durante a fase 2, o leitor domina o princípio alfabético e fica capaz de lidar com
jogos de letras maiores. É a grande fase de prática. Em geral ascrianças dessa fase ainda não têm capacidade de memória de trabalho para lidar com idéias e significado.
Estágio 3 – Lendo para aprender (9-14 anos): A decodificação está automatizada, agora começa a leitura para informação. Para adquirir conhecimento através da leitura, é preciso construir um programa especial na memória de trabalho. O estágio 3 é caracterizado pela aquisição e consolidação dasestraté-
gias básicas de leituras. (Os estágios 4 e 5 são caracterizados pela aquisição e
consolidação das estratégias avançadas).
Estágio 4 - Pontos de vista múltiplos (escola secundária, 14-16 anos): a característica essencial da fase 4 é a habilidade para negociar múltiplos pontos de
vista (multiplicidade de conhecimento: fatos, idéias, opiniões, discussões).
Estágio 5 - Construção e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Ficha de Leitura: 1º Capítulo de "História das Teorias de Argumentação
  • Argumentação
  • Argumentação
  • Argumentação
  • Argumentação
  • Argumentação
  • ARGUMENTAÇÃO
  • Argumentação

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!