Aquisiçao da linguagem e conpçoes de ensino

Páginas: 5 (1054 palavras) Publicado: 5 de abril de 2011
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE GOIÁS
COLEGIO ESTADUAL PROFESSORA ESTER DA CUNHA PERES

GÊNERO E SEXUALIDADE

LUZIÂNIA
2010
MARIA HELENA DE CARVALHO QUARESMA
ELAINE CRISTINA
EDNA DE FÁTIMA

ATELIÊ SOBRE GÊNERO E SEXUALIDADE

Projeto de intervenção elaborado para fins de
oportunizar o envolvimento e a compreensão melhor
do tema prelo os alunos, com base no curso Escola queprotege,
sob orientação do professor OSVALDO JOSÉ SOBRAL.

LUZIÂNIA
2010

1.IDENTIFICAÇÃO

Órgão Público – Secretaria Estadual da Educação de Goiás
Instituição- Colégio Estadual Professora Ester da Cunha Peres
Titulo do Projeto – Ateliê Sobre Gênero e Sexualidade
Pesquisador- Maria Helena de Carvalho Quaresma
Orientador- Osvaldo José Sobral
Ano – 2010
Projeto de Intervenção- Escola queProtege

2. TEMA

Infelizmente as relações de gênero produzem uma distribuição desigual de autoridade, poder, dominação entre homens e mulheres, gerando preconceito e discriminação que, quando não abordadas na escola podem continuar fazendo parte de nossas vidas.
O ateliê é a oportunizarão de estratégias. Como já disse Rubem Alves “Quem se sente fascinado pelo o mar acaba por descobrir asmaneiras de construir barcos e de navegar. Se o mar não me fascina, se ele me dá medo, por que razão haveria de querer aprender a arte de construir barcos e de navegar?”
(ALVES, RUBEM 1933 - O melhor de Rubem Alves; coordenação (org.) Samuel Ramos Lago. Curitiba: Editora nossa Cultura, 2008. P. 12 e 13).

2.1 DELIMITAÇÃO DO TEMA.
Diante da realidade vivenciada em 2009 e 2010 na unidade escolar,e, com a oportunidade de participar do projeto escola que protege surgiu a chance de se trabalhar e discutir o tema em sala de aula como se fosse construir e reconstruir conceitos em um barco e navegar no ateliê sobre gênero e sexualidade.

3. PROBLEMATIZAÇÃO

Aconteceu no ano passado e neste ano situações em que alunos geradores e sofredores de violência fizeram com que na escola setrabalhasse sexualidade e gênero – com alunos e professores – na sua forma mais ampla e pragmática dando a todos a oportunidade de amadurecimento a respeito do tema abordado, favorecendo o desenvolvimento de suas habilidades, de forma lúdica e prazerosa.

4. FORMULAÇÃO DE HIPÓTESES

Os alunos na adolescência gostam de escrever em banheiros; coisas – violência à moral de alunos e professores. Outroscom carga elevada de hormônios e falta de diálogo esclarecimento sobre sexualidade, partem para atitudes inadequadas no meio escolar: “pegação,caricias, até mesmo transar na escola, e segue por ai a fora”.
Isso aos olhos de pesquisadores, educadores e pais gera uma grande violência. São suposições esperadas, que podem ser solucionadas. Disse um pesquisador que as hipóteses se constituem então,suposições quem tem o intuito de se explicar aquilo que é, ainda, desconhecido (MENDONÇA; ROCHA; NUNES, 2008 P.91).

5. JUSTIFIVATIVA
O ateliê é a oportunização de estratégias que facilitam a abordagem do tema de maneira prática e cativante, garantindo a alunos e professores a construção e reconstrução de seus próprios conceitos de sexualidade e gênero. Por isso, o debate sobre a educação sexualabordado na escola atinge ambientes que permeiam o alunado, como a casa, a família, a igreja, o trabalho e a relação entre amigos.
É o que disse “ PJ, 16 anos, os meninos caem matando em cima das meninas por que elas dão mole”.

6. OBJETIVO GERAL
Que ao final da pesquisa seja possível dar:
- Novo significado às relações de gênero, promovendo um ambiente de respeito às diferenças.

6.1OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Que ao final da pesquisa seja possível:
1-Aplicar técnicas que possibilitem aos alunos uma discussão significativa com relação a sexualidade e integrá-lo e respeitá-lo como um ser emocional que se relaciona com o mundo e reforça o sentimento de identidade.
2-Entender que o ser humano manifesta o que sente por meio da corporalidade.
3-Usar as artes cênicas como um...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Aquisição da linguagem e concepção do ensino
  • Aquisição da linguagem e concepções de ensino
  • Aquisição da linguagem e concepções de ensino
  • Aquisição da linguagem e concepções de ensino
  • Aquisição da linguagem e concepções de ensino
  • Aquisiçao de linguagem e ensino
  • Aquisição da linguagem concepções de ensino
  • Aquisição da linguagem e concepções de ensino

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!