Apenas um teste

Páginas: 320 (79876 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
Agora eu quero contar as histórias da beira do cais da Bahia. Os velhos
marinheiros que remendam velas, os mestres de saveiros, os pretos tatuados, os
malandros, sabem essas histórias e essas canções. Eu as ouvi nas noites de lua no
cais do mercado, nas feiras, nos pequenos portos do Recôncavo, junto aos enormes
navios suecos nas pontes de Ilhéus. O povo de Iemanjá tem muito que contar.Vinde ouvir essas histórias e essas canções. Vinde ouvir a história de Guma e
de Lívia, que é a história da vida e do amor no mar. E se ela não vos parecer bela a
culpa não é dos homens rudes que a narram. É que a ouvistes da boca de um
homem da terra, e dificilmente um homem da terra entende o coração dos
marinheiros. Mesmo quando esse homem ama essas histórias e essas canções e
vai às festasde D. Janaína, mesmo assim ele não conhece todos os segredos do
mar. Pois o mar é mistério que nem os velhos marinheiros entendem.

IEMANJÁ, DONA DOS MARES E DOS SAVEIROS

Tempestade
A noite se antecipou. Os homens ainda não a esperavam quando ela desabou
sobre a cidade em nuvens carregadas. Ainda não estavam acesas as luzes do cais,
no “Farol das Estrelas” não brilhavam ainda as lâmpadaspobres que iluminavam os
copos de cachaça, muitos saveiros ainda cortavam as águas do mar, quando o
vento trouxe a noite de nuvens pretas.
Os homens se olharam e como que se interrogavam, fitavam o azul do
oceano a perguntar donde vinha aquela noite adiantada no tempo. Não era a hora
ainda. No entanto, ela vinha carregada de nuvens, precedida do vento frio do
crepúsculo, embaciando o Sol,como num milagre terrível.
A noite veio, nesse dia, sem música que a saudasse. Não ecoara pela cidade
a voz clara dos sinos do fim da tarde. Nenhum negro aparecera ainda de violão na
areia do cais. Nenhuma harmônica saudava a noite da proa de um saveiro. Não
rolara sequer pelas ladeiras o baticum monótono dos candomblés e macumbas.
Porque então a noite já chegara sem esperar a música, semesperar o aviso dos
sinos, a cadência das violas e harmônicas, o misterioso bater dos instrumentos
religiosos? Porque viera assim antes da hora, fora do tempo?
Aquela era uma noite diferente e angustiante. Sim, porque os homens tinham
um ar de desassossego e o marinheiro que bebia solitário no “Farol das Estrelas”
correu para o seu navio como se o fosse salvar de um desastre irremediável. E amulher, que no pequeno cais do mercado esperava o saveiro onde vinha o seu
amor, começou a tremer, não do frio do vento, não do frio da chuva, mas de um frio
que vinha do coração amante cheio de maus presságios da noite que se estendia
repentinamente.
Porque eles, o marinheiro e a mulher morena, eram familiares do mar e bem
sabiam que se a noite chegara antes da hora, muitos homens morreriam nomar,
navios não terminariam a sua rota, mulheres viúvas chorariam sobre a cabeça dos
filhos pequeninos. Porque, eles sabiam, não era a verdadeira noite, a noite da lua e
das estrelas, da música e do amor, que chegara. Esta só chegava na sua hora,
quando os sinos tocavam e um negro cantava ao violão, no cais, uma cantiga de
saudade. A que chegara carregada de nuvens, trazida pelo vento, fora atempestade
que derrubava os navios e matava os homens. A tempestade é a falsa noite.
A chuva veio com fúria e lavou o cais, amassou a areia, balançou os navios
atracados, revoltou os elementos, fez com que fugissem todos aqueles que
esperavam a chegada do transatlântico. Um homem na estiva disse ao companheiro
que ia haver tempestade. Como um monstro estranho um guindaste atravessou a
chuvae o vento, carregando fardos. A chuva açoitava sem piedade os homens
negros da estiva. O vento passava veloz, assoviando, derrubando coisas,
amedrontando as mulheres. A chuva enribaciava tudo, fechava até os olhos dos
homens. Só os guindastes se moviam negros, Um saveiro virou no mar e dois
homens caíram n'água. Um era jovem e forte. Talvez tivesse murmurado um nome
naquela hora final. Não...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • apenas um teste
  • Isso é Apenas um Teste
  • Apenas um teste
  • Apenas teste
  • Apenas um teste
  • Apenas teste
  • Apenas teste
  • O teste apenas como teste

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!