aps de antropologia

Páginas: 15 (3501 palavras) Publicado: 19 de maio de 2015
Isidore Auguste Marie François Xavier Comte (Montpellier, 19 de janeiro, trabalhou intensamente na criação de uma filosofia positiva.
Aos dezesseis anos de idade ,em 1814, com interesse pelas ciências naturais, conjugado ás questões históricas e sociais, ingressou na Escola Politécnica de Paris. No período de 1817-1824 foi secretario do conde Henri de Saint- Simon, expoente do socialismoutópico . São dessa época algumas formulas fundamentais : “ Tudo é relativo ,eis o único principio absoluto “ (1819) e “ Todas as concepções humanas passam por três estágios sucessivos- teológico, metafisico e positivo -, com uma velocidade proporcional á velocidade dos fenômenos correspondentes “ (1822) “ lei dos três estados”.
Teorias
A filosofia positiva deComte nega que a explicação dos fenômenos naturais ,assim como sociais ,provenha de um só principio. A visão positiva dos fatos abandona a consideração das causas dos fenômenos (Deus ou natureza) e pesquisa suas leis, vistas como relações abstratas e constantes entre fenômenos observáveis.
Adotando os critérios histórico e sistemático, outras ciências abstratas antes da Sociologia, segundoComte, atingiram a positividade: a Matemática, a Astronomia, a Física, a Química e a Biologia. Assim como nessas ciências, em sua nova ciência inicialmente chamada de física social e posteriormente Sociologia, Comte usaria a observação, a experimentação, da comparação e a classificação como métodos - resumidas na filiação histórica - para a compreensão (isto é, para conhecimento) da realidade social.Comte afirmou que os fenômenos sociais podem e devem ser percebidos como os outros fenômenos da natureza, ou seja, como obedecendo a leis gerais; entretanto, sempre insistiu e argumentou que isso não equivale a reduzir os fenômenos sociais a outros fenômenos naturais (isso seria cometer o erro teórico e epistemológico do materialismo): a fundação da Sociologia implica que os fenômenos sociais sãoum tipo específico de realidade teórica e que devem ser explicados em termos sociais.
Em 1852 Comte instituiu uma sétima ciência, a Moral, cujo âmbito de pesquisa é a constituição psicológica do indivíduo e suas interações sociais.
Pode-se dizer que o conhecimento positivo busca "ver para prever, a fim de prover" - ou seja: conhecer a realidade para saber o que acontecerá a partir de nossas ações,para que o ser humano possa melhorar sua realidade. Dessa forma, a previsão científica caracteriza o pensamento positivo.
O espírito positivo, segundo Comte, tem a ciência como investigação do real. No social e no político, o espírito positivo passaria o poder espiritual para o controle dos "filósofos positivos", cujo poder é, nos termos comtianos, exclusivamente baseado nas opiniões e noaconselhamento, constituindo a sociedade civil e afastando-se a ação política prática desse poder espiritual - o que afasta o risco de tecnocracia (chamada, nos termos comtianos, de "pedantocracia").
O método positivo, em termos gerais, caracteriza-se pela observação. Entretanto, deve-se perceber que cada ciência, ou melhor, cada tipo de fenômeno tem suas particularidades, de modo que o método específicode observação para cada fenômeno será diferente. Além disso, a observação conjuga-se com a imaginação: ambas fazem parte da compreensão da realidade e são igualmente importantes, mas a relação entre ambas muda quando se passa da teologia para a positividade. Assim, para Comte, não é possível fazer ciência (ou arte, ou ações práticas, ou até mesmo amar!) sem a imaginação, isto é, sem uma ativaparticipação da subjetividade individual e por assim dizer coletiva: o importante é que essa subjetividade seja a todo instante confrontada com a realidade, isto é, com a objetividade.
Dessa forma, para Comte há um método geral para a ciência (observação subordinando a imaginação), mas não um método único para todas as ciências; além disso, a compreensão da realidade lida sempre com uma relação...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • APS antropologia
  • 1 APS DE ANTROPOLOGIA 222
  • AP IV
  • AP IV De Antropologia
  • Antropologia APS 1
  • 3ª APS DE ANTROPOLOGIA SOCIAL
  • Ap
  • APS

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!