Antinflamatórios

Páginas: 9 (2009 palavras) Publicado: 18 de setembro de 2014
INFLAMAÇÃO E
ANTIINFLAMATÓRIOS

Prof. Esp. Leonardo Sapucaia
Fisioterapeuta

INFLAMAÇÃO

Definição:
Reação do organismo à agressão por uma agente infeccioso,
por desafio com o antígeno, ou mesmo por uma lesão física.

Principais efeitos:
-vasodilatação
-aumento na permeabilidade vascular
-acúmulo de plasma no tecido

-aumento no fluxo sanguíneo
- migração de leucócitos Saida de celulas e líquidos dentro do
vaso

Poros na parede do vaso para a exudaçãoaumento da permeabilidade

INFLAMAÇÃO

Sinais principais (cardinais):
-calor;
-vermelhidão (rubor);
-dor;
-edema;
-perda de função.
Abscesso agudo em ângulo mandibular. Veja a
coloração avermelhada (eritematosa) que a reação
inflamatória aguda origina. O local da inflamação é
extremamente quente devidoao aumento da
vascularização e do aporte sanguíneo.

CLASSIFICAÇÃO
INFLAMAÇÃO
AGUDA

INFLAMAÇÃO
CRÔNICA

- minutos, horas, dias;
- fenômenos exsudativos;
- infiltrado
polimorfonucleares
(neutrófilos e eosinófilos).

- semanas a meses;
- fenômenos produtivos /
proliferativos;
- infiltrado mononuclear
(linfócitos, plasmócitos e
macrófagos).

INFLAMAÇÃO AGUDA
• É a respostainicial a lesão celular e tecidual,
predominando fenômenos de aumento de permeabilidade
vascular e migração de leucócitos, particularmente
neutrófilos. Localmente caracteriza-se pelos sinais
cardinais da inflamação e o exemplo mais claro é o
abscesso.

TIPOS DE REAÇÃO


Hipersensibilidade tipo I: Também conhecida como imediata ou
hipersensibilidade anafilática. A reação pode envolverpele (urticária e
eczema), olhos (conjuntivite), nasofaringe (rinorréia, rinite), tecidos
broncopulmonares (asma) e trato gastrointestinal (gastroenterite). A
reação pode causar uma variedade de sintomas desde inconveniências
mínimas até a morte. A reação normalmente leva 15 - 30 minutos para o
período de exposição ao antígeno, embora às vezes possa ter início mais
demorado (10 - 12 horas).Mediada pela IgE;



Hipersinsibilidade tipo II: Também é conhecida como hipersensibilidade
citotóxica e pode afetar uma variedade de órgãos e tecidos. Os antígenos
são normalmente endógenos, embora agentes químicos exógenos que
podem se ligar a membranas celulares podem também levar a
hipersensibilidade tipo II. Anemia hemolítica induzida por drogas,
granulocitopenia e trombocitopeniasão exemplos. O tempo de reação é
minutos a horas. Mediada por anticorpos das classes IgM ou IgG e
complemento.

TIPOS DE REAÇÃO


Hipersensibilidade tipo III: Também conhecida como hipersensibilidade
imune complexa. A reação pode ser geral (ex. doença do soro) ou envolve
órgãos individuais incluindo pele (ex. lupus eritematoso sistêmico, reação
de Arthus), rins (ex. nefrite do lupus),pulmões (ex. aspergilose), vasos
sanguíneos (ex. poliarterite), juntas (ex. artrite reumatóide) ou outros
órgãos. A reação deve levar 3 - 10 horas após exposição ao antígeno.
Mediada por IgG, embora IgM possa estar também envolvida;



Hipersensibilidade tipo IV: Também conhecida como mediada por
células ou hipersensibilidade tardia. O exemplo clássico dessa
hipersensibilidade é a reação(Mantoux) tuberculínica, que atinge um
pico em 48 horas após a injeção do antígeno. A lesão é caracterizada por
calosidade e eritema.

CLASSIFICAÇÃO DE ACORDO
COM O TIPO DE EXSUDATO
1. Serosa: predomina a exsudação de líquido amarelo-citrino,
com composição semelhante à do soro do sangue. Exemplos:
pleurite, rinite serosa, bolha devido a queimadura etc.

CLASSIFICAÇÃO DE ACORDO
COM OTIPO DE EXSUDATO
2. Fibrinosa: predomínio de exsudato fibrinoso que origina, aliado à
presença de tecido necrótico, placas esbranquiçadas principalmente
sobre as mucosas e as serosas. A inflamação fibrinosa é também
chamada de "inflamação pseudomembranosa", quando presente nas
mucosas, pois apresenta essa camada superficial esbranquiçada sobre a
área inflamada, como se fosse uma membrana....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Antinflamatórios
  • Antinflamatorios
  • Antinflamatorios em veterinaria
  • resumo antinflamatorios
  • Antinflamatórios não esteroidas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!