Argentina e brasil, década de 90

Páginas: 12 (2846 palavras) Publicado: 4 de dezembro de 2011
| UNIVERSIDADE DE SÃO PAULOFACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADEDEPARTAMENTO DE ECONOMIA | |

EAE0526 – Aspectos Políticos da Gestão Macroeconômica

Globalização e as reformas econômicas dos anos 1990: comparação entre Brasil e Argentina

André Sztutman
Ligia Zagato
Lucas Finamor
Tatiana Nogueira
Stella Carneiro

SÃO PAULO
2011
Introdução
As reformas econômicas dosanos 90 no Brasil e na Argentina estão diretamente relacionadas com a crise mundial que se desencadeou com a alta no preço do petróleo no início dos anos 70. A crise logo atingiu as economias capitalistas e de maneira muito mais severa as economias em desenvolvimento na década de 80.
Política e economicamente é nítida durante esta época a volta do pensamento neoliberal, isso pode ser ilustradocom a subida ao poder de Margaret Tatcher no Reino Unido e de Ronald Reagan nos EUA. Inclusive na ciência econômica, com os prêmios Nobel dados a Friederich von Hayek e Milton Friedman, ambos com tendências liberais.
A crise foi identificada como uma crise fiscal do Estado, ou seja, a causa da recessão seria a crise fiscal dos governos, com suas administrações caras e ineficientes, seus gastoscrescentes e a sua grande intervenção na economia. A solução seria, portanto o que ficou conhecido como o “Consenso de Washington”, a liberalização comercial, a privatização e o ajuste fiscal do Estado.
A atribuição da crise ao desempenho dos Estados e a solução proposta representam, claramente, um ataque ao Keynesianismo (ao Estado de Bem-Estar Social e ao Estado Desenvolvimentista). Fica claro anítida perda de poder e influência do Estado para o Mercado, segundo Hobsbawn (1994) “As décadas de crise foram a era em que os Estados Nacionais perderam seus poderes econômicos”.
Essas reformas dialogam com o contexto da Globalização, ou seja, para a inserção dos países no mercado internacional era necessários a abertura comercial, estruturação do mercado financeiro e a existência de garantiasao capital externo. Isso seria obtido apenas através do equilíbrio orçamentário dos governos, o que exigia uma reforma dos mesmos.
Inflação e Câmbio
A crise do Estado teve na América Latina como um de seus resultados mais mais gritantes a inflação aguda. Vamos agora analisar mais de perto os planos criados e implantados pelos governos do Brasil e Argentina para contornar o problema dahiperinflação.
Os formuladores do Plano Austral, implantado em 1984 pelo governo de Raul Alfonsín, argumentavam que a variação de preços no curto prazo era conseqüência da inflação inercial, ou seja, as expectativas de inflação é que alimentavam seu crescimento de mês a mês (Fausto; Devoto, 2004). Como funcionava o plano: primeiro se ordenou os preços relativos, o que gerou altos custos inflacionários,depois foram congelados preços e salários. Nos primeiros meses, o plano foi bem sucedido.
Mas o sucesso não durou por muito tempo. O setor industrial passou por período de recessão (uma vez que a demanda é limitada, a oferta se comprime) e seus preços inflacionaram. Outro fator importante é que os salários públicos tiveram aumento mesmo no período de congelamento, o que gerou descompasso entre o quefoi proposto pelo plano e o que efetivamente acontecia. Com o fim do congelamento, as tendências inflacionárias voltaram. E mesmo com a alta das taxas de juros, o país não conseguiu conter a fuga de capitais.
No Brasil, para conter a inflação e restaurar o prestígio do governo, foi instituído o Plano Cruzado, em 1986. Foram tomadas medidas como congelamento de preços e câmbio, abono salarial ebaixa taxa de juros com política expansionista, mas a combinação dessas medidas levou a uma explosão da demanda (Fausto; Devoto, 2004). O resultado foi inflação retornando com mais força.
Menem assumiu a presidência argentina prematuramente, em 8 de Julho de 1989, com a renúncia de Alfonsín. A argentina estava “em meio ao caos, fome e saques a supermercados e lojas” (Sallum Jr., 2004). A...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • industrialização no Brasil na década de 90
  • ONG's no Brasil década de 90
  • industrialização no brasil na decada de 90
  • A trajetória da disciplina de Historia no Brasil na década de 90
  • Decada de 90
  • Década de 90
  • Década de 90
  • Década de 90

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!