Aplicações financeiras e financiamentos na compra de automóveis.

Páginas: 5 (1165 palavras) Publicado: 14 de setembro de 2014
Introdução


O objetivo da atividade é analisar qual seria a forma de compra mais vantajosa para o consumidor em relação à compra de um automóvel popular: manter o dinheiro aplicado e utilizar o financiamento proposto pela revendedora ou resgatar o dinheiro aplicado e pagar à vista.


Justificativa


Este trabalho visa apresentar o comportamento do consumidor brasileiro entra a escolhade uma compra de automóvel á vista ou no financiamento.
Quais são as taxas de juros aplicadas sobre o valor do carro? O que valeria mais a pena, pagar o financiamento ou deixar o dinheiro aplicado por um determinado tempo e pagar a vista o carro? Dentro dos diversos tipos de financiamento existentes no mercado qual seria o mais vantajoso para o consumidor?
Atualmente, o mercado de automóveisencontra-se em alta, com a economia brasileira aquecida, principalmente pelas facilidades e inúmeras possibilidades propostas pelas revendedoras, contribuindo para que os consumidores comprem seu veículo novo. Juros atrativos, parcelas reduzidas e prazos de pagamento cada vez maiores fazem com que várias pessoas tenham a oportunidade de adquirir seu novo automóvel.


DesenvolvimentoDecisões financeiras devem ser tomadas com base em análises e informações adequadamente estruturadas, para que possa ajudar o consumidor em sua tomada de decisão.
Abaixo segue alguns exemplos de financiamentos com preço médio de um carro popular.

O valor á vista do veiculo (Celta LS 1.0) é R$ 22.390,00 (não há desconto para pagamento á vista).

Financiamento: R$ 22.390,00
Tempo: 48 meses / 4anos
Juros: 1,69%
Parcela: R$ 684,68
Valor final: R$ 32.864,66

Desenvolvimento do cálculo utilizando a Calculadora HP12C
Digitando 22.390 e teclas CHS e PV;
Digitando 48 e tecla n;
Digitando 1,69 e tecla i
Digitando 0 FV; e
Digitando PMT= 684,68 x 48 meses = 32.864,66

Caso esse mesmo consumidor analisasse a seguinte proposta: com o dinheiro disponível investir o valor deR$ 22.390,00 na poupança, com rendimento de 0,50% ao mês, e optar pelo financiamento proposto pela revendedora. Qual seria o valor que ele teria ao final do período.

Valor à vista: R$22.390,00
Rendimento poupança: 0,50% ao mês
Valor no final do período: R$ 28.446,25 (ao final de 48 meses / 4 anos)

Desenvolvimento do cálculo utilizando a Calculadora HP12C:
Digitando 22.390 e teclas CHS ePV;
Digitando 48 e tecla n;
Digitando 0,50 e tecla i;
Digitando 0 PMT; e
Digitando FV= 28.446,25



Desta forma, não seria uma boa decisão optar pelo financiamento proposto pela revendedora, pois o valor final do carro seria maior que o valor final do rendimento obtido pela poupança. Seria melhor efetuar o pagamento à vista

Por exemplo, se o consumidor não tivesse essa quantia de R$22.390,00 (preço à vista) e optasse, ao invés de pagar o financiamento, colocar os mesmos R$ 684,68 na poupança mensalmente, com um rendimento de 0,50% ao mês, ao final de 48 meses ele teria investido R$ 37.039,70 que teria lhe rendido, em função dos juros, R$ 14.649.70. Nessa situação em aproximadamente 31 meses ele conseguiria quitar o carro à vista, no valor presente de R$ 22.390,00.Desenvolvimento dos cálculos utilizando a Calculadora HP12C:
Digitando 684,68 e teclas CHS e PMT;
Digitando 48 e tecla n;
Digitando 0,50 e tecla i;
Digitando 0 PV; e
Digitando FV= 37.039,70.

Digitando 684,68 e teclas CHS e PMT;
Digitando 0,50 e tecla i;
Digitando 0 PV;
Digitando 22.390 FV; e
Digitando n=31meses

É preciso analisar a real necessidade do consumidor. Se ele realmente precisa de um automóvel no momento e não possui condições para quitá-lo à vista, a possibilidade do financiamento, por mais custosa que seja, poderia satisfazer sua necessidade momentânea.

Abaixo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!