Apraxia e agnósia

Páginas: 15 (3580 palavras) Publicado: 28 de abril de 2013
Resumo

O termo apraxia deriva do grego em que “praxis” significa acção e pode ser entendido como o comprometimento da capacidade de realizar movimentos, gestos ou habilidades previamente aprendidos, espontaneamente e/ou ao comando, seguido de uma disfunção e/ou lesão cerebral, cujos sistemas envolvidos na execução da acção estão intactos (ausência de distúrbios motores) e com plena consciênciado acto a cumprir. Resulta de uma lesão a nível do córtex cerebral frontal e ou parietal. A palavra agnosia vem do grego “agnostos” que significa ignorado. É uma patologia caracterizada pela deterioração da capacidade de reconhecimento ou identificação de objectos, mantendo-se a função sensorial intacta. Um indivíduo pode manter a acuidade visual normal e não ter capacidade de reconhecer umacaneta, familiares ou a sua própria imagem no espelho.

Palavras – chave: apraxia, neurologia, agnosia

[pic]

Abstract

The term derives from the Greek apraxia that "praxis" means action and could be perceived as compromising the ability to perform movements, gestures or skills previously learned spontaneously and / or command, followed by a dysfunction and / or brain injury, whose thesystems involved in implementing the action are intact (no motor disturbances) and in full awareness of the act to comply. Results of a lesion within the cerebral cortex frontal and parietal. The word comes from the Greek agnosia "agnostic" which means ignored. It is a condition characterized by deterioration in the ability to recognize or identify objects, while maintaining sensory function intact. Anindividual may maintain normal visual acuity and have no ability to recognize a pen, relatives or their own mirror image

Key - words: apraxia, Neurology, agnosia







[pic]

Apraxia

Apraxia é um transtorno da actividade gestual que ocorre quando os sistemas responsáveis pela execução do acto motor estão em perfeito funcionamento, ou seja, não se observam movimentosinvoluntários e paresias. O paciente tem plena consciência do acto a ser realizado, não apresenta distúrbios da atenção, problemas gnósicos ou inteligência diminuída.

Os movimentos voluntários, ao contrário dos movimentos automáticos, originam-se num impulso da vontade de realiza-los. Se desejar que esse impulso se traduza em acção, serão utilizados processos cerebrais que são, em sua maior parte,inconscientes. Um apráxico pode efectuar automaticamente uma acção que é incapaz de realizar com intenção.

Segundo Lipmann (1900), existem diversas incapacidades para realizar actos voluntários, apesar da força e a coordenação muscular encontrarem-se intactas. Às vezes, quando um paciente fala improvisando, este repete uma expressão que foi aprendida e pode produzir muitas palavras semimprecisão na articulação.

Quando o paciente quer concentrar-se numa palavra, sente grande dificuldade e ensaia várias vezes. Enquanto o paciente está neste processo de ensaio e erro, os seus lábios movimentam-se de forma contorcida e forçada e , consequentemente, o paciente sente-se frustrado, pois busca um som especifico e produz algo diferente daquilo que pretendia. A repetiçãoapresenta-se pior do que a fala espontânea e apresenta maior tempo de latência. O apráxico sabe a palavra que quer dizer, mas não consegue coordenar os movimentos musculares, na ordem adequada, para produzir os sons desejados (Syder, 1997).

Existem várias razões para que a alteração da linguagem de um apráxico ocorra: primeiro, a lesão que prejudica a área anterior da fala pode estender-se paratrás e prejudicar a área posterior da fala. Em segundo lugar, é possível que o dano na área anterior (na área de Broca) diminua a eficiência operativa da área posterior.

Um paciente apráxico apresenta características únicas. Ele esforça-se por achar as posturas articulatórias correctas e as sequências das mesmas. Comporta-se como se estivesse inseguro de onde colocar e como mover a...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • apraxia
  • Agnosia
  • apraxia
  • Agnosias
  • Agnosias
  • AGNOSIA
  • Agnosia
  • Agnosia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!