Aplicação da metodologia da produção mais limpa: estudo em uma oficina de pintura do metrô de recife

Páginas: 31 (7693 palavras) Publicado: 7 de abril de 2013
Aplicação da Metodologia da Produção Mais Limpa: Estudo em uma Oficina de Pintura do Metrô de Recife

A. M de A. Lima1

1Companhia Brasileira de Trens Urbanos-CBTU/Superintendência de Trens Urbanos do Recife-STU-REC
alexmaurolima@terra.com.br
RESUMO
O presente estudo tem como prerrogativa analisar a realidade de uma oficina de pintura de uma empresa do ramo metroviário, e proporalternativas de controle preventivo de aspectos ambientais e minimização de impactos ambientais além de melhoria que tragam saúde e qualidade de vida dos trabalhadores do setor estudado. Para alcançar este objetivo, foi feito um estudo do caso, que utilizou uma abordagem qualitativa com aportes quantitativos. O estudo esteve focado nas ações empreendidas pela empresa, procurando identificar se os processosdas atividades estão sendo reorganizados de maneira sustentável, além de verificar o que elas fazem para contribuir com o meio ambiente, dentro dos conceitos de desenvolvimento sustentável e Produção Mais Limpa (P+L). Com base nos resultados, a pesquisa pode constatar que a oficina de pintura não seguia a metodologia de P+L, embora adotasse ações que visavam minimizar o impacto ambientalcontribuindo para a segurança das condições de saúde do trabalhador. Todavia, a empresa deve verificar os problemas localizados nas atividades e, a partir disso, encontrar as melhores soluções na gestão administrativa, organizacional e ambiental, visando um serviço menos impactante, sem perder a sua qualidade.
Palavras-chave: Desenvolvimento Sustentável; Produção mais Limpa; Impacto Ambiental.



.1 INTRODUÇÃO
O trabalho é fundamentado nas atividades que empregam solventes orgânicos, freqüentemente utilizados na oficina do CMC, dentre outras atividades é a mais impactante em relação a poluição e toxidez, e estão sujeitos a gerar emissões para a atmosfera que podem conter compostos nocivos à saúde como os Compostos Orgânicos Voláteis (COVs). Por serem constituídos de uma classe depoluentes com mais de 600 espécies diferentes, a emissão de COVs deve ser limitada e controlada. Os impactos dos COVs no meio ambiente vão desde problemas de saúde pública, como no caso de espécies mutagênicas e carcinogênicas (ex.: benzeno), até a formação de poluentes secundários, como o ozônio, gerados pela reação dos COVs com óxidos de nitrogênio.

As classes mais comuns são os alcanos, alcenos,aromáticos, álcoois, cetonas, aldeídos, ácidos, entre outros. Uma das maiores fontes de COVs na atmosfera urbana é a queima ou a evaporação de óleo diesel, de gasolina e de seus aditivos. Outras fontes bastante comuns são: indústrias que realizam pintura automotiva; as oficinas de pintura automotiva; o refino do petróleo que, em geral, produz cerca de 50 derivados para os mais diversos fins; aprodução de gás; e o transporte destes produtos de refino entre outras fontes menores (CORREA, 2003).

A utilização de solventes orgânicos em determinadas atividades e instalações industriais origina emissões para a atmosfera de COVs em virtude das características dos solventes orgânicos. É sabido que os COVs são potencialmente nocivos para a saúde pública e/ou contribuem para a formação local outransfronteiras de oxidantes fotoquímicos na camada limite da troposfera, que são susceptíveis de danificar recursos naturais e mesmo a saúde humana.

Diante deste cenário, a ferramenta de Produção Mais Limpa (P+L), é mais uma prática para minimizar esta grande preocupação planetária, tendo como finalidade primordial: aprimorar a eficiência dos processos produtivos e de serviços, é indicada comoalternativa para as empresas de forma preventiva em relação aos aspectos e impactos ambientais, redução dos riscos das operações aos funcionários e comunidade e na busca da sustentabilidade. Como também a redução dos desperdícios dos insumos, e consequentemente a redução dos custos operacionais, e fundamentalmente na mitigação dos gases de efeito estufa e composto orgânicos voláteis.
A...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • produção mais limpa estudo de caso
  • APLICAÇÃO DA PRODUÇÃO MAIS LIMPA NA USINAGEM UTILIZANDO FLUÍDO DE CORTE
  • Aplicação de metodologias de segurança alimentar na produção tradicional
  • Produção mais limpa
  • Produção Mais Limpa
  • Produção mais Limpa
  • Produção mais limpa
  • Produção mais limpa

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!