Anselmo de Cantuária - A Verdade

Páginas: 8 (1769 palavras) Publicado: 12 de agosto de 2013
Universidade Federal Fluminense
UFF










Anselmo de Cantuária
“A Verdade”











Mariangela Mello Cunha
Profº: Paulo Faitanin









Julho de 2013-07-09
Niterói - RJ

Anselmo de Cantuária
A verdade


Resumo: Este presente artigo, tem como propósito mostrar um pouco da vida de Anselmo, o que o levou a desenvolver sua doutrina sobre averdade e seus argumentos a respeito da existência de Deus.

Introdução:
Anselmo, nascido na cidade de Aosta, na região do Piemonte, Itália, no ano de 1033. Vindo de família tradicional e possuidora de uma significante fortuna. Em 1056, contrariando a vontade de seu pai, deixou sua cidade e ingressou no mosteiro beneditino de Bec, na Normandia, ao norte da França. Em 1063, foi eleito prior, devido asua grande capacidade intelectual e sua incrível piedade.
Foi em Bec, que Anselmo desenvolveu suas qualidades dialéticas, fazendo dele uma figura de primeiro plano na história da filosofia, que se deu com o Monológio. Dois anos depois redigia a outra parte da obra sobre o mesmo tema, o Proslógio.
Estando ele insatisfeito com o Proslógio, por achá-lo de difícil entendimento, começou a pensar senão seria possível encontrar um argumento válido em si e por si, que o permitisse demonstrar a existência de Deus e, que este seria o Bem Supremo, não necessitando de nada mais, ao contrário, que todo o restante precisaria dele para existir.
Desta forma, Anselmo procura somente um argumento, que sozinho pudesse fornecer aos cristãos provas adequadas no que dizia respeito à substância divina. Eassim, partindo de um dado da fé, ele consegue exclusivamente, através da razão, provar a verdade a respeito de Deus e, que ele se trata de um ser que não pode conceber nada mais (perfeito) do que ele.
O problema era mostrar, que este ser não existia apenas dentro do pensamento de cada pessoa, mas sim, era como uma realidade fora da inteligência.
Sendo assim, Anselmo passa a examinar o problema do“ser”, e conclui que ele não poderia existir somente na inteligência das pessoas, pois, isto levaria a crer que haveria outro ser existente, que não estaria só no pensamento, mas, também na realidade e que este, seria maior e mais perfeito que o primeiro.
Em suma, uma coisa é maior se pensada quando ela existe conjugadamente na inteligência e na realidade, do que apenas na inteligência. Anselmoconclui o seguinte em relação a Deus: “o ser do qual não é possível pensar nada maior”, ele realmente existe, não havendo dúvida, portanto, quanto a isso, ele existe tanto na inteligência como na realidade.
O raciocínio de Anselmo remete em última instancia a fé, e seu pensamento percorre um caminho que vai da fé a razão, retornando ao ponto de partida e, concluindo, que o que é proposto através dafé é indiscutivelmente compreendido pela inteligência.
Sua argumentação não foi aceita por todos os filósofos da época, principalmente Gaunilo, que lhe levantou objeção.
Então Anselmo, após demonstrar a existência de Deus, passa a dedicar-se ao Monológio, e, ao que se refere aos atributos do ser supremo.
Depois do Monológio e do Proslógio, ele escreveu mais duas obras enquanto ainda prior deBec. Entre elas destacam-se dentro da filosofia os trabalhos, O Gramático e A Verdade. São também da mesma época, A Liberdade de Arbítrio e Sobre a Queda do Demônio, aonde trata de problemas éticos e, ainda, Epístola sobre Encarnação do Verbo ou O Mistério da Trindade.

Forma de Escrita:
No prólogo de Monológio, Anselmo esclarece que alguns monges, por vezes, o tinham pedido para escrever emforma de meditações, algumas conversas que ele tinha tido com eles acerca da essência divina e,outras questões conexas sobre esse assunto. Mas estes escritos deveriam ser da seguinte forma: não poderia absolutamente recorrer a autoridade das Sagradas Escrituras, tudo que fosse exposto,teria que ser demonstrado pelo encadeamento lógico da razão,e, usando argumentos simples e acessível, para que...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A Vida e Teologia de Anselmo de Cantuária
  • A Verdade Santo Anselmo
  • Conto da cantuaria
  • Contos da Cantuaria
  • santo anselmo
  • Santo Anselmo
  • Santo Anselmo
  • Santo anselmo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!